Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Está cansado da sua vida?, venda-a!

por Jorge Soares, em 30.06.08

Vende-se

 

 

Já alguma vez se sentiu cansado da sua vida?, está farto do seu emprego?, do seu carro? da sua casa?, de tudo?, que tal vender tudo isso e começar de novo?

 

Segundo esta noticia, foi o que fez um Inglês de 44 anos, foi ao Ebay e colocou a sua vida à venda. Casa de três assoalhadas em Perth (Austrália), o seu carro Mazda, uma mota, um jet ski, o seu emprego de vendedor de tapetes e os seus amigos. Não incluiu a mulher, porque esta tinha-o abandonado uns dias antes.... percebe-se porquê.

 

E sabem o mais engraçado da coisa?, é que alguém comprou tudo por 243 mil Euros. Não sei quem estará pior, se quem comprou ou quem vendeu.

 

Como se vendem os amigos?

Jorge

PS:imagem retirada da internet

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:22

Pelas causas justas

por Jorge Soares, em 30.06.08

A propósito deste post  Do Taz que fala do mesmo deste Post da Sonia, eu vou plagiar as palavras da Sonia, de certeza que ela não se importa.

 

João Maria

 

Protestar é a palavra de ordem… contra as hipocrisias deste país, contra as injustiças deste país, contra os que estão contra quem mais precisa de apoio,  contra quem é indiferente às necessidades dos outros, outros que, um dia,podemos vir a ser nós…

Para conheceres e gritares a uma só voz, com o João Maria, basta clicares AQUI.

 

Continuando na onda da solidariedade, vou fazer minhas as palavras da Cigana neste Post

 

Solidarios

 

Lembram-se do Daniel, jornalista sem-abrigo?
Pois o seu sonho tornou-se realidade! Com o seu esforço e com pequenas e grandes ajudas de muita gente que se solidarizou com o seu projecto, conseguiu angariar fundos para arrendar um belo espaço.
 
Aí se instalou com outros Sem-Abrigo da sua confiança, e tenciona criar infra-estruturas para proporcionar apoio aos mais carenciados, inclusivamente alimentação, roupa e até alojamento provisório para os casos mais dramáticos.
Aí tenciona também exercer a sua profissão e pôr a funcionar um jornal (aceitam-se patrocínios), cujos lucros reverterão para o Movimento de Apoio aos Sem Abrigo (MASA).
 
Quando vi o armazém, fiquei encantada! Todo pintado de fresco, impecável, cada sala já destinada ao seu fim específico, tudo já organizado na medida dos poucos recursos disponíveis.
 
Daí eu ter resolvido lançar este apelo de solidariedade, porque acreditámos no Daniel desde o início até se formar este elo de amizade e de confiança mútua, porque me sinto envolvida no projecto, porque é de prestar homenagem a quem consegue alcançar os seus objectivos a despeito de todas as adversidades, porque nós próprios gostaríamos de poder contribuir muito mais do que nos é possível.
Esta causa, que começou por ser um projecto idealista de um visionário, acabou por se tornar a nossa causa. Contribuímos como podemos, e mais do que tudo, damos-lhes o nosso tempo, o nosso apoio, a nossa amizade. Mas não basta, enquanto o jornal não arrancar, para equilibrar as despesas de renda, água, luz e alimentação.
Portanto, o MASA necessita ainda de muita coisa, para poder ganhar autonomia e funcionar de forma minimamente eficaz, como por exemplo:
 
- Mobília diversa, própria para salas, quartos e cozinha, nomeadamente electrodomésticos em geral (URGENTE um frigorífico!) e televisão.
 
- Acessórios tais como louça, copos e talheres, panelas, tupperwares…
 
- Mobiliário de escritório, etc.) e material informático (URGENTE um computador, impressora, secretárias e estantes!)
 
- Roupa de cama e toalhas de casa de banho.
 
- Produtos alimentares não deterioráveis, como leite, arroz, massa, enlatados, chá, café, açúcar, sal, óleo, azeite…
 
Eles têm um camião emprestado e farão a recolha dentro do possível, desde que se justifique a distância. Atenção, isto fica no Porto!
Peço que transmitam este apelo a todos os vossos conhecidos, quem sabe se estarão interessados em colaborar. Pensem em todas aquelas trapalhadas que acumulam no sótão ou na garagem! Pensem na quantidade de coisas que abandonam na rua quando trocam de mobília ou quando mudam de casa! Pensem nos computadores e televisões esquecidos num canto porque foram substituídos por novos modelos! Há quem precise disso tudo…
Agradeço desde já qualquer iniciativa e posso garantir que ele merece este voto de confiança.
Como vêem, não pedimos dinheiro para não haver falsas interpretações, apenas colaboração e empenho para que este projecto árduo não naufrague. E com boa vontade é tão fácil ajudar!
 
CONTACTOSo meu email trazoutroamigotambem@sapo.pt
       ou o telemóvel do próprio Daniel: 967905225

 

 

Pronto, acabo de plagiar dois posts, ....mas acho que nem a Sónia nem a Cigana se vão importar.

 

Jorge

PS:Imagens reiradas dos blogs (Cigana, tens que aperfeiçoar o sistema anti-copia!)

PS2:Desculpem a bagunça de tipos de letra no post...., hoje a netcabo e o SAPO não querem mesmo colaborar

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:05

O país das pequenas coisas.

por Jorge Soares, em 29.06.08

Dar sangue

 

Na sexta fui dar sangue, o médico que fez a consulta obrigatória, estava bem disposto e era filosofo, a conversa foi mais ou menos assim:

 

-Alguma coisa importante a declarar?
-Não, eu sou uma pessoa que não tenho grandes problemas
-Só coisas pequenas?
-Sim! - disse eu, a pensar nas raras gripes.
-Sabe, somos um país de pequenas coisas. Você por exemplo, tem a tensão um bocadinho alta, está ali no limite,.. de certeza que tem um bocadinho de colesterol, não muito, mas um bocadinho, está um bocadinho obeso, nada de mais, mas um bocadinho, e de certeza que é um bocadinho sedentário...
-Eu pratico Karaté duas vezes por semana.
-Muito bem, mas sabe, somos assim, só pequenas coisas, se  o seu colesterol estiver nos 350 é tratado, como está nos 220,.... vai andando, a sua tensão está no limite, se estivesse mais alta, era tratada, o seu peso não é muito alto.. mas é alto.... é como eu digo, só pequenas coisas, que vamos deixando andar.

 

Lá terminou a consulta e eu fui para  maca dar sangue, enquanto lá estava fiquei a pensar, realmente somos o pais das pequenas coisas, das muitas coisas sem importância, que no fundo, nos tornam num país pequeno, que não avança.

 

O combustível aumenta um bocadinho de cada vez, muitas vezes, e nós vamos pagando, se pudermos todos fugimos um bocadinho aos impostos, é só um bocadinho, não faz mal. Todos devíamos pedir sempre factura de tudo, mas lá vamos facilitando um bocadinho,e muitas vezes não pedimos, é só um bocadinho, não faz mal. Todos devíamos respeitar a velocidade, mas não respeitamos.....

 

Podia dar muitos mais exemplos, todos achamos que somos só nós e não faz mal, que não é aquilo que faz a diferença, mas na realidade, faz, porque todos juntos, tornamos os nossos bocadinhos num enorme todo, que faz a diferença entre um país desenvolvido e moderno e o país que somos.

 

Já agora, dar sangue é um acto de amor, dê sangue!

 

Jorge

PS:Imagem retirada da internet

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:44

Manjerico

 

Esta viagem ao porto foi deveras peculiar, bom, o mundo é peculiar, nós é que andamos distraídos, se não, perguntem à Mia!

 

Eram quase 10 da noite e eu estava com uma fome daquelas, entramos no primeiro restaurante, parecia cheio.

 

-Tem mesa para dois?

-Sim, temos mais duas salinhas lá em cima

 

Ainda começamos a subir as escadas, mas reparei que a cozinha era cá em baixo... ficamos cá em baixo, disse eu!. Lá arranjaram uma mesa, limparam puseram uma toalha branca...e lá ficamos à espera. Entretanto ia reparando, todos os empregados, absolutamente todos, tinham aspecto de ter mais de 60 anos..e havia uns com aspecto de estarem para lá dos 80.... mas eles mexiam-se. Passavam para um lado, para o outro, comida para uma mesa, bebida para outra, mais pão para aqui, copos para ali...e nós à espera.

 

Passado um bocado, nós olhávamos para os senhores, eles iam passando e olhavam para nós, mas nada, nem ementa, nem entradas, nada.

 

Mais uns minutos, e eles já olhavam para nós com ar estranho, fiquei com a sensação de que se perguntavam o que estávamos ali a fazer...e eu cheio de fome. Mais um bocado e chamei um dos empregados, ele olhou para mim e continuou a andar. Passado mais um bocado, lá passou outro e acenei-lhe, olhou para mim, e continuou a andar.... Invisível não podia ser, eles olhavam..... A todas estas, já os vizinhos da mesa do lado se riam e gozavam connosco........

 

Mais um bocado e lá chamei o senhor que nos tinha recebido, este veio.

 

-Já pediram?

-Não, mas pedimos já.. ( antes que desapareçam de novo!)

-Umas sardinhas, uma francesinha, um fino, uma agua  e um jarro de vinho da casa...

 

Entretanto, como por arte de magia, materializaram-se os empregados todos e num segundo tínhamos em cima da mesa os pratos, os copos, os talheres e as entradas, tudo ao mesmo tempo.

 

-Vinho verde ou maduro?

-Verde, um jarrinho pequeno.

-Olhe, eu trago uma garrafa e você bebe o que quiser.

 

Certo é que já não me lembrava de comer umas sardinhas assim, enormes, bem grelhadas, saborosas, uma delicia... e o vinho verde..era razoável.

 

 

Já bem jantado, lá se seguiu o São João, com os martelos, o alho porro, as milhares de pessoas.....

 

Nunca tinha visto os balões acesos a voar, lindo, felizmente estava a chover.. que no verão aquilo deve ser bem perigoso! (não é Linda? :-) )....o que vale é que no Porto.... o verão é raro aparecer.

 

Não sei como é que conseguiram, mas a chuva começou com o primeiro foguete, e terminou com o ultimo..... sincronização perfeita entre o São Pedro e a empresa deBalão pirotecnia.... conseguissem isto todos os dias..e havia muito menos incêndios neste país.

 

Adorei o Fogo de artificio, meia hora de luz , musica e muita cor, fantástico

 

Nunca tinha estado no São João e este foi de certeza um dos dias de aniversário mais divertido e peculiar que já passei. Obrigado Linda, a ti e aos teus.

 

Jorge

PS:imagens retiradas da Internet

 

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:57

De sardinhas, martelos e alho porro....à chuva!

por Jorge Soares, em 25.06.08

Metro do Porto

 

E lá cheguei ao Porto, meia hora atrasado, mas cheguei,,,e ainda o comboio estava em Gaia e já cheirava a sardinha assada..e eu cheio de fome.

 

Felizmente agora no Porto há Metro, giro, rápido e funcional..é claro que algumas instruções claras sobre o que é o famoso Andante, como funciona e sobre as zonas e os preços.... dava jeito... mas quem tem boca vai a Roma... neste caso à Boavista.

 

Saio do metro e está a chover.... chuva molha tolos, mas chuva.. paciência, afinal eu até gosto de chuva, lá vou eu ter ao hotel donde me espera a minha meia laranja.

 

É claro que àquela hora, a companhia para o jantar já tinha ido andando, ok... o destino era um restaurante nos Aliados, íamos lá ter com eles...Está a chover, a estação do Metro ainda é longe.... do outro lado da rua está um táxi... vamos de táxi... quando vamos a meio da rua...aparecem dois marmanjos, entram no Táxi.... e lá vamos nós à chuva até ao Metro....

 

Chegados à estação, é preciso outro andante e carregar o meu, não tenho moedas e a máquina não aceita notas, nem os meus cartões...irra.. que isto está a correr mal.... Sair da estação, mais chuva até trocar as moedas e de novo para o metro.. pelo outro lado da estação...donde há umas máquinas diferentes que aceitam notas!

 

Chegados aos Aliados, lá vamos procurar o restaurante.....pergunta aqui, pergunta ali..... sim, alguém conhece, é ali ao lado, mas está fechado para obras....a minha meia laranja tem uns colegas engraçados!

 

Eu não vou a mais lado nenhum, estou cheio de fome, só me cheira a sardinha assada, que eu adoro, juro que vou entrar no primeiro sitio donde exista lugar para sentar dois...... e foi mesmo..... e amanhã conto o resto... que o restaurante e o jantar merecem um post só para eles.

 

Já li algures que a malta não gostou do fogo, eu adorei, achei espectacular.... mas foi a primeira vez que lá fui......se calhar o meu nível de exigência não é alto.

 

Agora vou ali tratar das quase 400 fotografias que tirei.......

 

Jorge

PS:imagem retirada da internet

 

 

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:21

Venha o TGV!

por Jorge Soares, em 24.06.08

Comboio

 

Os Alfa pendulares são comboios rápidos, pelo que percebi, a velocidade pode chegar até perto dos 230 Kms por hora, e são relativamente confortáveis.  A distancia em quilómetros entre Lisboa e Porto é mais ou menos de 300 , fazendo contas de cabeça, 300 Kms a 200 por hora deveria dar mais ou menos 1 hora e meia....certo?, então alguém me quer explicar porque é que demorei mais de 3 horas?

 

Saímos de Lisboa a horas, ao lado iam 4 professores, pessoas divertidas e em amena cavaqueira, a conversa era divertida e passei grande parte da viagem a tentar disfarçar a vontade de rir... não é lá muito educado, mas é que eles eram mesmo divertidos. Chegados a um lugar chamado Albergaria dos 12, o comboio pára..e passado alguns minutos, começa a andar para trás.. ... uma avaria técnica...

 

Entretanto ligam-me do Porto, está a chover!.... ok, isto promete!

 

Lá atrás ouço alguém queixar-se, então o comboio avaria?..... assim  não chego a horas de ainda ir ao ginásio.

 

Mais um bocado e lá voltamos ao sentido correcto de marcha... para espanto meu, o atrasado para o ginásio senta-se no lugar frente ao meu.. e mete conversa com a pessoa que estava lá ao lado..a conversa é sobre carros, segundos dos 0 aos 100 e cavalos de potência.... ignoro-os.

 

No vídeo do comboio passava "Na roça com os tachos" .... e não é que o homem decide embirrar com o programa?

 

-Não gosto nada daquele programa... o gajo nem sabe cozinhar, há alguém que lhe diz e ele faz.

... Ninguém lhe deu troco, ao lado os professores riam.... mas ele insistia.

 

-Vejam lá se aquilo é forma de cortar cebola?, vê-se logo que ele nunca cortou cebola na vida. E vejam lá se aquilo é forma de cortar tomate? aquilo só lá em Angola!

 

Como a senhora que ia ao meu lado lhe deu troco, ele lá foi continuando a desfazer no homem...confesso, eu gosto do programa, sei que é em São Tomé e Príncipe e acho que o homem cozinha bem..e eu também corto a cebola assim!

 

O gajo, com aquela pinta de galan de ginásio..já me estava a irritar...Entretanto, lá dizem que estamos com 30 minutos de atraso e lá volta ele à conversa contra a CP.. que não pode ser, que assim já não vai ao ginásio, ..e porque a filha está à espera em Coimbra à muito tempo e podia estar em casa.... mas o melhor estava para vir.

 

Lá voltou a cascar no cozinheiro.....

 

-Pois, ele não percebe nada daquilo, é como naquela telenovela da Sic....aquela nova.. imaginem que aquilo se passa no século.... no século....aquela que começou agora..aquilo é no século 30 ou 40..e no outro dia num dos carros estava a tocar o Pavaroti no radio!

 

Eu e o grupo dos professores tivemos que fazer um esforço enorme para não desatar às gargalhadas..e o homem lá seguiu... muito à frente.

 

Felizmente estávamos a chegar a Coimbra...e ele lá foi para o ginásio... do futuro!

 

Mas a ida ao Porto.... dá para mais Posts!

 

Jorge

PS:imagem retirada da Internet

PS2:Apesar da chuva.... foi super divertido, obrigado Linda!

 

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:32

São João.. aí vou eu!

por Jorge Soares, em 23.06.08

 

Porto 

 

 

Profundamente


Quando ontem adormeci
Na noite de São João
Havia alegria e rumor
Vozes cantigas e risos
Ao pé das fogueiras acesas.
No meio da noite despertei
Não ouvi mais vozes nem risos
Apenas balões
Passavam errantes
Silenciosamente
Apenas de vez em quando
O ruído de um bonde
Cortava o silêncio
Como um túnel.
Onde estavam os que há pouco
Dançavam
Cantavam
E riam
Ao pé das fogueiras acesas?


— Estavam todos dormindo
Estavam todos deitados
Dormindo
Profundamente.


Quando eu tinha seis anos
Não pude ver o fim da festa de São João
Porque adormeci.


Hoje não ouço mais as vozes daquele tempo
Minha avó
Meu avô
Totônio Rodrigues
Tomásia
Rosa
Onde estão todos eles?
— Estão todos dormindo
Estão todos deitados
Dormindo
Profundamente.
 

Manuel Bandeira

 

Falem lá com o São Pedro, que eu esta noite quero tirar umas fotografias assim .... e comer sardinhas e passear pela ribeira e .... rever amigos e .. o resto também.

 

Jorge

PS:imagem retirada da internet

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:36

Uma História de amor .... aquela rosa!

por Jorge Soares, em 22.06.08

Rosa

 

Quem me costuma ler, de certeza que se recorda de O Perfume daquela rosa, um dos posts que melhor saiu neste blog e um dos que enviei para a RDP para o Programa a História Devida.

 

Bom, a data de emissão era 20 de Junho, a passada Sexta Feira...... acreditem ou não, não consegui ouvir. Às 17:20, a hora a que o programa costuma ser emitido, chegou a Lisboa o avião da selecção nacional que acabava de ser eliminada no Euro, e a Antena 1, uma rádio de serviço publico, esteve uma hora a relatar a saída dos jogadores da porta do aeroporto e a sua entrada para o autocarro...... um autêntico serviço publico.... e com isso, não deram o programa.

 

De todos modos, fui ao site da emissora e saquei o programa, que a Flor de Liz, se encarregou de passar para vídeo.....  e que eu agora partilho com todos vocês.

 

 

O Perfume daquela Rosa - de Jorge Soares

 

 

 

 

 

Jorge

 PS:Obrigado Flor, muito obrigado

 

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:34

Dia de vídeo..e prémio!

por Jorge Soares, em 20.06.08

Diz o Taz, do Só porque me apetece, que eu sou um gajo que sei comentar...e que isso merece um prémio... bom, há pelo menos mais uma pessoa que já me disse o mesmo.... portanto, eu acho que deve ser verdade

 

 

Hoje vou fazer uma excepção, e vou passar mesmo o Prémio a:

 

*Curtas Metragens*, (João)

Alma da Flor (Flor)

A espuma dos dias

A opinião (Ana)

Assim me Encontro ( inês)

A Vidinha da S@rit@(Sara)

Blue Eyes (Xana)

C911eUtopias

Cigana

Crisalida (LU)

Dedicado aos meus Anjos(Patricia)

Estou estupefacta

Maracujá(Antonio)

O incrivel Diário da Carochinha

 Os livros que ninguém quis dar a ler (Sónia)

Pepita

Ponto de admiração

Riscos e Rabiscos (Pessoinha)

Salpicos de Luz (Mia)

Sorriso da Lua (sofia)

Simplesmente meu...em Espanha (Leuviah)

Teia d'Aranha (Beta)

Cometa (Duas ideias)

 

Espero não me ter esquecido de ninguém.... e sei que há pessoas nesta lista que não gostam destes prémios, mas eu gosto dos seus comentários :-)

 

Agora vamos ao vídeo.. que plagiei ao Taz.,  há que tempo que não ouvia esta musica:

 

Inner Circle - Sweat (A La La La La Long)

 

 

 

Taz, obrigado pelo prémio e pela musica.

Jorge

 

 

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:20

Fim de ciclo

por Jorge Soares, em 19.06.08

Bandeira

 

 

Estou triste, fico sempre triste quando Portugal perde, e hoje foi muito triste, é o fim de um ciclo, o fim do ciclo das bandeiras na janela, do insulto fácil aos jornalistas, de alguma arrogância, fim do ciclo do Marketing popular que levou o povo à rua e a abraçar a selecção que voltou a ser de todos nós, o fim do ciclo Scolari.

 

Hoje foi  pena, porque acho que desta vez, tínhamos tudo para ganhar, tínhamos mais que um sonho, uma hipótese real. Esta selecção é jovem e tem muita classe, esperemos que venha um treinador há altura dela.

 

Vamos à musica

 

Donna Maria - Lado a Lado

 

 

Jorge

PS:Imagem minha

 

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:38

Posts relacionados

Related Posts with Thumbnails

Pág. 1/3








Estou a ler

Regressar a Casa

Rose Tremain

 

O Rapaz de Olhos Azuis

Joanne Harris

 

O jogo de Ripper

Isabel Allende

 






Visitas


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D