Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





A mulher de César... vai ganhar pouco!

por Jorge Soares, em 07.03.16

ministradasfinaças.jpg

 

Imagem do Público

 

Foi há um ano que Maria Luís Albuquerque, na altura ministra das finanças do Governo de Passos Coelho, confessou que ganhava 6000 Euros e não lhe chegava para nada (ver aqui). Ora, em Portugal um deputado tem um salário bruto de €3683,42, muito menos que os 6000 Euros que há um ano não chegavam para  nada, não é portanto de estranhar que a senhora tenha arranjado um segundo emprego 

 

Pessoalmente acho que os deputados deveriam ser obrigados a ter dedicação exclusiva, eles estão na assembleia da república em representação de quem neles votou e isso deveria ser algo importante, não um emprego que se possa acumular com part-times em escritórios de advogado, empresas de consultadoria, bancos, construtoras ou empresas que vivem dos créditos mal parados de outras empresas e até países.

 

Governar e legislar são assuntos muito sérios e que não me parece possam ser levados de ânimo leve ou algo que se faça nos tempos livres, afinal, ninguém é obrigado a ser político e muito menos a ser deputado... Se calhar, porque há muita gente que como Maria Albuquerque, acha que são assuntos em part-time, é que o país está como está e tem os governantes que tem.

 

A Ex. ministra das finanças decidiu que precisava de mais salário e de dar mais utilidade aos seus conhecimentos, consigo entender isso, segundo consta irá juntar qualquer coisa como 5000 Euros brutos ao salário de deputado.... Confesso que fiquei admirado com estes números, em Portugal qualquer director de segunda numa empresa média, ganha mais que isso... mas também é verdade que é só um Part-time.

 

Imagino que alguém que foi durante anos ministro das finanças  não tenha dificuldade em arranjar emprego, por isso custa-me entender que a senhora entre as muitas propostas que lhe terão de certeza chegado, tenha escolhido logo uma que para além de pagar mal, deixa muitas dúvidas sobre algumas questões éticas...

 

Ou seja, é um daqueles casos em que a mulher de César deveria parecer mais séria, ter mais bom senso, mais respeito por quem a elegeu... e ainda por cima, quanto a mim, é mal paga.

 

Jorge  Soares

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:14

Posts relacionados

Related Posts with Thumbnails


4 comentários

Sem imagem de perfil

De bintoito a 08.03.2016 às 09:45

O filho de João Soares sem saber ler nem escrever vai sacar 3000 na Cambra do pai. A senhora ex-ministra é apenas a ponta que dá jeito aos que ocultam na eterna sombra um iceberg gigantesco. Aquele parlamento sempre esteve cheio de duplos, triplos e múltiplos. Mais apelativo para o lerpanço que os jogos da sorte.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.03.2016 às 10:40

ora ora, a chicana politica da esquerdalhada, tantos invejosos nao querem que os ex politicos trabalhem nem que tenham direito a subvençoes por isto mesmo, vao para o desemprego e recebam o respectivo subsidio, raios parta a esquerdalhada nunca foi nada na vida e quer impedir os outros, e como os caranguejos num balde sempre que alguem alcança a borda e esta prestes a sair arrastam-no para o meio do maralhal em que eles se encontram,.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 08.03.2016 às 11:17

Estás-te a referir às bocas que mandou a Manuela Ferreira Leite sobre este assunto?... e eu que achava que ela é de direita...


Jorge Soares
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.03.2016 às 12:12

estou estou ve la tu que ninguem contratou a ferreira nem o mendes marques, talvez questoes de idade e genica.

os ingenuos acham que se resolve o problema pela exclusividade, isso significaria uma classe de politicos exclusivamente, podia-se tentar esse caminho mas tinha que ter politicos bem pagos e uma vez terminados os mandatos nao serem prejudicados por terem desempenhados cargos publicos caso contrario so atrai a escumalha e aqueles que nao singram na vida privada., os politicos sao uns ladroes corruptos vigaristas e depois querem que pessoas de bem, bem sucedidas nas suas carreiras abdiquem delas para serem insultados ganhando mais no privado que na politica. onde depois de abandonarem os cargos acham que nao devem ter direito a subsidios por entretanto nao poderem aceitar empregos ou por terem perdido os clientes enquanto se dedicavam a causa publica. e muito justo que so os mediocres e os esquerdoides que vivem pendurados no estado se dediquem a tempo inteiro a politica,

e claro que a maria ou o catroga ou o socrates, foram contratados nao pelo que sabem na sua area academica mas pelo curriculo ou seja pela experiencia e conhecimento de praticas de governo essenciais para instruir processos por exemplo. antigamente iam para a politica, os ricos, nao por causa do dinheiro mas porque desempenhar um cargo a bem do pais, da causa publica dava prestigio, hoje vai-se para a politica porque da curriculo, mais uma alinea no curriculo e mais uns milhares na conta bancaria. mas a medida que todos podem chegar a politica ao contrario de antigamente, bons e maus podem la estar, a exclusividade sem correspondencia a outros niveis so atrai quem nao se safa na privada.

no caso a etica e moral cada um com a sua, o que conta e a lei e ponto final, e sintomatico o seu titulo" a mulher de casar...... vai ganhar pouco" tudo isto nao passa de um ressabiamentozinho do b. e. ao banif. se queriam saber o caso banif aprovassem uma comissao de inquerito independente, externa aos deputados, assim os bloquistas e pcp querem fazer alguma figura nas suas comissoes de inquerito, cujo resultado nao passsa de decisoes politicas. trabalhem a ver se tem alguem interessado em vos contratar deixem de ser invejosos.

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor






Estou a ler

Regressar a Casa

Rose Tremain

 

O Rapaz de Olhos Azuis

Joanne Harris

 

O jogo de Ripper

Isabel Allende

 






Visitas


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D