Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Alguém conhece uma bruxa de confiança?

por Jorge Soares, em 22.04.14

 

Bruxa

Imagem de aqui

Azar é uma palavra sem sentido,

nada pode acontecer sem uma causa

Voltaire

 

 

Quem me costuma ler sabe que para além de ateu sou um céptico convicto, não há deus, não há destino e sorte e azar são só  palavras que servem para explicar os acasos da vida... desde que tenho uso de razão que vivo de acordo com estes princípios e nunca vi motivos para os trocar por outros.

 

Tudo isto é muito bonito, mas juro que por vezes me pergunto se não estarei completamente errado, principalmente quando os diversos acasos teimam em se juntar todos para o mesmo lado que só por acaso, é o mais chato... o último mês foi claramente uma destas ocasiões e juro que a estas alturas já me pergunto se tanto acaso junto já não será azar. Vejamos:

 

13 de Março - Numa rotunda à saída de Setúbal, um senhor com uma carrinha resolveu cortar a direito e invadiu a faixa de rodagem onde por mero acaso ia a circular a minha meia laranja, o resultado foi chapa batida e um prejuízo evidente no carro, que por acaso até já estava quase vendido.

 

Também por acaso o senhor só parou uns cinquenta metros mais à frente e porque viu que ia a ser seguido, já vamos perceber porquê, e claro, não assumiu responsabilidade nenhuma, só não se foi embora sem sequer esperar a GNR nem agrediu a P. porque foi impedido.

 

Dois ou três dias depois, estava eu a fazer uma receita complicada quando despejei para dentro do copo da Bimby uma boa quantidade de azeite, não reparei que a parte inferior não estava fechada e o azeite foi parar directamente ao motor.. que literalmente se afogou... a reparação ficou em 200 Euros.

 

Na semana a seguir, quando já eu tinha começado as minhas discussões com a companhia de seguros ZURICH, a do senhor que bateu no carro, uma manhã cheguei ao meu carro e reparei que este estava aberto, durante a noite tinham voado o computador portátil e o GPS... 

 

Com isto tudo estávamos no inicio de Abril e não havia maneira de eu saber quando iria ter o carro, que até já estava vendido, reparado, a esta altura do campeonato no call center da Zurich já não me podiam ouvir... mas não me servia de nada, eles estavam a estudar o assunto e eu só tinha que esperar.

 

Entretanto meteram-se as férias da Páscoa e rumamos ao Alentejo.

 

A 13 de Abril, estava eu em Vila Nova de Milfontes, entrei para o meu carro, não reparei que entre o eu entrar e o arrancar, alguém estacionou do outro lado da rua, quando dei por mim já tinha batido, os estragos eram evidentes e de certeza caros.

 

Finalmente durante a semana passada a Zurich tinha uma decisão, como as descrições do acidente não coincidiam e o segurado deles só tinha parado muito longe do local (o crime compensa), não conseguiam atribuir a culpa, eles só assumem 50%... e ainda por cima, enviaram-me uma carta onde dizem que vão pagar o valor... sem o IVA!!!! (viva a fuga aos impostos)

 

Agora digam-me lá, independentemente do que diga o Voltaire, isto é ou não azar a mais para uma pessoa só?

 

Alguém conhece uma bruxa de jeito? (de preferência como a da fotografia) .. es que you no creo em brujas, pero empiezo a pensar que, de que vuelan, vuelan!

 

Jorge Soares

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:08

Posts relacionados

Related Posts with Thumbnails


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Cris a 23.04.2014 às 12:53

Bom a única coisa que me apraz dizer é que nunca há mal que sempre dure... o problema está na segunda parte do provérbio. Pelo sim pelo não, procura uma mãe de santo para vos benzer. Ou então pede a deus, no qual não acreditas, uma ajuda...

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Ó pra mim!

foto do autor






Estou a ler

Regressar a Casa

Rose Tremain

 

O Rapaz de Olhos Azuis

Joanne Harris

 

O jogo de Ripper

Isabel Allende

 






Visitas


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D