Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Aquelas coisas que nos fazem acreditar no natal

por Jorge Soares, em 03.12.15

carta.jpg

 

Retirado do Facebook

 

Miguel,

 

Eu sei que tu e a tua mulher tiveram muitas dificuldades nos últimos meses desde que perderam os empregos.

Agradeço-vos terem pago sempre a renda a tempo. Eu quero oferecer-vos um presente. Não me paguem a renda do mês de Dezembro. Utilizem esse dinheiro para passarem um feliz e maravilhoso natal em família com os vossos filhos.

 

Bom dia e feliz  natal

António Silva

 

É nestas alturas que percebemos o que realmente significa o espírito do Natal.

 

Jorge Soares

 

PS: Há uma enorme probabilidade de isto ser uma campanha publicitária qualquer... mas eu prefiro acreditar no espírito do natal.

 

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:33

Posts relacionados

Related Posts with Thumbnails


12 comentários

Sem imagem de perfil

De maria a 04.12.2015 às 10:28

lamentável é que o tal "espírito de Natal " só apareça em Dezembro ..... e tenha que se manifestar com presentes ! ah, e tb. não acredito nessa carta :)
feliz Natal para si tb. :)
Sem imagem de perfil

De Maria a 04.12.2015 às 11:18

Neste caso não poderia durar o ano todo, ou então o senhorio nunca receberia, certo?
Sem imagem de perfil

De Esperança a 04.12.2015 às 11:23

Se calhar pensa assim porque seria coisa que não faria por alguém mesmo sabendo que tinham perdido o emprego e que tinham dois filhos.
As pessoas estão tão habituadas à avareza e hostilidade que quando surge uma situação destas nem acreditam. Foi ao ponto que chegamos, infelizmente.
Sem imagem de perfil

De Xana a 04.12.2015 às 10:44

Porque não acreditar?

Existem pessoas fazendo boas acções todos os dias!

Podem não ser muitas... ou não oferecerem rendas mas oferecem um lanche um almoço ou uma moeda.

Não existe a caridade e o bom espírito?
Imagem de perfil

De A Miúda a 04.12.2015 às 11:00

Acredito que se fosse uma campanha publicitária houvesse alguma marca na imagem, nem que fosse como imagem de fundo.
Eu acredito que ainda haja pessoas assim, com um grande coração. E sendo o mês de Natal há mais despesas e não ter de pagar a renda é uma ajuda enorme. Como é óbvio não se pode fazer isso só porque lhe dá na cabeça senão o inquilino pode começar a abusar, assim tem uma razão para o fazer. É um mês com maiores despesas e este senhor aliviou o mês do casal.
Sem imagem de perfil

De Rute Santos a 04.12.2015 às 12:18

Infelizmente essa carta não é verdadeira. Deparei-me com a sua versão francesa ontem no facebook e também me falaram na versão inglesa. Pode não ser verdadeira, mas pode dar ideias e tornar-se realidade. :)
Sem imagem de perfil

De Fersilva a 04.12.2015 às 13:58

Pode ser verdade ou não. Prefiro acreditar que sim, porque ainda tenho fé, alguma, na bondade dos seres humanos.
Sem imagem de perfil

De Gaudêncio a 04.12.2015 às 14:32

Mesmo que não seja verdade dá que pensar a muita gente.
feliz natal para todos.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 04.12.2015 às 14:34

O meu tio já fez isso aos inquilinos dele, ainda que a carta seja falsa, existem pessoas por aí que têm esse espirito de genorosidade e entre ajuda a quem precisa
Imagem de perfil

De DyDa/Flordeliz a 04.12.2015 às 23:42

Não sei se a carta é ou não é verdadeira.
Não tenho dúvidas de que ainda há gente boa, independentemente da época do ano.
Isto é Natal. Pelo menos a mensagem é de Natal.
Valeu!


Imagem de perfil

De naterradosplatanos a 05.12.2015 às 07:46

Jorge, será mesmo verdade? Analisando o papel em que foi escrito(às bolinhas) e o boneco desenhado não me parece muito de um senhorio pois se fosse além disso amigo dizia-lho pelo telefone ou por Mail! Só se lho meteu debaixo da porta ou pessoalmente na caixa do correio, se não teria que comprar um envelope, por -lhe um selo e ir aos Correios envia-la. Coisa mt burocráticaara os dias de hoje!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.12.2015 às 14:59

O que o senhorio nao se safa e de ter que declarar ao fisco.

Comentar post








Estou a ler

Regressar a Casa

Rose Tremain

 

O Rapaz de Olhos Azuis

Joanne Harris

 

O jogo de Ripper

Isabel Allende

 






Visitas


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D