Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





sobretaxa.jpg

 

Imagem de aqui

 

Não me lembro quando nos foi prometido que poderia haver uma devolução do IRS, mas lembro-me perfeitamente de nesse dia ter perguntado aos meus colegas se alguém queria apostar, eu apostava em que a seguir às eleições teríamos sorte se em lugar dos 3,5%  a sobretaxa não passasse  para 4 ou 5, mas que a devolução seria na melhor das hipóteses, 0!

 

Ninguém aceitou a aposta, vá lá a gente perceber por quê!

 

Algures em Julho calculava-se que poderiam devolver 19%, em Agosto eram 25 e em Setembro 35 %, parece que a coisa estava a correr bem na cobrança de impostos.... não percebo porquê mas a seguir às eleições, ou a malta deixou de pagar ou o estado deixou de saber cobrar impostos, os dados actuais apontam para as minhas previsões, 0% de devolução.

 

Como são previsíveis os políticos portugueses... e a julgar pelos resultados eleitorais, como é fácil enganar o zé povinho, ou alguém acredita mesmo que a cobrança de impostos varia assim de um mês  para o outro?

 

Jorge Soares

 

PS:Senhor presidente da República, falta muito para termos um governo sério?

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:54

Posts relacionados

Related Posts with Thumbnails


53 comentários

Sem imagem de perfil

De as a 19.11.2015 às 10:36

Se você soubesse escrever até que ajudava....
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 19.11.2015 às 11:23

Agradeço o seu comentário esclarecedor, já agora, sobre o assunto tem algo a dizer?

Jorge Soares
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.11.2015 às 12:13

Acha que uma laranja podre tem alguma opinião? E não fale muito sobre a ministra dos cofres cheios de dívida, senão ainda lhe aparece o descompensado do marido a oferecer porrada! O que tem que ficar para a "estória" é que tivemos um excelente governo e a partir de agora são as trevas, com a chegada dos devoradores de bebés.
Sem imagem de perfil

De pedro a 19.11.2015 às 12:15

Provavelmente, por lapso, não pôs a vírgula entra a palavra "escrever" e a palavra "até"...!
Sem imagem de perfil

De Teodoro a 19.11.2015 às 10:49

Parabéns pelo excelente post. De facto só pessoas acéfalas ou a usufruir de um tacho é que ainda podem, passados estes anos, e tanta mentira, votar e acreditar nessa coisa, uma tal "PaF"
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.11.2015 às 11:11

E viva a autoridade moral do PS cheio daqueles que estiveram nos (des)governos de Sócrates, juntamente com aqueles que diziam na campanha eleitoral (BE + PCP) que "votar no PS é votar na direita", "um voto em nós é a rejeição das políticas de direita de Passos e Costa" e "nós jamais compactuaremos com as políticas de direita (PS + PSD + CDS)".

A menos que seja mais um desta "esquerdalha" que redefine a realidade à medida que lhe convém (ie, nem se tinha acabado de contar os votos e o PS já era de novo de esquerda, dando uma vitória à tal da "esquerda"), no meio de tanta mediocridade e mentira a PaF (que chegou ao poder com a história "dos portugueses já não aguentam mais sacrifícios" e "chega de austeridade") até já nem parece assim tão má!

Já estava na altura de nos deixarmos de clubismos e expulsarmos esta corja toda da esquerda à direita! TUDO!
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 19.11.2015 às 11:28

E sobre a sobretaxa tem algo a dizer?

Jorge Soares
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.11.2015 às 12:59

9,7 por cento no site das finanças
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.11.2015 às 14:01

Precisa de um desenho, não é o Costa & companhia que prometem não só devolver a sobretaxa, como os cortes nos salários da função pública, pensões, etc?
Sem imagem de perfil

De Teodoro a 19.11.2015 às 12:02

Anónimo das 11:11, perdi tempo a ler o que escreveu, porque pensei que ia comentar o assunto em questão, assim não foi, por esse motivo pergunto, porque não se abstém de comentar?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.11.2015 às 13:00

Muita gente aqui perde tempo a ler o que anonimos escrevem.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.11.2015 às 11:22

Parece que vou ser o primeiro a apontar o óbvio.
---> Como evoluiu a despesa?

---> Como espera que a despesa evolua nos próximos anos?

Isto é no fundo aquilo que os portugueses reais sabem, mas que lhes custa muito a admitir a necessidade de mudanças drásticas no aparelho do estado (que nem a PaF fez ou pretende fazer).
Sem imagem de perfil

De Teodoro a 19.11.2015 às 12:05

Anónimo das 11:22, e que tal a máxima: se não melhorar pelo menos não estragar?, pois deveria ter sido utilizada pela PaF, não melhorou apenas "estragou" a dita despesa. E a taxa?
Sem imagem de perfil

De Teodoro a 19.11.2015 às 12:35

Já agora: http://24.sapo.pt/article/lusa-sapo-pt_2015_11_19_385296058_divida-publica-volta-a-subir-para-130-6--do-pib-em-setembro---banco-de-portugal#_swa_cname=pushdown&_swa_csource=sapo.pt&_swa_cmedium=web
Sem imagem de perfil

De Manuel a 19.11.2015 às 12:20

Estes 4 anos, a despesa não foi reduzida... até aumentou. Se for ver os resultados, validados, vai ver que só 2 rubricas desceram: ordenados e pagamento de juros.
Por outro lado, em 2014 o governo gastou tanto dinheiro em pareceres jurídicos, pagos a escritórios de advogados e consultoras, como o estado pagou entre 2004 e 2010... somados. Este ano ainda não há dados mas, basta ver que ainda há poucos dias o ministro da solidariedade apresentou um parecer técnico feito por uma empresa privada... que recebeu dinheiro por isso.

Neste momento há uma coisa que é certa que vai acontecer (e a PAF MENTIU sobre isso durante a campanha eleitoral): vamos ver a despesa aumentar. Estamos com os juros mais baixos da história mundial e o BCE está a colocar 4000 milhões na nossa economia, todos os meses. Só na parte dos juros, a dívida pública (e privada) estão ao nível de 2011. Só temos menos despesa, por termos os juros, médios, a 2,4%. Mesmo assim, não temos tido resultados no pagamento da dívida... e o governo recebeu alguns milhares de milhões de euros por vender empresas públicas. Ora em 2010 a EDP deu 230 milhões de dividendos ao estado. Os CTT deram 111 milhões. Até a TAP deu 75000 euros. Este dinheiro nunca mais irá entrar nas contas públicas. Mesmo com o aumento de impostos, esses valores deixaram a nossa economia... para sempre.

A sobretaxa serviu para pagar as operações de venda... era mais do que óbvio que nunca seria devolvida.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.11.2015 às 18:14

Entao deixe vir o costa e a esse aumento que o senhor refere do passado, aumente mais o que ai vem para satisfazer toda a gente.
Sem imagem de perfil

De Manuel Costa a 19.11.2015 às 18:28

Nestes dados se vê a " honestidade e amor à Pátria " desses palhaços que agora até já querem mudar a constituição!!!! E tudo com a anuência do Sr. Aníbal de Boliqueime. Sem dúvida O PIOR PRESIDENTE QUE ESTA PÁTRIA JÁ TEVE EM TODA A SUA HISTÓRIA ! Acho que nem o Américo Tomás conseguiu ser tão ruim!!!!!!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.11.2015 às 18:31

Mau mau, ja vi de onde vem a despesa.
Sem imagem de perfil

De Manuel a 19.11.2015 às 12:30

Toda a gente sabia que a taxa nunca seria devolvida...
Mentiram foi durante 4 meses, chegando ao ponto do número 2 das listas de Lisboa da PàF ter dito que tinha informações que a devolução poderia passar para cima dos 50% em Setembro, "graças aos excelentes resultados da colecta de impostos". Passaram as eleições e, sem explicação, o valor despenhou-se. Dos 37% "com tendência a crescer bastante", despenhou-se para 7%. Agora, está quase nos 10% negativos. Em 2 meses, como mudaram os resultados...

Seria era interessante a ministra explicar que a razão para a descida até é simples: o governo esteve a reter os reembolsos de IVA às entidades bancárias e ás exportadoras, desde o mês de Março. No terceiro trimestre não foram feitos reembolsos... até ao dia 30 de Setembro, quando foram pagos 8 meses de reembolsos e 3 trimestres que estavam em atraso. Alguns dos pagamentos ainda estarão a ser feitos, por estarem em atraso. É por causa disso que os valores se despenharam. Só que o governo aceitar isso é estar a dizer que andaram a branquear a sua operação, para mostrar bons resultados aos eleitores. E que provocaram perdas financeiras ao estado Português (pois estes atrasos rendem juros às empresas, mensalmente).
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.11.2015 às 18:22

Nunca foi dito que se iria devolver a taxa sobre o IRS. Sempre foi afirmado que só seria devolvido o excesso das receitas no IVA e IRC . Estas contas só se podem resolver no fim do ano, mensalmente, sobem ou descem conforme os meses.
Sem imagem de perfil

De Teodoro a 19.11.2015 às 12:38

Desculpem, mas tenho de voltar a afirmar: Só pessoas acéfalas ou a usufruir de um tacho é que ainda podem, passados estes anos, e tanta mentira, votar e acreditar nessa coisa, uma tal "PaF"
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.11.2015 às 13:54

Tens razao, as nao acefalas estao todas a esquerda, por isso nao tem tachos vivem penduradas no estado.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.11.2015 às 13:50

Pois então não se via logo que era mais uma mentira da defunta paf? Desde o principio, ainda não era governo, já mentia e a mentir continuou até ao fim.
Até a formulação, sem falar na taxa, estava errada e era manipuladora. Devolução nunca seria, devolução seria se me devolvessem o que paguei. Para ser verdadeira deveria começar por "redução" e nunca devolução. Mas foi com estas e outras que enganaram durante 4 anos os Portugueses. E continuam.
Sem imagem de perfil

De Fersilva a 19.11.2015 às 13:56

O comentário anterior apareceu como anónimo, não sei porquê, mas como detesto comentários anónimos, vejo dizer que foi meu.
Sem imagem de perfil

De Teodoro a 19.11.2015 às 14:33

Fersilva, fez bem! é que anda aqui muita merda anónima.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.11.2015 às 14:46

E pa ainda bem que te deste a macada de corrigir, eu vou ja verificar se esse e o teu nome verdadeiro
Sem imagem de perfil

De Teodoro a 19.11.2015 às 15:40

Caro anónimo, aconselhava (caso o Costa vá para o governo e regressem as Novas Oportunidades) a inscrever-se.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.11.2015 às 17:49

isso e so para os acefalos de esquerda, os outros ja se safaram na vida
Sem imagem de perfil

De carlos a 19.11.2015 às 14:18

Boa tarde ;
A eventual devolução da sobretaxa de IRS foi inscrita no último orçamento do estado , não era uma promessa para eleições.Tendo esse assunto vindo a público num jornal pouco tempo antes das eleições e extrapolando o valor do imposto cobrado até ao final do ano permitiria equacionar a devolução de um certo valor da sobretaxa , mas a extrapolação não se veio a confirmar.
Se não acredita na variação da cobrança de impostos , consulte as tabelas da UTAU , INE , BdP e de vários jornais que escreveram esta semana sobre o assunto.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.11.2015 às 14:55

Um governo sério?..difícil.... Pelo menos um governo diferente...
Sem imagem de perfil

De Mulher ainda por cima estúpida a 19.11.2015 às 15:09

Talvez um governo que tivesse saido das urnas ..digo eu...
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 19.11.2015 às 18:45

Sim, porque das urnas saiu algum governo, que eu saiba das urnas saem deputados....

Ou temos uma constituição que diz que os deputados são obrigados a aprovar qualquer governo gostem ou não do programa?

Jorge Soares

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.11.2015 às 18:54

esta enganado nos nas urnas damos vitoria a um partido e ao lider desse partido para formar governo em maioria coligando-se ou em minoria nao damos essa liberdade de formar governos aos deputados, isso e o que voces querem fazer.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 19.11.2015 às 23:54

Pelos vistos fomos ambos votar e votamos para coisas diferentes, prefere ter um governo minoritário que não consiga aprovar nenhum orçamento nem lei?... não me parece muito inteligente, mas é uma opinião válida, como outra qualquer.

Deixe lá, amanhã mesmo vai perceber do que estou a falar quando a maioria fizer aprovar as primeiras iniciativas em contra do que tinha sido aprovado pelo governo....

Jorge Soares
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.11.2015 às 00:02

Voce ate pode governar e ter o tal governo, nao eleito nao sufragado, mas isso porque o governo que ganhou as eleicoes foi "expropriado" delas. A partir daqui e para futuro nao sao os eleitores que escolhem quem querem a governar, sao os deputados, a soberania do povo e indirecta. A legitimidade do governo nao vem de eleicoes, nao e politica, e formal da assembleia republicarepublica.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.11.2015 às 00:04

Pelos vistos votamos em coisas diferentes, voce perdeu e vai governar hein. O povo elegeu uma coligacao, um lider dessa coligacao para governar, mas os nao escolhidos vao governar. Bonito
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.11.2015 às 00:06

Iniciativas? Sera a aprovacao das barrigas de aluguer? Olhe que isso e importantissimo para a nossa economia.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 20.11.2015 às 09:25

Iniciativas são as barrigas de aluguer, a adopção por homossexuais, a co-adopção, a reposição das normas sobre o aborto, tem a importância que lhe quisermos dar, de certeza que há pessoas para quem são coisas bem importantes, as crianças que vão ser adoptadas por exemplo.

Mas o que importa aqui é que perceba para que serve uma maioria parlamentária e o absurdo que é ter um governo que não consegue fazer passar nenhuma lei.

Jorge Soares
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.11.2015 às 10:21

Ah sim ve-se que o senhor percebe da poda para que serve uma maioria parlamentar,neste caso para lamentar

Ah sim e entao quem elege o primeiro ministro que forma governo? o povo em eleiçoes directas elegendo um partido um lider para governar, nao ha eleiçao de primeiro ministro pela assembleia por isso o primeiro ministro sai das eleiçoes, e essa a legitimidade politica do governo e nao um governo com legitimidade de iniciativa parlamentar, que teria entao a mesma legitimidade que um governo de iniciativa presidencial ou seja nao era uma legitimidade politica vinda do povo eleitor mas uma escolha asministrativa onde ninguem votou.

Isto desvirtua o sistema representativo de formaçao de governos e sobretudo daqui para o futuro nunca poderao ser minoritarios,que vai deixar de existir e vai favorecer a direita onde existe uma federaçao natural de alianças pre ou pos eleitorais, devido a comunhao de objectivos comuns, o ps vai ter muitas dificuldades no futuro em ganhar eleiçoes sozinho.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.11.2015 às 10:22

Eu sabia tudo causas economicas relevantes e de interesse para o povo portugues criam trabalho dao emprego e a nivel etico e moral sao um must ou nao fossem voces tirando isso autenticas nulidades

E entao as barrigas de aluguer eram o grande designio da esquerda, de facto foi isso que foi amplamente discutido na campanha elitoral assim como foi esse o tema de discussao e obstaculo nos acordos com o ps. e isso que o pais precisa para o seu desenvolvimento, eu pensava que os esquerdas estavam preocupados com o bem estar do povo, as pensoes cortadas os salarios os feriados eutc etc, vai-se a ver e nao e nada disso mas a agenda cultural e fracturante marxista, nao e camarada?

O que nos estavamos mesmo a precisar era de barrigas de aluguer pois as exigencias os estudos de mercado e as pressoes eram enormes e dinamizar as nossas exportaçoes nesse campo exportando cristianinhos eram uma necesssidade para equilibrar a balança de pagamentos divida e defice e bem estar da. populaçao.Tem que explicar como vai funcionar, o negocio, se vai ser publico ou privado, mas eu so posso prever que seja publico pois falando de camaradagem e tudo nacionalizado. e quanto a receitas vai se cobrar alguma coisinha irs iva irc, nao nao me parece, causas desta agenda nao podem ter taxas onerosas isto e para o progresso da humanidade, tal como o aborto nao podem pagar taxas,pois esta certo as taxã moderadoras pagam-se se alguem usa um serviço de saude porque e doente, uma abortista nao e uma doente, por isso se o destino lhe truoxer doenças paga, se usar os serviçoes por outros motivos que sejam progressitas nao paga nada.estes camaradas
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.11.2015 às 10:30

"Mas o que importa aqui é que perceba para que serve uma maioria parlamentária e o absurdo que é ter um governo que não consegue fazer passar nenhuma lei."

Tem toda a razao o que importa aqui e as pessoas perceberem que pessoas como o senhor apoiam quem chegou ao poder( se chegar )por manobras de bastidores, sabendo de um bloqueio que nao permitia desbloquear e fazer novas eleiçoes, no fundo os artolas como o senhor aprovam a sua agenda nao por merito mas porque a constituiçao bloqueou politicamente a situaçao e permitiu aos artolas imporem a sua agenda que nao tem interesse nenhum para o povo portugues a nao ser para os artolas
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 20.11.2015 às 15:05

Pelos vistos há por ai uns artolas que não tinham percebido até agora o que significa maioria parlamentária... agora está-lhes a custar perceber e aceitar, temos pena... mas é bom que se vão acostumando, porque ide certeza que isto vai acontecer cada vez mais no futuro....

Jorge Soares
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.11.2015 às 15:25

Nao diga, porque entao so descobriu a polvora agora. Importa-se de explicar como foram aprovadas leis desde o 25 de abril por governos minoritarios? Anda a dormir ou que, isso so prova que nao vale tudo e todas as jogadas nas costas dos eleitores para ir para o poleiro. Pois para aprovar leis basta estar de acordo. Os artolas como voce alem de nao distinguirem taxas moderadoras a aplicar. Ainda querem o poder sem o ganhar. So mesmo de artolas.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 20.11.2015 às 15:29

É o que eu digo, cada artola com a sua ideia, é por isso que é bonita a democracia...

Deixe estar que havemos de ter a situação ao contrário em futuras eleições e na altura eu quero ver se o PSD vai dar o apoio a qualquer minoria.

Jorge Soares
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.11.2015 às 15:39

Absoluta certeza que o vosso futuro e do ps vai ficar reduzido a fanicos e vao por a direita no poder por longos anos. Isto abriu os olhos a muita gente e se o assis nao recuperar o centro do ps este passa para o psd. Ao contrario do que diz de isto no futuro acontecer cada vez mais . nao vai ser assim as pessoas vao dar maiorias a quem querem ver governar. Nao artolas como vos. Ha quem se vacine.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 20.11.2015 às 15:45

Acho que me está a confundir com alguém, eu não tenho nada a ver com o PS... quanto futuro... veremos.

Jorge Soares
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.11.2015 às 16:15

acha? confundir com alguem do ps, isso era uma melhoria camarada
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 20.11.2015 às 16:53

Continua sem perceber, nem PS, nem camarada, nem ligação a partido nenhum de direita ou esquerda... eu gosto muito de pensar pela minha cabeça.

Jorge Soares
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.11.2015 às 16:56

Pode pensar homem, a vontade, as suas ideias e que se enquadram em uma certa ideologia, tenho pena mas e assim. percebe camarada
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 20.11.2015 às 18:33

Não tenha, que eu também não tenho, era bem pior se se enquadrassem com mentirosos ou irrevogaveis.

Jorge Soares
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.11.2015 às 19:28

Bom com esses da sempre para corrigir e ganhar eleicoes veja la. Consigo com a sua ideologia acho que a vacina vai ser para toda a vida, irrepetidamente nunca mais alguns levarao o voto. Percebe camarada.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.11.2015 às 15:40

Ja deu quantos pecs aprovou o socrates. Voce anda a dormir.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.11.2015 às 18:50

Ou uma coligaçao de esquerda sufragada, acrescento eu.

Comentar post








Estou a ler

Regressar a Casa

Rose Tremain

 

O Rapaz de Olhos Azuis

Joanne Harris

 

O jogo de Ripper

Isabel Allende

 






Visitas


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D