Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Então e o superior interesse das crianças?

por Jorge Soares, em 10.12.14

criança.png

 

Imagem do Sol

 

Acho que já o disse antes em algum post, não gosto da expressão "Superior interesse da criança", não gosto porque na maior parte dos casos ela é usada na conveniência dos adultos e não na verdadeira defesa das crianças... mas hoje lembrei-me dela, talvez porque neste caso ninguém a utilizou.

 

O caso é simples de explicar, há dois ou três dias a GNR mandou parar um carro (não sei em que circunstâncias) e verificou que lá dentro iam uma mãe e 4 filhos, dois deles ainda bebes e os outros dois de 5 e oito anos. Após os devidos testes verificou-se que a senhora ia a conduzir com uma taxa de álcool de 2.27, a seguir parou outro carro onde ia o pai das crianças, após os testes verificou-se que o senhor ia a conduzir  com uma taxa de álcool de 1.4. Como o limite é 0.8, e estavam ambos embriagados, as crianças forma encaminhadas para um centro de acolhimento.

 

Li algures que a família já estaria sinalizada pela comissão de protecção de menores tendo sido aberto um processo de promoção e protecção que foi entregue em Novembro, no Tribunal de Família e Menores da Comarca de Aveiro. Entretanto, após mais este episódio, foi-lhes sugerido que deixassem as crianças institucionalizadas até que eles resolvessem os seus problemas e organizassem a sua vida, coisa que não aceitaram e portanto, após a cura da bebedeira, estas foram-lhes entregues.

 

Vamos supor que não tinha aparecido a GNR e a senhora se tinha estampado contra uma parede com as crianças dentro do carro.... de quem seria a responsabilidade?... E se amanhã a senhora voltar a beber e voltar a conduzir ébria com as crianças dentro do carro e se estampar?... não vamos todos bater em quem lhe devolveu as crianças?

 

Eu sei que são muitos ses, mas será que neste caso o superior interesse daquelas 4 crianças não seria mesmo estarem institucionalizadas?

 

Mas sabem o que mais me irrita, é ler alguns comentários às noticias e ver como há tanta gente que acha que as crianças estão bem mesmo é com os pais... mesmo que estes bebam uns copos de vez em quando... até porque há quem beba muito mais e se aguente em pé.

 

Voltando à frase do titulo do post, qual acham que será mesmo o superior interesse destas 4 crianças? será ficar com pais que ébrios conduzem carros com eles lá dentro ou estar  institucionalizados para sua protecção?

 

Jorge Soares

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:27

Posts relacionados

Related Posts with Thumbnails


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Cris a 11.12.2014 às 07:05

Serem institucionalizadas! Os pais ao beberem põem as crianças em constante perigo! Não percebo porque é que foram novamente entregues aos pais. E, repondendo ao comentários parvos que viste, há muitos casos em que as crianças onde ficam pior é com os pais!
Imagem de perfil

De mãe de coração a 11.12.2014 às 11:55

Acho que por muito que viva nunca vou entender a mente humana. Sim, o ideal é que toda a criança cresça com a sua família, que seja criada por seus pais, mas... se não são pais de verdade, se não cuidam dos interesses dos seus filhos, então porque devem estar com eles?!? São repetidas as histórias de crianças sinalizadas pela SS que são mantidas com a família biológica ainda que não cuidem devidamente delas, são também inúmeras as histórias de crianças institucionalizadas que passam anos nessa situação à espera que um dia esses ditos pais se dignem criar condições para as educar, e no meio de tudo isto ainda não descobri onde está o real interesse dos adultos em educar/acompanhar devidamente estas crianças!!! Será de mim ou algo tem de mudar drasticamente para que se possa falar no "superior interesse das crianças"!?! Uma coisa é certa estas pobres crianças é que estão a pagar o preço das escolhas erradas dos adultos.
Imagem de perfil

De DyDa/Flordeliz a 11.12.2014 às 12:26

Sei que este assunto é sério para ti (e para mim), mas o melhor é responder com algum humor negro.
Se eu mandasse institucionalizava os pais destas crianças.
Assim: não só as crianças ficavam protegidas deles, como eles, ficavam protegidos do alcool que lhes ataca violentamente os neurónios e provoca taxas tão elevadas.
Isto só pode ser perseguição alcoolica, não achas?

Felicidades Jorge

Imagem de perfil

De golimix a 12.12.2014 às 14:43

Tiveste uma excelente ideia!

Comentar post








Estou a ler

Regressar a Casa

Rose Tremain

 

O Rapaz de Olhos Azuis

Joanne Harris

 

O jogo de Ripper

Isabel Allende

 






Visitas


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D