Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Não queremos esquecer Hiroxima

por Jorge Soares, em 06.08.15

hiroshima.jpg

 

Imagem do Expresso

 

Hoje passaram 70 anos sobre o dia em que o Enola Gay, um avião bombardeiro americano, lançou a bomba atómica sobre Hiroxima. Foi a 6 de Agosto de 1945, calcula-se que naquele dia tenham morrido em Hiroxima perto de 60.000 pessoas e que durante os dois meses seguintes a cifra tenha chegado a mais de 100.000, o mundo nunca voltaria a ser o mesmo.

 

À bomba sobre Hiroxima seguiu-se poucos dias depois uma segunda sobre Nagazaki, estas bombas para além de forçarem a rendição do Japão e o fim da segunda guerra mundial, ditaram o inicio de uma nova e diferente ordem mundial. Russos e Americanos que   se uniram para derrotar alemães e japoneses tornaram-se inimigos viscerais, de uma certa forma dividiram o mundo entre si e entraram numa desenfreada corrida pelo domínio das armas atómicas que por mais que uma vez esteve a ponto de por fim ao mundo tal como o conhecemos.

 

Apesar da queda do muro Berlim que dividia o mundo entre Americanos e Soviéticos e dos vários tratados que levaram à diminuição dos arsenais atómicos, hoje em dia continuam a existir milhares de bombas atómicas de vários tipos, cada uma de elas com um poder de destruição várias vezes maior que as de Hiroxima e Nagazaki. Um arsenal mais que suficiente para destruir por completo a humanidade.

 

Com a queda do muro de Berlim a nossa percepção sobre este assunto mudou e tudo isto parece distante, mas nem sempre foi assim, lembro-me de ser criança e ter a percepção do perigo que significava o equilíbrio precário que se vivia na guerra fria, passados todos estes anos ainda recordo o medo que tinha, e que não sei bem como começou, a que alguém simplesmente carregasse no botão errado e desatassem a chover bombas atómicas.

 

O ser humano tem a memória curta e tem a tendência a repetir os erros do passado, hoje ainda foi possível ver e ouvir algumas pessoas que testemunharam ao vivo o que aconteceu em Hiroxima, mas não tardará muito a que não reste ninguém para contar, com o tempo será só uma página na história... era bom que não voltasse a passar disso, era bom que a humanidade não esquecesse  Hiroxima.

 

Jorge Soares

 

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:25

Posts relacionados

Related Posts with Thumbnails


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Anonimo a 07.08.2015 às 12:32

A bomba de hiroxima, todos os anos e a mesma coisa, mas se virmos bem do ponto de vista moral e etico qual sera a diferença entre hiroxima e nagasaki,( as pesssoas falam sempre em hiroxima )e dresden hamburgo e outras cidades alemas que tiveram quase ou os mesmos mortos e foram arrassadas por uma chuva de bombardeiros aliados que provocou uma mesma tempestade de fogo. a diferença foi o metodo de matar e que fez diferença de opiniao nas pessoas o metodo e quem detinha esse metodo.

estaline dizia que uma morte e uma tragedia um milhao uma estatistica, e verdade qunado matar se torna rotina os valores eticos e morais desaparecem, mas em hiroxima nao se tornou rotina,acho que o mundo que temos o devemos a esse evento de hiroxima, na altura segundo peritos militares um desembarque no japao custaria um milhao de militares americanos, do lado japones e logico que seriam mais devido ao fanatismo kamikaze isto comparado com hiroxima e nagasaki eram "trocos" e levava ao fim imediato da guerra pela analise militar, mas nao so, na europa era preciso por estaline em respeito pois com a guerra acabada estava desreipeitando os acordos de yalta e tomamdo conta da europa e tinha um exercito veermelho que lhe dava poder a essa arroganca, ocupando os paises balticos, alemanha oriental polonia republica checa, albania reinvindicava a grecia o que levou. churchill a dizer a celebre frase " uma cortina de ferro cai sobre a europa e nao sabemos nada do que se passa do lado de la.

A bomba atomica colocou estaline em sentido e juntou-se aos americanos declarando guerra ao japao depois do lançamento das bombas como concorrente aos despojos, a partir dai tivemos a guerra fria cada um procurando por medo e chantagem conseguir atrair paises para a sua zona de influencia, devido ao poder atomico ninguem nunca mais se decidiu usa-la pois e aniquilante para todos, por isso surgiu um clube atomico que procura zelar pelo seu controle evitando que paises considerados irresponsaveis tenham acesso a esse poder, de vez em qunado um "louco" da coreia do norte quando precisa de alimentar o seu povo ameaça com esse poder e por condescendencia la lhe dao umas batatinhas para alimentar o povo e manter-se no poder, e assim tem continuado o mundo
Imagem de perfil

De Kok a 15.08.2015 às 12:03

70 anos é muito tempo e no entanto não o é (não deveria ser) para desconhecermos (ou ignorarmos) o que aconteceu.
A 2ª guerra mundial foi pior do que a 1ª tal como esta foi pior do que as outras antes acontecidas.
A 3ª será seguramente ainda pior em comparação à 2ª e depois não se imagina qual o futuro da humanidade, nem se haverá futuro.
As pessoas têm memória curta? Talvez, mas os que têm o poder de decisão sabem o que têm obrigação de saber e também sabem as consequências dos seus actos.
Bom seria que as suas ambições, loucuras e interesses pessoais lhes permitissem VER os caminhos para escolherem o que não conduzisse ao extermínio.
Akele abraço pah.

Comentar post








Estou a ler

Regressar a Casa

Rose Tremain

 

O Rapaz de Olhos Azuis

Joanne Harris

 

O jogo de Ripper

Isabel Allende

 






Visitas


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D