Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Agora vamos empatar mais um bocadinho

por Jorge Soares, em 23.11.15

cavaco-cagarro-2-e1447706861311.jpg

 

Imagem de aqui

 

Antes das eleições o senhor já tinha tudo previsto e até já sabia perfeitamente o que ia fazer a seguir, lembram-se? Até achamos que o homem tinha ido à bruxa?. Pelos vistos a bruxa não era lá grande espingarda, porque passados quase dois meses o país ainda está à espera de saber quem vai governar a seguir.... 

 

Como a bruxa falhou completamente as previsões, e uma boa parte dos portugueses votamos ao lado do que seria desejável para o senhor e os seus interesses, ele decidiu ouvir meio país, mas mesmo assim não está contente e vai de aí resolveu fazer mais umas perguntas a António Costa.

 

Está visto que andamos numa de empatar, entretanto Passos Coelho vai fingindo que governa, os mercados sorriem e a Europa desespera porque quer lá o orçamento para poder dizer da sua justiça.

 

Podemos levar isto na brincadeira, mas a mim parece-me uma falta de respeito para com o país e os portugueses, Cavaco Silva pode estar amuado com o resultado das eleições e com o facto de não poder fazer a vontade ao PSD e manter Passos Coelho e Portas no governo, mas o presidente da república está lá para cumprir o seu papel, não para brincar aos governos e ao poder.

 

Se calhar dava mais jeito poder dissolver a assembleia e marcar eleições, pelos vistos há  quem ache que a seguir o PSD ganhava de caras, se calhar tinham uma surpresa, nunca vamos mesmo ter a certeza, a verdade é que não dá, e há uma maioria que mostrou condições para governar, o senhor tem é que aceitar e respeitar a vontade da assembleia da república.

 

Hoje decidiu fazer mais perguntas a quem mostrou condições para governar, só gostava de lhe poder perguntar porque é que não as fez a quem, como se viu, não as tinha?

 

Pode-se dar posse a um governo do PSD sem maioria no parlamento, mas tem que se fazer perguntas a um do PS que apresentou provas de que as tem... está visto que temos um senhor muito democrático....mesmo

 

Jorge Soares

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:33

Posts relacionados

Related Posts with Thumbnails


6 comentários

Sem imagem de perfil

De M.G. a 24.11.2015 às 08:12

Durante os mandatos, nada fez.
Agora na recta final, o "feito" deve ser para memoria futura.
Haja paciência, para tão pouca inteligência.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.11.2015 às 10:18

O cavaco fez o que sempre fez, como fez sempre desde o início dos seus discursos neste processo tem pedido estas condições aos partidos a assembleia da RP e agora pediu-as a Costa. o presidente vinculou-se a este processo por isso uma vez mais seria necesssario , trata-se uma indigitação que precisa de algumas clarificações. tudo isto está a ser previsível e nada anticonstitucional. o costa sabe que em termos de votos tem uma minoria sociológica que votou nele portanto falta a legitimidade politica do voto, e vai ter de governar de acordo com consensualismos a esquerda nao estao no governo , e muitas coisas nao edtao nos acordos, e satisfazer as condições do presidente para ser indigitado.

Falar em democracia de facto a esquerda quando assistimos a individuos sem respeito denotando uma educaçao banal, rasca e so utilizavel em privado mas que fazem questao demostra-la em publico com todo o seu desrespeito e engraçado, essa democracia sem respeito, quando os termos gangster. múmia. são dois dos termos usados nos últimos dias para definir o presidente da republica . O primeiro por um deputado do PS. O segundo pelo candidato presidencial do PCP. marisa matias, candidata do bloco de esquerda, quer “abrir as janelas” de belém para deixar sair o cheiro “a bafio”.Até que cavaco indigite costa iremos em insultos verbais e a vozearia voltará sempre que o presidente da república não se limitar a assinar tudo aquilo que lhe colocarem diante e satisfaça estes democratas. A onda de insultos abater-se-á sobre tudo e todos os que não cumpram o papel de arautos da boa nova da frente que se propõe governar portugal. mas tem tambem um problema político:, o PS mudou de campo mas vai haver um momento algures no futuro em que vai querer voltar ao centro. Não tanto para poder governar mas sobretudo para se salvar a si mesmo.e é nesse momento que o novo ciclo da política se vai decidir. qual vai ser o novo partido do regime? Qual líder se vai tornar indispensável, o futuro vai dize-lo o problema é com o País, na grecia um tsipras esta expulsando os elementos mais extremistas convertendo-se num politico convencional . Veremos entretanto para bem de nos todos que a "geringonça" nao se va desconjuntar , e o País nao va outra vez para o galheiro.pois o costa vai ser PM
Imagem de perfil

De Português a 24.11.2015 às 11:01

A unica parte do seu comentário que é coerente é a primeira parte da primeira fase ... "O cavaco fez o que sempre fez, ..."
Efectivamente Cavaco está a fazer o que sempre fez, destruir tudo o que se atravessa no seu caminho e vai contra os seus ideais.
Já quando foi Primeiro-ministro destrui todo o tecido industrial, comercial, agricola e naval que o país tinha, agora como Presidente da Republica, permitiu que um Governo destrui-se os serviços, a educação, a justiça, a saúde, o turismo e o património.
As perguntas que fez a Costa, que até podem ter fundamento, não as colocou a Passos Coelho, o que indica que tem dois pesos e duas medidas para com a Assembleia da Republica e para com os partidos nela representados, o que para um PR que se diz independente e não sujeito a influências politicas parece muito suspeito.
Se a "geringonça", como Portas disse, vai a algum lado, temos de esperar para ver, não podemos é à partida dizer que não vai a lado nenhum como Portas, Passos e Cavaco, este de forma subtil, disseram.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.11.2015 às 11:46

Nada disso, tenha calma, ecalma, cavaco teve pela frente uma situaçao inedita em que estava bloqueado constitucionalmente, por isso procurou chamar a atençao para partidos esquerdistas estremistas no governo que nao aceitam euro, nato pacto estabilidade etc, por isso procurou que os partdidos assumissem as suas responsabilidades, depois procurou que fosse a assembleia da republica e por fim o primeiro ministro, ou seja ele tem discursos em que chamou a atençao para os problemas , tem o compromisso solene do primeiro ministro, por isso vai se sair airosamentde, resolvendo o problema a contento . ele nao e responsavel, o be nao e responsavel nao esta no governo e so aprova o que quer, o pcp idem aspas, so resta o costa que entrou nisto tudo e e o unico responsavel , Ai costa a vida costa.

P.S.
senao colocou as perguntas ao psd e cds, tambem nao as colocaria se o ps se aliasse ao psd ou cds ou psd e cds, percebe porque nao? esses partidos nao sao anti euro ati europa antipacto de estabilida e fazem acordos e participam no governo tem que haver uma solidariedade governamental que nao existe neste acordo a esquerdaetc .a geringonça temos de esperar para ver e claro mas se se promete tudo a todos pensando que ja estamos livres da austeridade e ajustamento gastando sem cobertura, o final sabe-se qual e.
Sem imagem de perfil

De saudosista a 24.11.2015 às 12:10

Que ânsia...
Que sede...
Toda a gente sabe que este pseudo acordo à esquerda é mais frágil que os papéis em que foi assinado.
Cavaco limita-se a mostrar a fragilidade dos mesmos e este nervoso que reina no PS é fruto dessa mesma fragilidade.
PS refém da extrema-esquerda. Realmente, é um mundo estranho.
Sem imagem de perfil

De Luz do Norte a 24.11.2015 às 13:19

A "geringonça" da esquerda tem mau aspecto e não sabemos se irá funcionar. Porém, como a "engenhoca" da direita, apesar de mais bonita, já deu provas de não funcionar mesmo, quais as alternativas? Lamentavelmente temos sido governados por pessoas sem estatura de estadista e sem visão de futuro. Se tivessem olhado um pouco para além do papel das contas diárias, como faz qualquer merceeiro, talvez tivessem adoptado estratégias de entendimento e construído as pontes que, numa situação de crise política como a actual, teriam sido úteis para concretizar a melhor solução para o país: um entendimento de governo entre o PSD e o PS. A meu ver foi a deriva do PSD para a direita que impossibilitou tal estratégia e, em última análise, provocou as actuais dificuldades de formação governativa. Isso e a falta de qualidade dos dirigentes políticos, que têm apostado em tácticas de confronto para esconder o vazio de ideias e a falta de visão de futuro.

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor






Estou a ler

Regressar a Casa

Rose Tremain

 

O Rapaz de Olhos Azuis

Joanne Harris

 

O jogo de Ripper

Isabel Allende

 






Visitas


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D