Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





 

O fim dos jornais como os conhecemos

 

 

 

Imagem de aqui

 

Há quem não acredite, mas a verdade é que o papel escrito tal como o conhecemos tem mesmo os dias contados. Há muito que as vendas de livros em edições electrónicas superam as vendas das edições em papel, as versões online dos jornais são cada vez mais a nossa primeira opção para nos mantermos informados, os portais electrónicos de noticias vão-se impondo como a forma mais rápida e eficaz de fazer chegar a informação ao público.

 

Os jornais impressos tal como os conhecemos foram desaparecendo ou perdendo fulgor, quem se não se lembra do expresso no seu formato enorme, com 4 cadernos e duas revistas, quilos de papel que mal cabiam no saco plástico, o que resta daquele jornal enorme? não me lembro quando foi a última vez que o comprei, em contrapartida é raro o dia em que não passo pelo site online, ou pelo do Público.

 

Outra das vantagens dos formatos electrónicos é a proximidade, a maioria dos jornais do mundo estão ali ao alcance de um click, terei comprado o espanhol El País uma dúzia de vezes quando nas férias nas Astúrias longe de computadores e gadgets me quero manter informado, mas a visita diária ao seu site na internet e à sua secção de blogs é quase obrigatória.

 

Tudo isto vem a propósito da noticia que diz que o Jornal Francês La Tribune decidiu abandonar a sua edição em papel, é um sinal dos tempos, não sei se será o primeiro não será de certeza o último, e não me parece que tarde muito em acontecer por cá...  e nem será muito difícil prever por onde irá começar.. basta olhar para a forma como o número de páginas impressas de alguns jornais vai diminuindo à medida que o tempo passa e as versões online vão crescendo.

 

Posso estar enganado, mas prevejo que daqui a no máximo 10 anos restará um ou dois jornais em papel e dos livros restarão as edições de luxo.. o resto será electrónico.... por muito que muita gente, e eu sou um desses, ache que só consegue ler livros se eles estiverem em papel.

 

Jorge Soares

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:40

Posts relacionados

Related Posts with Thumbnails


13 comentários

Imagem de perfil

De Sofia a 31.01.2012 às 00:16

Infelizmente devo concordar contigo, e digo infelizmente porque a mim quem me tira o toque de um bom livro e o papel tira tudo.
São sintomas da evolução, mas eu cá continuo a achar que há coisas que nunca se deviam perder.
Beijinho*
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 02.02.2012 às 21:53

Eu também penso assim..e tenho imensas dificuldades em ler coisas no monitor... mas acho que vai chegar o tempo em que terá que ser ,... infelizmente

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 31.01.2012 às 00:32

Com os livros vai ser a mesma coisa. Há editoras no Brasil por exemplo que já só vendem ebooks. E depois têm a opção print on demand (impressão a pedido) se a pessoa quiser o livro em papel. É um sinal dos tempos. Por um lado é ótimo para a natureza. Destroem-se menos árvores, polui-se menos...
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 02.02.2012 às 21:54

Há sempre um lado bom em tudo.. ainda que eu tenha sérias dúvidas sobre se será mais ecológico um livro ou um tablet... é que as árvores voltam a crescer. .. a contaminação dos plásticos e baterias leva milhares de anos a desaparecer.
Imagem de perfil

De libel a 31.01.2012 às 11:23

Aos poucos todas as nossas referências do passado, a nossa história, os nossos costumes, a nossa identidade vai desaparecendo e dando lugar a robôs mecânicos. A internet e tudo o que ela ingloba, ocupa um lugar importante nas nossas vidas, facilita muito, mas também nos tira o melhor. O prazer de folhear e cheirar um livro, um jornal, uma revista, de passar a tarde numa livraria, de respirar ar puro no banco de um jardim, de ler histórias aos filhos, de fazer uma palavra cruzada, um jogo de diferenças. Somos um povo de hábitos e comodismos, esse é o problema.

Beijinhos
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 02.02.2012 às 21:57

As coisas não desaparecem Libel.. simplesmente vão evoluindo ... nem sempre será para melhor, pelo menos à primeira vista... mas a verdade é que a maioria das coisas vem trazer melhorias para as nossas vidas.

Jorge
Imagem de perfil

De sentaqui a 31.01.2012 às 13:46

Não me imagino a ler livros sem ser em papel, gosto do cheiro, gosto do toque, gosto de perder tempos infinitos numa livraria, muitas vezes pelo prazer de estar.
Reconheço, que como alguém já disse aqui que é uma forma de evitar que se derrubem tantas árvores.
O melhor mesmo é começar já a fazer uma colecção deles para no futuro poder usufruir de uma boa leitura sem ser a olhar para um écran.
Já dos jornais e revistas não me incomoda tanto vê-los reduzidos ou mesmo extintos , já que há muita palha que não interessa e por aqui têm-se uma visão mais sucinta das coisas e pelos títulos lemos o que nos interessa.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 02.02.2012 às 21:59

Acho que a maioria de nós não se imagina a ler sem sentir o tacto e o cheiro do papel... mas a verdade é que o mundo não pára nem espera por nós....

Com o tempo as coisas simplesmente evoluem e de uma forma ou outra nós vamos atrás,,, quanto aos supostos benefícios ecológicos... não estou assim tão certo, as árvores voltam a crescer... os plásticos e baterias dos tablets e pCS demoram séculos e séculos a desaparecer....

Jorge
Imagem de perfil

De Kok a 31.01.2012 às 18:06

Tudo muda.
Quando os jornais aderiram massivamente à www traçaram o caminho a seguir.
Era somente uma questão de tempo.
Com os gastos que têm e com a quebra de receitas cada vez mais acentuada não será muito surpreendente que vão "morrendo" os jornais em papel.
Não é a mesma coisa para quem lê. O folhear no PC não é a mesma coisa.
E com os livros também não.
Um jornal ainda consigo ler no monitor. Mas um livro nem por isso.
Pelo menos por agora...

1 abraço!
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 02.02.2012 às 22:01

Não é a mesma coisa... não tem porque ser pior ou melhor.. é só diferente e será sem dúvida uma questão de hábito...

Abraço

Jorge
Sem imagem de perfil

De artesaoocioso a 31.01.2012 às 21:25

Há cerca de 50 anos que tenho o habito de comprar jornais mas já me estou a mentalizar para mudar de hábito.
Mas qual?
Cumprimentos
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 02.02.2012 às 22:02

Teremos que nos habituar a comprar a edição online... ou a simplesmente ler os gratuitos na internet... com o tempo habituamo-nos a tudo

Jorge
Sem imagem de perfil

De artesaoocioso a 04.02.2012 às 21:08

Caro amigo,
Sou um homem do século XX e não gosto de tudo o que muda, selecciono.
Para mim, quanto menos virtual melhor.
Cumprimentos

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor






Estou a ler

Regressar a Casa

Rose Tremain

 

O Rapaz de Olhos Azuis

Joanne Harris

 

O jogo de Ripper

Isabel Allende

 






Visitas


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D