Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Conto, O ladrão e a Alma

por Jorge Soares, em 30.06.12
O ladrão e a alma
O nome, Francisco de Assis, recebeu em homenagem ao santo. Virou Fininho por acaso, no seu primeiro assalto. Na hora da fuga, como era magro que nem vara, foi o único a escapar, esgueirando-se por entre as barras de uma grade de ferro. Daquele dia em diante, o apelido pegou e o santo ficou enclausurado na certidão de nascimento.

A mãe, Dona Cidinha, cozinheira de grandes prendas, dentro do possível, deu vida boa a Fininho, porque queria que o menino virasse “um homem de bem”. Não virou. Firmou-se na vida como ladrão e especializou-se em furto a residências. 

Fininho adorava a mãe, mas tinha medo dela. Mulher de bondade farta, virava uma fera com os malfeitos que chamava de “coisa do demo”. Quando pegava Fininho chegando muito tarde da farra, ou sentia nele o cheiro de pinga, obrigava o rapaz a ajoelhar-se em frente à imagem de Nossa Senhora das Graças e a rezar duas Ave-Marias em penitência.

Ele protestava, mas ela, irredutível, respondia:
— Reza logo, menino! Uma pelo pecado, outra pelo pecador. 

Dona Cidinha jurava que depois das duas Ave-Marias no capricho a Santinha pedia a Deus para perdoar o delito. Por outro lado, se o pecador não se arrependia, e nem rezava, a Senhora pedia às almas do outro mundo para virem atormentá-lo sem sossego. Fininho rezava pelo pavor às almas.

Então, aconteceu o roubo à casa de dois andares.
CINTHIA KRIEMLER 
Retirado de Samizdat
Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:42

Por vezes os genes não explicam tudo

por Jorge Soares, em 29.06.12

Bebe loiro e de olhos azuis nasce de pais negros

 

Imagem de Terra 

 

Acreditem ou não, a fotografia acima é a de uma família feliz, a bébe do centro, branca e de olhos azuis, chama-se British Nmachi Ihegboro é o rebento mais novo do casal Angela e Benjamin Ihegboro e irmã das duas outras crianças.

 

Apesar de ter pais negros oriundos da Nigéria e sem ascendentes brancos, Nmachi, que significa "beleza de deus", nasceu no Sul de Londres, loira e de olhos azuis. A mãe considera este nascimento um milagre de deus e o pai, que confia plenamente na sua mulher, diz sem margem para dúvidas que a criança é sua filha.

 

Já o  professor Bryan Sykes, director de Genética Humana da Universidade de Oxford, chamou o nascimento de "extraordinário", já que este tipo de situações costuma acontecer nos casos em que os pais tem algum tipo de ascendência genética branca, o que não é o caso destes pais oriundos da Nigéria.

 

Toda esta história fez-me lembrar uma anedota que li há muito tempo atrás, acontecia numa aldeia africana e tinha como protagonistas um padre, o único branco da aldeia, um bebé branco e um rebanho de ovelhas brancas com umas crias negras. Terminava assim:

 

- Está bem padre, eu não falo a ninguém dos seus encontros com a minha mulher e o senhor não fala a ninguém dos meus encontros com as ovelhas.

 

Confesso, tive algumas duvidas na forma de encarar este assunto, não me conseguia decidir se devia valorizar a confiança cega do pai na mãe da criança ou o facto de em casos como estes os genes não explicarem tudo... a menos claro que alguém peça uma análise de ADN.

 

Uma coisa é certa, duvido que neste caso alguém tenha tido alguma duvida sobre se o rebento era mais parecido com o pai ou com a mãe... é que basta olhar para a fotografia para se perceber logo que ela é igualzinha aos irmãos.... ou não!

 

Update: A maioria das pessoas tem o mesmo pensamento que eu tive, a criança é albina, no entanto, em várias das noticias que referem o caso pode ler-se o seguinte: Segundo os especialistas do Hospital Queen Mary, a menina não é albina

 

Jorge Soares


Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:23

Luis gonçalves

 

Imagem do Facebook

 

Filipe  Gonçalves é  campeão mundial e vice-campeão olímpico dos 400 metros T12 (deficiência visual) conquistou agora o título europeu da categoria, com o tempo de 50,83 segundos.

 

"O noticiário deu 18 minutos de atenção à derrota da Selecção e 30 segundos ao campeão e vice-campeão europeus dos 400 metros de atletismo adaptado. Realmente, o futebol move muito mais adeptos que o atletismo. Principalmente, quando se fala em desporto paralímpico. Mas se lhe dessem um pouquinho mais de publicidade, mal não faria. E depois, porquê começar um noticiário com uma derrota, quando se pode começar com uma vitória?"

 

Filipa in facebook

 

Há vida para além do futebol? Bom, pelo menos deveria haver, a verdade é que não fosse o futebol e os 30 minutos gastos com a nossa selecção teriam sido gastos com a crise na Grécia, o desemprego por cá, as ameaças mais ou menos veladas de mais austeridade por parte de alguns membros do governo, a versão não sei quantos da cimeira de chefes de estado da união europeia que finalmente ia tomar as medias para combater os mercados mas que afinal não serviu para nada, etc, etc, etc... e o tempo dedicado ao nosso Filipe Campeão Europeu teria sido exactamente o mesmo.

 

O problema não está no futebol, o problema está nos meios de comunicação que não dão a importãncia devida ao que não vende publicidade e em nós que não exigimos mais.

 

É triste que assim seja, mas a verdade é que vai piorar, mal vendam um dos canais de serviço público, se calhar nem aos 30 segundos vamos ter direito.

 

Por certo, alguém se apercebeu que a Sara Moreira ganhou hoje uma uma medalha de prata nos Europeus de Atletismo?

 

Jorge Soares

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:18

Orgulho por portugal

 

Imagem do Ainanas.com 

 

Não foi um grande jogo, mas foi sem dúvida o jogo mais difícil da Espanha neste Euro de 2012, ao contrário de todas as outras equipas que jogaram contra eles, nós não mudámos nada, jogamos o nosso jogo com o nosso esquema habitual, de olhos nos olhos, com respeito pela equipa que é campeã da Europa e do mundo, mas sem medo.

 

Antes do inicio do Europeu havia muita gente a torcer o nariz a este grupo e este treinador, havia inclusivamente quem dissesse que era Ronaldo, Nani e uma mão cheia de jogadores medianos, que era a pior equipa dos últimos tempos. Com o decorrer dos jogos viu-se que nada disso é verdade, esta equipa é tão digna e tem tanto ou mais valor que qualquer uma das que nos representaram do Euro 2000  para cá. Não, não é Cristiano Ronaldo e mais 10, é uma equipa recheada de excelentes jogadores que conta com um dos dois melhores jogadores do mundo.

 

Hoje caímos de pé, não me lembro de termos perdido alguma vez nos penalties, acho que nos meus 44 anos de vida isso nunca aconteceu, os penalties são sempre uma lotaria em que a sorte pode cair para cada um dos lados, hoje a sorte caiu para o lado espanhol, alguma vez tinha que ser.

 

Devemos ter orgulho nesta selecção, nestes jogadores,  neste treinador, caímos de pé e com muita honra, não é vergonha nenhuma, mas custa tanto!

 

Jorge Soares

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:56

Ricardo Rodrigues, é agora que se demite?

por Jorge Soares, em 26.06.12

Ricardo Rodriguez condenado

Imagem do Público 

 

O deputado socialista Ricardo Rodrigues foi condenado a 110 dias de multa de 45 euros por dia, o que perfaz 4950 euros. Rodrigues foi considerado culpado no caso do roubo dos gravadores aos jornalistas da revista Sábado.

 

 

Para quem não se lembra, este senhor é aquele que há uns dois anos atrás a meio de uma entrevista com dois jornalistas da revista Sábado e ao não gostar das perguntas,  se levantou e levou com ele os gravadores de quem o entrevistava.

 

Levou, roubou, apropriou-se, confiscou, tomou posse... utilize-se a forma que mais se goste, o certo é que o senhor levou com ele sem autorização algo que não lhe pertencia, agora ele foi condenado pelo crime de atentado à liberdade de imprensa e um crime de atentado à liberdade de informação.

 

Já na altura achei que um deputado da nação não pode ter atitudes destas, quem não gosta de perguntas incómodas não dá entrevistas ou em último caso nega-se a responder, até podia levantar-se incomodado e ir-se embora deixando os jornalistas sem resposta, não era bonito, mas pronto, agora, roubar os gravadores, nunca!.

 

Hoje, para além de que continua a ser deputado pelo PS, o senhor pertence à Comissão Parlamentar para a Ética, a Cidadania e a Comunicação, convenhamos que uma comissão que trata da ética para a comunicação é o lugar certo para quem foge ao escrutínio público furtando os gravadores dos jornalistas.

 

Hoje o senhor foi condenado, é claro que faltam os cinquenta mil recursos da praxe e com um bocado de sorte dele e de azar da justiça deste país, a coisa estende-se até que o caso prescreva, mas tanto ele como o PS deveriam ter vergonha. este senhor que na qualidade de acusado já não deveria ter integrado as listas das últimas eleições, deveria na qualidade de condenado pelo tribunal, demitir-se de imediato e dar lugar a alguém que seja um melhor exemplo de honestidade e honradez.

 

Gostei das declarações do director da Revista Sábado que ouvi na antena 1:

 

"Está provado que quando os processos são analisados por instituições independentes e não por aquelas que foram criadas por políticos para defender políticos, a justiça funciona."

 

Para bom entendedor, meia palavra basta.

 

Para quem já não se lembra, temos aqui a prova do crime:

 


 

Update: Parece que afinal resta algo de vergonha algures, mas continua como deputado

 

Jorge Soares

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:42

As muitas formas de conjugar o verbo ajudar

por Jorge Soares, em 25.06.12

A diferença entre ser pobre e ser rico 

Página de Vamos ajudar o Francisco 

 

Curiosamente desde que esta imagem começou a circular o número de fãs já vai nos 20000, não sei como é que isso se irá materializar em ajudas reais, mas não deixa de ser um exemplo do poder de uma imagem.

 

Não vejo esta imagem como uma crítica e sim como uma chamada de atenção à forma como a nossa sociedade funciona, mas não seria a primeira vez que via uma critica à forma como a sociedade respondeu aos pedidos de ajuda para o pequeno Gustavo. Há quem diga que toda aquela gente só se inscreveu como dador de medula porque se tratava do filho de um jogador de futebol, até pode ser verdade, mas isso não tem porque ser mau.

 

A primeira grande campanha de dávidas de medula que se organizou no país nasceu deste Post e de um apelo que eu fiz à Jonas aqui para que falasse no assunto. Ela fez muito mais que isso, colocou o post em destaque, criou um blog para a pequena Marta e organizou recolhas de medula que segundo ela contava há poucos dias num post, já serviram para salvar pelo menos duas vidas.

 

Ao contrário do que se possa pensar não é necessário ser-se rico ou jogador de futebol para se conseguir mover o mundo, basta que existam pessoas como a Jonas  com garra e força de vontade suficientes.

 

Nunca saberemos quantas vidas se irão no futuro salvar graças à campanha que se formou em volta do pequeno Gustavo, mas serão de certeza muitas.

 

Há muitas formas de conjugar o verbo ajudar, há pouco passei na página do Facebook e alguém estava a oferecer a cadeira para o Francisco, mas de certeza que ele necessitará de muitas outras coisas... passem lá e se puderem ajudem, mesmo que não carreguem no Gosto

 

Página de Vamos ajudar o Francisco 

 

Jorge Soares

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:18

Tony quer morrer e não o deixam

Imagem do Público 

 

Não vos posso dizer a paz de espírito que teria só por saber que eu posso decidir sobre a minha vida, em vez de ser o Estado a dizer-me o que eu devo fazer – nomeadamente continuar vivo, independentemente da minha vontade”.

“Não posso coçar-me se tiver comichões, não posso assoar-me e só posso comer se for alimentado como um bebé – só que nunca irei passar a comer sozinho, ao contrário do bebé (Tony Nicklinson)

 

Tentemos imaginar que de um dia para o outro ficamos literalmente presos dentro do nosso corpo, o mundo à nossa volta, as pessoas que que amamos, as coisas de que gostamos, tudo continua lá, mas nós não conseguimos mais que olhar, não podemos tocar, não podemos comer, não conseguimos sequer sentir, só olhar e pensar.

 

É esta a situação do Tony desde que em 2005 sofreu um AVC, está completamente paralisado sem sequer conseguir falar, só consegue comunicar com o mundo graças a um software especial que consegue ler os seus olhos. Depende completamente das pessoas à sua volta para conseguir continuar a viver. 

 

Tony simplesmente decidiu que isso não é vida, que  o seu estado actual e o sofrimento que este lhe causa não é justo nem digno, portanto o Tony quer morrer, exige que o deixem morrer.

 

Tal como na maioria dos paises, no reino Unido a eutanásia e o suicidio assistido são ilegais, no seu estado  o Tony sozinho não consegue por fim à sua vida, portanto ele decidiu levar o caso até ao supremo tribunal e implora que o deixem morrer com a dignidade que ele já não tem em vida.

 

De toda a noticia, para além do estado e da lucidez do Tony chamou-me a atenção a seguinte frase do médico que lhe salvou a vida quando ele teve o AVC:

 

"...quando fui informado que ele estava vivo, fiquei surpreendido mas também triste. Não desejaria ao meu pior inimigo que ele ficasse vivo nestas circunstâncias durante tantos anos"

 

Só pensar na situação deste homem é aterrador, eu não me consigo imaginar a viver assim, o direito à vida há muito que está consagrado e é um dado adquirido, mas será que aquilo que o Tony tem é realmente vida? Será que como sociedade e como seres humanos temos o direito de obrigar alguém a passar assim o resto dos seus dias? Será que em casos como este a morte digna e sem sofrimento não deveria também ser um direito?

 

Jorge Soares

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:48

Conto, Horizontes

por Jorge Soares, em 23.06.12
Horizontes

Imagem minha do Momentos e Olhares


Xavier Demóstenes deixa a avenida e percorre uma rua transversal

no passeio podem ver-se meia duzia de mulheres em passos de quem espera cliente: as meretrizes


é assim que Beatriz Cachola, a esposa de Xavier Demóstenes, se lhes refere sempre que o marido sai mais tarde do escritório: já vens das meretrizes, grita-lhe

e nem é verdade

mas Beatriz Cachola arregalando os olhos um nadinha vesgos, diz isso muitas vezes

Xavier Demóstenes está habituado

habituado, e farto


por ironia dos deuses, da janela onde passa horas da sua vida parda, Xavier Demóstenes tem como horizonte, não o cume da serra, mas a janela do quarto que partilha com Beatriz Cachola vai para mais de duas dezenas de anos: muito lá ao fundo, muito longe, mas ainda assim a limitar-lhe o alcance dos olhos, de cada vez que Xavier Demóstenes levanta a vista da secretária, de cada vez que abre ou cerra o cortinado para que a luz, por defeito ou por excesso, não o incomode na escrita das cartas que tem sempre em atraso, é esse o horizonte que lobriga do seu lugar de escrivão de terceira na repartição de finanças da cidadezinha de provincia entalada entre duas serras e um ribeiro parco de águas


um lugar conseguido por concurso público


um olhar em linha recta, e lá está a janela do quarto como que a vigiá-lo

hoje, Xavier Demóstenes prometeu: vou ver como é, e só regresso a casa pela madrugada

a noite está fresca e nem uma nuvem a toldar um céu que se tornou da cor do negrume mal terminou a luz do sol de inverno, inclinada em demasia






Maria de Fátima

Retirado de Samizdat
Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:41

Damos um bigode

Imagem do Sapo 

 

Eu não gosto de me repetir, mas parece que vai ter que ser, tal como eu tinha dito aqui a seguir ao jogo com a Holanda, nós somos muito superiores aos checos.

 

Hoje demos um banho de futebol e mesmo com uma bola que teimava em não entrar, mesmo com um Cristiano Ronaldo que teima em acertar nos posts, 4 vezes em dois jogos, mesmo com um dos melhores guarda redes do mundo numa noite sim, mesmo com tudo isto, conseguimos ganhar e mandar a República Checa para casa.

 

Basta ver os comentários aos meus posts para perceber como havia tanta gente que desconfiava destes jogadores, deste treinador e desta equipa, acho que neste momento não restarão duvidas a ninguém, aconteça o que acontecer Portugal já está entre as 4 melhores equipas da Europa.

 

A seguir virá o vencedor entre a Espanha e a França, vi dois jogos da Espanha e um da França em que esta foi derrotada sem apelo nem agravo por uma equipa da Suécia que até já estava eliminada. Ao contrário do resto do mundo, eu não gosto do futebol desta Espanha, que quanto a mim se parece mais a uma equipa de Andebol que a uma de futebol, mas eles são campeões do mundo e campeões da Europa.

 

Se não acontecer nenhuma surpresa o próximo jogo de Portugal será com a Espanha, eu acho que temos futebol para eles, e sinceramente acho que todos os sonhos são possíveis....

 

A quem não gosta de futebol,  quem não gosta da atenção que se dá ao Euro, a quem não gosta que Portugal ganhe, tenham lá mais um bocadinho de paciência, mas vão ter que aguentar mais uns dias.

 

Jorge Soares

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:38

Os alunos souberam o que ia sair no exame via SMS

Imagem do Público

 

Já lá vão muitos anos desde que em Caracas fiz os exames nacionais do secundário, na altura não havia telemóveis nem SMS's, mas havia fotocópias e lembro-me perfeitamente que no dia anterior ao exame de matemática um dos meus colegas chegou à escola com um monte de folhas que ele garantia que lhe tinham sido dadas pelo primo de uma amiga que para o conseguir tinha dormido com alguém do ministério da educação.

 

Num país em que tudo funcionava com esquemas e corrupção a história não era assim tão estranha... passamos o dia a resolver o teste, foi um excelente treino para o dia seguinte, mas não, aquele não era o exame.. convenhamos que como esquema para levar miúdas para a cama não está nada mal.

 

Hoje ao ler no público que alguém denunciou que no norte do país  Dezenas de alunos terão sabido o que ia sair no exame de Português lembrei-me desta história, mas também me lembrei de outra coisa.

 

O ano passado no teste de Português saiu o poema Na casa defronte de mim, de Álvaro de Campos, um dos heterónimos de Fernando Pessoa, poema que eu utilizei para acompanhar uma das minhas fotografias, esta, no Momentos e Olhares. Nesse dia o post teve milhares de visitas, coisa que eu achei muito estranho até que ao fim do dia sairam as noticias sobre o teste de Português. Na altura fui verificar os logs do blog, as visitas a este post específico começaram logo a seguir à meia noite e foram aumentando durante a madrugada, sendo que na hora em que o teste é retirado dos envelopes selados, já a coisa ia em algumas centenas.

 

Ora, é suposto os exames serem guardados pela GNR e pela PSP e serem entregues por elementos destas instituições de segurança directamente nas salas, alguém me explica como é que por volta da meia noite já eu tinha visitas no blog à procura do poema que estava no exame? E se "durante o tempo em que o teste está a ser respondido, os professores vigilantes de cada sala não podem sair nem ter meios de comunicação na sua posse (telemóveis ou computadores com acesso à internet, por exemplo)", como é que durante a manhã as visitas já iam em milhares? Resta saber se o ano passado a coisa também foi através de SMS ou se terá sido outro o método.

 

Gostei muito de viver em Caracas, muito do que sou, muito do meu pensar e sentir vem dali, mas estas coisas deixam-me seriamente preocupado... é que não me estou a ver a ser governado por um Hugo Chavez qualquer.

 

Jorge Soares

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:31

Posts relacionados

Related Posts with Thumbnails

Pág. 1/4



Ó pra mim!

foto do autor






Estou a ler

Regressar a Casa

Rose Tremain

 

O Rapaz de Olhos Azuis

Joanne Harris

 

O jogo de Ripper

Isabel Allende

 






Visitas


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D