Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





José Cid, Nuno Markl e a ditadura do Facebook

por Jorge Soares, em 31.05.16

josecid.jpeg

 

Imagem do HenriCartoon

 

“Essas pessoas do Portugal profundo já deveriam ter evoluído. Tenho discussões com pessoas que nunca viram o mar e nunca foram ao Pavilhão Atlântico… Pessoas assim, medonhas, feias, desdentadas…”

José Cid numa entrevista com Nuno Markl algures em 2010

Retirado de aqui

 

Algures em 2010 José Cid deu uma entrevista ao Nuno Markl, para além da frase (parva) copiada  acima, e muito ao seu estilo, Cid teceu alguns outro comentários ao mesmo nível sobre Trás os montes, os transmontanos e a música que se faz e ouve para lá do Marão. Markl  e quem estava no estúdio riu-se, presume-se que da estupidez das frases.

 

Não me lembro de na altura alguém ter dado pela entrevista e pela pouca sensatez do que foi dito por José Cid, passados seis anos o canal Q, não sei se com ou sem conhecimento do Nuno Markl, decide repor no ar a dita entrevista e em pouco tempo ficou o caldo entornado.

 

Como quem não se sente não é filho de boa gente, os transmontanos em peso tocaram a rebate e reagiram, foram cancelados concertos de José Cid em Alfândega da Fé, tanto Markl como o cantor se desdobraram em explicações e pedidos de desculpa, a conta do Facebook de José Cid teve que ser encerrada dada a avalanche de comentários, insultos e até ameaças de morte, e Nuno Markl cansado de lutar contra a maré enchente de comentários pouco abonatórios e ameaças, esteve a ponto de fazer o mesmo com a sua.

 

Como é que uma entrevista que em 2010 passou incólume levanta tanta poeira 6 anos depois? A razão chama-se Facebook. Em 2010 praticamente ninguém utilizava o Facebook, quem na altura viu a entrevista terá ficado mais ou menos indignado mas a coisa não passou de aí. 

 

Em 2016 existe a ditadura do Facebook, basta um transmontano ver a entrevista e fazer eco da mesma, para que nos minutos a seguir centenas tenham ouvido falar do assunto e em dois ou três dias a coisa virar assunto nacional e ser falada por todos os meios de comunicação.

 

Além disso, o facto de não se estar cara a cara faz com que até o mais tímido vire de um momento para o outro o mais valente dos indignados e a diferença entre a indignação e o insulto fácil e ameaçador é nestas alturas muito ténue.

 

José Cid e Nuno Markl são figuras públicas, deviam saber que na época em que vivemos tudo o que dizem ou fazem tem consequências, ser-se figura pública e viver-se de e com esse estatuto tem evidentemente vantagens e desvantagens. 

 

A entrevista foi feita há seis anos, numa altura em que não se vivia debaixo do big brother do Facebook e em que o eco e as consequências das palavras não tinham a dimensão que tem agora. Se  tivesse sido gravada em 2016 aquelas afirmações teriam sido feitas da mesma maneira? Não há como saber... mas aposto que a partir de agora o canal Q vai ter mais cuidado com o que repõe.

 

Vivemos na época da comunicação, a informação e o conhecimento estão ao alcance dos dedos de todos nós, mas por outro lado tudo o que fazemos, escrevemos ou dizemos, torna-se publico em segundos e não há como apagar ou esquecer. O Facebook e as redes sociais são a pior das ditaduras e ao contrário das  de antigamente, aqui não há clandestinidade ou asilo que nos valha... há sim que aprender a viver com isso.

 

Jorge Soares

PS: E sim, eu também acho que o José Cid estava a ser idiota quando decidiu falar assim de Trás os Montes e dos transmontanos... 

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:04

Posts relacionados

Related Posts with Thumbnails


15 comentários

Sem imagem de perfil

De bintoito a 01.06.2016 às 08:58

Com o perigo de bombas de efeito retardado mandem-me calar e ao facebook . As vozes oficiais também se mostram muito incomodadas com a liberdade de expressão que gostavam de manter em exclusivo nas coutadas que amamentam.
Sem imagem de perfil

De Marão a 01.06.2016 às 10:22

Foi preciso abri o túnel do marão para o vídeo gerar polémica.

Viva o humor em Portugal, viva a liberdade de expressão...


Enfim...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.06.2016 às 16:21

Quem diz o que quer - o Cid no caso , ouve o que não quer. Veja o número de utilizadores do Facebook há 6 anos, e os actualmente. Veja o número de pessoas que possuíam computador/ligação internet há 6 anos, e os no presente. E não é preciso um túnel para que o tal de Mogofores saiba utilizar um mero espelho, seria útil! Generalizar, se fosse à imagem física dele, estávamos muito mal.
Imagem de perfil

De Contentamento/Indignação a 01.06.2016 às 10:38

Estou de total acordo com o texto acima. Seja á seis ou até á dez anos, só agora houve conhecimento do facto, e este Nobre Povo veio mostrar a sua indignação. Povo esse, que deu e continua a dar, pessoas ilustres: Nas Artes, nas Letras e na história Portuguesa. Por isso e não só, não deve ser indiscriminado e muito menos insultado.
Venham visitar as nossas paisagens, as nossas Cidades, as nossas Vilas e as nossas aldeias, e sobretudo as nossas gentes. E ficarão com uma imagem diferente daquela que um sujeito chamado Cid nos rotulou.

Visitem Trás- os Montes que não se arrependerão.

Cumprimentos.
Sem imagem de perfil

De Sofia a 01.06.2016 às 10:56

Há 6 anos
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 01.06.2016 às 11:11

Obrigado Sofia.



Jorge Soares
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.06.2016 às 11:10

O facebook é o pelourinho dos tempos modernos.
Como dizia Pedro Tadeu no DN, "nas redes sociais o crime não prescreve".

Em 2010 (e actualmente ainda), estava na moda fazer declarações politicamente incorrectas, com grande impacto sensacionalista, como forma de afirmação de independência. Vasco Pulido Valente é um exemplo desse tipo de opinadores.

Dito isto, convem lembrar que José Cid é um repimpado cabotino.

Julga-se um grande criador artístico mas está ao nível de Marco Paulo.
Sem imagem de perfil

De Manuel a 01.06.2016 às 12:12

O que acho giro é ver pessoas muito indignadas com o Cid por causa desta brincadeira mas, adoram músicas onde é dito que usar mulheres deve ser obrigatório e matar pessoas é a forma de se tornar adulto.
Talvez o problema aqui seja que não sabem inglês, daí adorarem as músicas e apoiarem quem as canta mas, o Cid mandar uma bujarda destas... num programa transmitido a 3 de Fevereiro de 2010.

Na verdade o problema é o politicamente correcto e a sua brigada, que invadiu as redes sociais. Também é interessante que em casos muito mais graves, as coisas morrem tão depressa como começam. (Casos dos ataques a animais, o tipo que partiu a estátua do Rossio...)
O que dá para ver que o interesse das pessoas não passa do sistema de carneirinhos que seguem o que o pastor ordena.
Não vi as mesmas pessoas indignadas com o rapaz que se pendurou na estátua do D. Sebastião para tirar uma foto para postar nas redes sociais... Não vi as mesmas pessoas indignadas quando uns rapazes bêbados atacaram uma loja... Se queremos coerência, que sirva para tudo.
Aquilo era um programa humorístico. Aproveitassem isso para se promoverem. Se queriam indignação, que a usassem para a publicidade.
E o sr presidente de Alfandega da Fé, cometeu um erro que vai ser pago a longo prazo. Em vez de deixar estar as coisas como estavam e poder dizer que o Cid foi lá e confirmou que estava enganado, fechou-lhe as portas. Talvez o problema seja porque o mesmo senhor anda por aí nas manifestações por causa dos colégios de associação... não teve tempo para analisar o problema.
Sem imagem de perfil

De carlos a 01.06.2016 às 12:26

Subscrevo!
Sem imagem de perfil

De Corvo a 01.06.2016 às 14:58

Este senhor se é que senhor lhe posso chamar ,nem ao menos sabe que o, presidente de Alfandega da Fé é uma senhora ,e médica creio eu logo `priori..........
Agora o de Manuel não queira comparar o que é incomparável .
O que é que tem os transmontanos como eu que uns tipos como o de Manuel atacaram uma loja? Como se diz na gíria pela mor da santa ou o de Manuel também é vesgolho desdentado e caca ?


Sem imagem de perfil

De ZMBarros a 01.06.2016 às 14:08

O José Cid além de TóTó é piroso e possidónio.
Sem imagem de perfil

De luisa a 01.06.2016 às 14:53

Concordo inteiramente como o post. Acho muito bem que este senhor tenha sido exposto pois não é a primeira vez que ele é arrogante e egocêntrico... numa festa da localidade de Seia foi extremamente mal educado para a apresentadora das festas que era somente uma aluna da escola profissional e limitou-se a ler o texto que lhe passaram para a mão onde fazia referencia à musica " como o macaco gosta de bananas" a pobre rapariga foi destratrada à frente de toda a gente assim como enxovalhou a banda da escola que o acompanhava, muitas das pessoas levantaram-se e abandonaram o recinto, uns das mais tarde veio ao facebook pedir desculpas.
José Cid é um individuo mal formado, ignorante, narcisista e egocêntrico
Sem imagem de perfil

De ANTÓNIO a 01.06.2016 às 15:56

Como é possível um individuo como o Cid,que de belo,fisicamente falando,nada tem,é gordo,seboso,careca e anda sempre com óculos para tapar parte do rosto,tem a lata de chamar ás boas gentes transmontanas,medonhas,feias e desdentadas......... oh Cid:enxerga-te..... não tens espelhos???????
Não sou transmontano, mas quero mandar um grande abraço a todos os transmontanos em geral e aos meus amigos transmontanos em particular......
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.06.2016 às 18:32

Mas que confusao acerca de um tema tao velhinho. E ninguem se interroga se o jose cid pode dizer o que pensa dos transmontanos se realmente tinha essa opiniao se lhe cair em cima a manada do politicamente correcto.essa e que e essa.

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor






Estou a ler

Regressar a Casa

Rose Tremain

 

O Rapaz de Olhos Azuis

Joanne Harris

 

O jogo de Ripper

Isabel Allende

 






Visitas


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D