Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Custe o que custar... são quantas vidas?

por Jorge Soares, em 20.01.15

saúde.jpg

 

Imagem do Facebook 

 

"Vamos cumprir o programa custe o que custar .... não fazemos a concretização daquele programa obrigados, como quem carrega uma cruz às costas. Nós cumprimos aquele programa porque acreditamos que, no essencial,  o que ele prescreve é necessário fazer em Portugal para vencermos a crise em que estamos mergulhados"


Foi a 31 de Janeiro de 2012 que Passos Coelho proferiu a afirmação acima, referia-se ao programa que a troika delineou para Portugal, que foi assinado por PS, PSD e CDS e que no caso da saúde nos levou à situação que vivemos durante os últimos dias.

 

Desde o início do ano já são sete as mortes de pessoas que esperavam ser atendidas nas urgências. Há hospitais em que o tempo de espera chega a ser de quase 24 horas, as ambulâncias ficam retidas nos hospitais porque não há macas para deitar os doentes enquanto esperam e em quase todos os hospitais há doentes que passam dias em macas espalhadas pelos corredores das urgências porque não há camas suficientes para internamentos.... e ainda não chegamos ao pico da epidemia de gripe.

 

Há quem diga que já passamos o pior, que entramos em crescimento económico, não sei onde vão buscar os dados, mas para mim, pelo menos ao nível da saúde, nunca estivemos tão mal... e o orçamento de 2015 ainda reduziu mais os gastos do ministério da saúde...  o que é no mínimo assustador.

 

Não sei se Passos Coelho tinha a noção do alcance do que estava a dizer já lá vão três longos e penosos anos, mas gostava de lhe perguntar, o que lhe parece agora aquele custe o que custar.

 

Senhor Primeiro Ministro, senhor ministro da saúde, custe o que custar,  são quantas vidas?

 

Jorge Soares

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:17

Posts relacionados

Related Posts with Thumbnails


8 comentários

Imagem de perfil

De poetazarolho a 21.01.2015 às 07:04

A carteira ou a vida, vale menos a nossa vida que o saldo da dívida, porque hoje quem nos rege é o deus dinheiro.
Imagem de perfil

De golimix a 21.01.2015 às 10:47

E o Deus do "Salve-se quem puder!"
Imagem de perfil

De Olívia a 21.01.2015 às 09:08

Penso que se pode juntar nesse bolo de "nunca esteve tão mal" a educação... e muitos outros ministérios!
Quanto à melhoria, aqui no interior não se nota mesmo nada...
Penso que "o custe o que custar" está a ter um custo demasiado pesado para muitas famílias portuguesas!
Sem imagem de perfil

De Cris a 21.01.2015 às 09:16

E dizem eles que estão preparados para o ébola!
Imagem de perfil

De golimix a 21.01.2015 às 10:49

É páh! As melhorias devem ter passado a correr porque não as vi! E duvido que vá ver tão cedo... Já o que está a custar vejo demais!
Sem imagem de perfil

De Maria a 21.01.2015 às 14:32

Olá Sr "Piroso"! A situação está muito complicada- ainda ontem não tive a coragem de levar a minha mãe velhota ao hospital de Almada e fui ao particular. Eu ainda me posso dar-me a este LUXO, porque tive medo das horas de espera, da confusão, das cunhas e de tudo o resto para resolver uma coisa simples...
Parece que os hospitais particulares estão cheios á conta deste alarmismo todo e que anda alguém a ganhar e muito com tudo isto.
Infelizmente a coisa ainda só agora está a começar.....
Imagem de perfil

De Kok a 22.01.2015 às 09:33

E no entanto vão-se ouvindo da boca de diversos comentadores e/ou jornalistas que Paulo Macedo é o melhor dos ministros deste governo.
A avaliar a "coisa" por este prisma melhor se percebe da qualidade dos outros!
1 abraço pah!

Comentar post








Estou a ler

Regressar a Casa

Rose Tremain

 

O Rapaz de Olhos Azuis

Joanne Harris

 

O jogo de Ripper

Isabel Allende

 






Visitas


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D