Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





 

"allahu akbar", deus é grande, foram estas as palavras que ficaram na memória das pessoas antes de começarem os disparos num dos atentados múltiplos de esta noite em Paris.... 

 

60 mortos contabilizados até agora, não se sabe quantos feridos, entre 60 a 100 pessoas sequestradas numa sala de espectáculos, são estes os números do terror numa noite de sexta-feira em Paris.

 

Por vezes temos a tendência de olhar para o mundo em que vivemos e dar por garantido que não há volta atrás, que a época em que se matava e morria em nome de deus e da  religião era algo que tinha acontecido no passado e que não voltaria a acontecer,... depois acontecem estas coisas e percebemos que afinal parece que não aprendemos nada.

 

Durante o dia a noticia tinha a ver com a morte cirúrgica, de um senhor que ficou conhecido pela forma despiadada como fazia o papel de carrasco do estado islâmico, pelos vistos do outro lado não há mortes limpas nem inocentes, todos somos culpados e merecemos morrer,.. 60 mortos, há de certeza batalhas na Síria e no Iraque onde participam centenas de soldados e onde não morre tanta gente... 

 

Há uns dias, depois da queda do avião Russo, alguém me dizia que passou a ter medo de andar de avião, há pouco no Facebook alguém se mostrava assustado ante a perspectiva de ter que viajar a uma cidade europeia. Parece que começamos  a tomar consciência de que esta guerra nos afecta a todos e não é algo que só acontece na televisão?

 

De  repente acordamos para uma dura realidade, ninguém em lado nenhum está  livre que um maluco armado em mão de um deus qualquer, desate disparar.

 

Será que é nestas alturas que ficamos a perceber o que sentem os refugiados e o que os faz correr e fugir em busca de um lugar qualquer onde se possa viver longe de atentados, armas, tiros e fanáticos religiosos?

 

Quando vamos deixar de olhar para os nossos umbigos e perceber que o que está a acontecer é um problema do mundo inteiro e não da Síria e do Iraque?

 

Jorge Soares

 

 

 

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:03

Posts relacionados

Related Posts with Thumbnails


19 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.11.2015 às 23:32

Com toda a razao, venham mais campanhas para receber os coitadinhos dos refugiados que como nos pais de emigrantes so querem ganhar a vida, venham mais campanhas.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 14.11.2015 às 10:14

Não percebi o seu ponto de vista, tal como eu disse no post, é de gente como esta que agora atacou em Paris que os refugiados fogem, vamos esperar dois ou três dias , era capaz de apostar que no fim da investigação se vai descobrir que por trás dos ataques estão franceses, gente cega pelo ódio e a religião há em todos lados e não será de certeza impedindo que os refugiados entrem na Europa que se vai resolver isso.

Jorge Soares
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.11.2015 às 11:12

Nao percebeu pois nao nem percebera, e de gente como esta que voce nao sabe quem sao os bons e os maus, que vem para o meio de nos nao se integram. Educam os filhos nos costumes e religiao deles, mas vivem numa civilizacao cujos valores odeiam, os idiotas uteis cheios de humanitarismo mete o lobo no rebanho.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 14.11.2015 às 11:46

Gente boa e gente má há em todos os lados, tal como temos visto nos últimos dias em Portugal o que sobra são idiotas fanáticos de todas as cores e religiões, não é fechando fronteiras e deixando pessoas à mercê de fanáticos assassinos que se vai resolver este problema, é com paz, cultura e educação.

Jorge Soares

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.11.2015 às 11:49

Os franceses que morreram sao vitimas dos mesmos que massacram refugiados, so que na nossa casa.ca nao la, nao podemos permitir este tipo de passividades na nossa casa.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.11.2015 às 11:51

Com paz cultura e educacao, esta bem esta, parecr um discurso das missses e os seus desejos para o mundo
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 14.11.2015 às 12:21

OS DESTILADORES DO ÓDIO

E já começámos a ouvir os tipos que disparam primeiro e perguntam depois. E dizem coisas que, pelo menos aos meus ouvidos, são barbaridades.

Criticando-nos por não termos a mesma solidariedade com o sofrimento no Iémen. Chamando-nos hipócritas por chorarmos mais certos mortos e não outros. Por sermos mais sensíveis a Paris (que fica aqui ao lado) do que à Síria, que fica «lá longe». Lembrando os crimes de X, Y, Z e que, «coitadinhos, estão apenas a reagir».

Ou atacando soezmente pessoas de religiões que não a sua, pondo tudo no mesmo saco. Fazendo discursos racistas, xenófobos, assustadores.

Um dia como o de hoje é bom para os idólatras do medo e do ressabiamento, que os há de todas as cores e credos e clubes desportivos.

Não gosto de ouvir essas pessoas. E o botão de bloquear/desamigar está mesmo aqui à mão. Mas sei que tenho de as ouvir. Tenho de fazer um esforço (e é uma seca, esse esforço) para as ouvir. Quem me nomeou ouvidor oficial? Ninguém. Estas coisas é como ser-se poeta: cada um sabe de si, quem diz é quem é.

Por isso hesito sempre em bloquear os destiladores de ódio. Se eu não suportar ouvi-los, como posso esperar que me ouçam?.

RUI Zink No Facebook

Há quem consiga colocar em palavras o que eu sinto

Jorge Soares
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.11.2015 às 12:37

Eu sou sensivel ao que se passa na europa. Na minha casa e nao na casa deles, ai eles tem que construir o seu regime.
Eu nao quero ca pessoas que odeiem e queiram destruir a nossa civilizacao.
Na franca estao referenciados mais de quatro mil terroristas mas devido a nosssa humanidade ninguem os expulsa daqui, ainda vem mais, no entanto devemos chorar os mortos no yemem coitadinhos, estas misses andam doidas.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 14.11.2015 às 12:47

Explica lá a parte das misses que eu não estou a perceber

Jorge Soares
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.11.2015 às 13:39

Eu explico mas olhe que essa era facil de perceber. Sao aquelas pessoas que se preocupam muito com a humanidade e estao sempre prontas a desculpar estas bestas na nossa casa, apontando sempre para outros objectivos. E la vem a historia do racista xenofobo etc. Preocupe-se com o que se passa ao seu lado e quem o faz.
ou entao a ana gomes a disparatar
alguem devia avisar o presidente da necessidade urgente de formar governo atr devido a ameaca terrorista. ficamos xones ou que.
Os judeus vivem ca compare se alguma vez fizeram isto.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.11.2015 às 11:25

http://www.publico.pt/mundo/noticia/policia-italiana-desmantela-celula-terrorista-com-planos-para-atingir-o-vaticano-1693566

"polícia italiana desmantela célula terrorista que planeou atingir o Vaticano
RITA SIZA 25/04/2015 - 19:20
Dez homens foram detidos e outros oito escaparam numa operação contra grupo ligado à Al-Qaeda que também se dedicaria ao tráfico humano"

quem faz estes atentados sistematicos a nossa cultura. quem? so uns.
Sem imagem de perfil

De Basta!! a 14.11.2015 às 10:08

Quando é que este cobarde, estúpido, xenófobo e demais qualitativos cala o teclado??
É que ter uma opinião livre e contrária é uma coisa ser tudo isto é outra.
Gosto deste blog.
Mas perante os comentários (por vezes solitários) desta personagem, faz perder o interesse.
Volte aos comentários moderados e poupe-nos a isto.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 14.11.2015 às 10:21

Eu percebo e respeito a sua opinião, tal como respeito a de todos, já moderei e apaguei comentários quando achei que se tinha ido longe demais, mas acho que este tipo de ideias se combate com respostas à altura, e é por aí que vou ir...

Tenho estado ausente nas respostas aos comentários mas isso vai mudar, durante muito tempo ninguém ficava sem resposta, vai voltar a ser assim, obrigado pelas suas visitas e comentários.

Quando achar que se está a ir longe demais, evidentemente voltarei a moderar o blog.

Jorge Soares
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.11.2015 às 11:28

Esta incomodado(a)caro amigo , o objectivo e esse incomodar por a pensar de modo diferente, nao se incomode tanto, de facto o metodo correcto aplicado por pessoas como o senhor e a censura
Sem imagem de perfil

De Adolescente Teimosa a 15.11.2015 às 12:50

Portugal já recebeu refugiados. Estamos mortos? Não. Não sei em que país descobriram uns terroristas no meio dos refugiados outro dia. Mas... estes que estão a criar uma nova onda de "je suis Paris" são cidadãos franceses que se converteram e se sujeitaram a matar gente.
O que acho mal é que Agora é que as autoridades estão a reforçar a segurança. Não vale a pena chorar sobre o caldo derramado e assustar ainda mais as pessoas! Eles não vão atacar agora, são demasiado espertos.
Concluindo: recentemente, quem foi atacado? Rússia e França. Quem é que bombardeou a Síria? Rússia e França. Foram atos de vingança...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.11.2015 às 11:09

Vá, vá lá, diz aqui para gente que devemos ser tolerantes com os terroristas porque errar é humano. Vá lá, confessa aqui à gente. Não te envergonhes.
Sem imagem de perfil

De Adolescente Teimosa a 16.11.2015 às 21:52

Obrigada, adoro ironia (a sério, não estou a ser irónica! )
Bem, visto que metade deles se mata nestas coisas... Os poucos que restam deviam ser enfiados numa cela para o resto da vida, e só não digo enforcados porque é um castigo muito rápido.

Eu tenho pena é dos refugiados e não dos terroristas, por favor!

Sim, errar é humano, mas matar centenas de pessoas propositadamente não é um erro... É um distúrbio mental provocado por uma lavagem cerebral.

Eu e o Peace & Love nunca nos demos muito bem, sabe?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 17.11.2015 às 11:10

Vejo que nao e uma adepta da corda, de facto ficam tao feios com aquele ar esgazeado e a lingua fora, e uma gravata muito feia. a corda deve ser usada para saltar brincar, se temos outras soluçoes para que gastar cordas.

Tambem tenho pena dos refugiados, tenho pena de todos oa desgraçados(as) que pedem ajuda mas nao me querem levar o braço, nao tenho pena nenhuma de quem me quer desgraçar,de quem so nao nos poem a mao na jugular porque nao pode, por isso tenhamos pena dos refugiados principalmente quando nos apelam aos instintos humanos mais basicos de solidariedade usando extremos com crianças, mas facamos triagem e registemos esssas pessoas a ver se no meio do rebanho nao vem o lobo disfarçado de cordeiro, temos que estar vigilantes apesar da solidariedade.
Sem imagem de perfil

De Adolescente Teimosa a 17.11.2015 às 20:05

Concordo plenamente! Especialmente na última parte.
Também já tinha pensado que era melhor se fizessem alguma coisa aos refugiados além de abrir/fechar portas. Sou a favor de os deixar entrar, mas com algum controle.
Talvez assim, não houvesse tanta gente contra este assunto...

Comentei sobre os refugiados num post sobre os ataques... é a prova de que está relacionado.

Comentar post








Estou a ler

Regressar a Casa

Rose Tremain

 

O Rapaz de Olhos Azuis

Joanne Harris

 

O jogo de Ripper

Isabel Allende

 






Visitas


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D