Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





facebook.jpg

 

Confesso que há uns tempos que ando alérgico aos apelos que me passam no Facebook, porque acho que um pouco à imagem do que aconteceu com os famosos banhos de água gelada, há muita gente que tem imensa pena, há milhares de partilhas mas em 99% dos casos a boa intenção fica ali, as pessoas partilham e esquecem o assunto.. . todos partilham mas muito poucos ou nenhuns fazem o que quer que seja para resolver o problema.

 

A semana passada foi noticia a venda em leilão pelas autoridades fiscais da casa onde vive uma mãe viúva, três filhos e duas netas, tudo devido a uma divida de que com juros e custas chegou a 1900 Euros, do imposto de circulação de um carro que a senhora já nem se lembrava que tinha tido.

 

A noticia foi passando várias vezes, sempre acompanhada de muitos comentários de gente indignada, a certa altura fiquei a pensar que 1900 Euros nem é assim tanto dinheiro, a julgar pelo número de partilhas, se cada pessoa que partilhou desse 10 Euros, pagava-se a dívida e ainda sobrava muitíssimo dinheiro para melhorar a vida daquela família.

 

Entretanto passou o dia do leilão e só hoje voltei a ouvir falar do assunto, outra vez via Facebook chegou-me o a seguinte noticia :

 

Através de um apelo lançado no Facebook, um grupo de técnicos oficiais de contas conseguiu angariar, em apenas 24 horas, dinheiro suficiente para pagar às Finanças a dívida de uma viúva de 52 anos, impedindo que esta perdesse a casa em que reside com dois filhos e dois netos, conta o Jornal de Notícias.

 

Felizmente há quem faça mais que partilhar, há quem use o Facebook para ajudar e neste caso, resolver mesmo o problema desta família.

 

O meu bem haja para quem fez mais que partilhar e para quem participou com o seu contributo na resolução deste problema... e já agora que nos sirva de lição a todos, partilhar algo no facebook serve muitas vezes para limpar as nossas consciências.. mas normalmente não resolve nada, resolve é quem, como fizeram estas pessoas, se chega à frente e toma medidas.

 

Jorge Soares

PS:Juro que não volto a fazer piadas sobre contabilistas

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:35

Posts relacionados

Related Posts with Thumbnails


8 comentários

Imagem de perfil

De golimix a 03.11.2014 às 08:35

Só me resta dizer
Imagem de perfil

De Maria Alfacinha a 03.11.2014 às 10:07

Há muita gente a reclamar e principalmente a insultar, mas há muita gente que realmente ajuda. Conheço, infelizmente, alguns casos parecidos e, como não foram noticia de jornal, nunca terão oportunidade de beneficiar de uma onda de solidariedade como esta.
A questão aqui é, quanto a mim, completamente diferente: a cegueira com que a Autoridade Tributária (entre outros) trata toda uma população. A solidariedade é bonita, necessária, quase um "dever" de todos nós, mas esta era uma daquelas situações que seria perfeitamente evitável se não fossemos apenas estatísticas.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 03.11.2014 às 23:53

O estado é sempre cego, para o fisco há uma divida para cobrar e eles cobram, não devia ser assim? se calhar não, até porque neste caso o estado ia cobrar a divida e a seguir iria possivelmente gastar muito mais via segurança social, porque que irai fazer esta família?

É difícil entender, é até difícil de avaliar...

Jorge
Imagem de perfil

De miilay a 03.11.2014 às 16:14

Amigo, realmente acompanhei todo este processo pelo facebook e pelo jornal ,e ontem já li a notícia que estava pago. Achei brilhante e ainda mais por ser pessoal das finanças. Esta acção serve para estarmos mais atentos e solidários em acções e não só em palavras.
Um abraço
miilay
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 03.11.2014 às 23:53

Sem dúvida.

Jorge
Sem imagem de perfil

De Cris a 03.11.2014 às 18:32

Eu não compreendo essa forma de actuar da Autoridade Tributária. Quer dizer, a senhora ia ficar sem sítio onde morar para cobrarem a taxa mais os juros de mora, e depois a senhora passava a ser um problema da Segurança Social. Em que é que lucra o estado com este tipo de situação???? Felizmente, a solidariedade funcionou neste caso, mas quantos mais estarão neste tipo de embrulhada?
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 03.11.2014 às 23:55

Haverá de certeza muitos casos mais como este.. se calhar o estado deveria pensar se estará a agir da melhor forma, eu entendo que se devem cobrar os impostos e as taxas, mas não pode ser de forma cega como aparentemente estaria a acontecer aqui.

Jorge

Comentar post








Estou a ler

Regressar a Casa

Rose Tremain

 

O Rapaz de Olhos Azuis

Joanne Harris

 

O jogo de Ripper

Isabel Allende

 






Visitas


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D