Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Anas

 

 

Imagem do Facebook

 

Num comentário ao Post de ontem (Ver Aqui) alguém me acusava de ser Anti Judeu, está enganado, não sou anti Judeu, nem pró palestiniano, sou sim contra a violência, sou sim contra as injustiças e sou contra quem não tem memória histórica e faz aos outros o que não gostou para si, e sou contra todos os responsáveis, de um e outro lado, pelas mais de 600 mortes que já aconteceram desde que começou a escalada de violência na Faixa de Gaza

 

 

Jorge Soares

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:46

Posts relacionados

Related Posts with Thumbnails


14 comentários

Imagem de perfil

De golimix a 24.07.2014 às 08:47

Parece-me a exterminação em massa. Uma coisa é certa, sobrarão poucos Palestinianos para reivindicar um bocadinho de terra para eles. Nada que os Judeus já tivessem feito há uns tempos. Mas deixa-me calar senão sou acusada de anti-judáica.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 25.07.2014 às 00:21

O que parece é que Israel aproveita qualquer oportunidade para tomar o controlo de mais e mais terreno do que ainda resta da Palestina... isto só vai terminar quando não existir faixa de Gaza nem nenhum lugar onde mandem os palestinos...

Jorge Soares

Imagem de perfil

De energia-a-mais a 24.07.2014 às 10:34

ainda que perceba os pontos de vista de cada um dos povos (acho mesmo que ambos têm razão, daí a dificuldade num consenso) qualquer um deles perde a razão ao usar da violência para impor a sua vontade! mesmo que culturalmente e ideologicamente, estes dois povos dificilmente se entendam, cabe à comunidade internacional garantir que ambos parem de usar a força e que olhem para as mortes de inocentes como o limite que não pode ser ultrapassado sob pena de deixarem de ser humanos e passarem a ser carrascos do seu próprio povo. É realmente revoltante ver que a Humanidade nada aprende com os erros, tanto sofrimento que não dará em nada de bom...

Teresa
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 25.07.2014 às 00:25

Sabes Teresa, eu acho que não há forma de ambos terem razão, porque eu não consigo analisar a situação com base no que acontece actualmente, eu olho para a forma como tudo começou há 60 anos atrás e penso no que se fez no que poderia ter sido feito de outra maneira ...

É claro que depois de 60 anos de guerra continua há culpados dos dois lados, mas não me parece que a forma como Israel tem tratado o assunto tentando simplesmente apagar do mapa um lugar chamado Palestina seja correcto.

Mas a minha opinião vale o que vale.

Jorge
Sem imagem de perfil

De Maria dos Santos a 24.07.2014 às 11:44

A violência näo é solucäo, pois atinge na maioria das vezes os inocentes - pensemos no abatimento recente do aviäo da Malásia; Mas os palestianos ao dar cobertura e protecäo aos radicais Hammas, sabiam o risco que corriam.Entreguem-nos como os israelitas pedem e depois ver-se-há se os bombardeamentos de ambos os lados acabam.Os judeus jamais esqueceräo que assinaram friamente 6 milhöes, inocente, desarmados, passivos, arrancados violentamente das suas casas; a actual situacäo näo é comparável com a de 1928-1945.Agora säo povos inimigos, igualmente armados e que vai à guerra dá e leva. Mas ouvir constantemente radicais a proclamarem - Israel tem que ser aniquilado e desaparecer do mapa é já macabro.Como reagiriamos nós portugueses se a Espanha nos atacasse e proclamasse - Portugal tem que ser aniquilado e desaparecer do mapa. Gosdtavam caros comentadores? julgo que näo!As recentes demonstracöes na Alemanha,onde vivo, foram condenadas por conterem palavras e insultos antisemíticos e bem; uma coisa é um país, outra é uma etnia ou religiäo e tais atitudes näo cabem em distemas democráticos, por antoconstitucionais.Na realidade já é tempo de políticos de todo o mundo tomarem uma posicäo medianeira para solucäo deste grave conflito e evitar vítimes inocentes.
Sem imagem de perfil

De João Silva a 24.07.2014 às 13:12

Maria como reagiria Portugal se os refugiados muçulmanos da 2º guerra tivessem vindo para Portugal e terem dito que aqui nasceu Maomé e por isso esta era a Terra DELES, e por isso Portugal passava a ser só o Minho e a "Terra Deles" fosse todo o território restante, você iria abanar com a cabeça e agradeceria ao Deus que você nem acredita. Pois caso nao saiba foi isto que aconteceu na Palestina, e por isso eles tem este conflito eterno com Israel, pois a Palestina quer devolta ( e bem) o seu território pois nem sempre houve este conflito com os Judeus, tanto é que se hoje ha Israel é porque os Palestinianos os receberam (os Judeus) durante seculos.
Quanto ao anti-judaismo, não sei quem ja matou mais, se Hitler se os EUA com as guerras pelo petroleo no medio Oriente, com as guerras no Vietname, com a guerra no Iraque, com a guerra no Afeganistao, com a guerra na Coreia com as destruiçoes na America Latina ( como é o caso doi Chile e a queda de Salvador Allende, ou a façao Sandinista, como foi morto Farabundo Martin e muitos outros Salvatruchas e outro Latinos)
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 25.07.2014 às 00:30

Pois, questões interessantes... não podemos esquecer os crimes de Hitler, mas esses crimes não servem para explicar tudo o que aconteceu desde então até agora.

Jorge Soares
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 25.07.2014 às 00:29

Maria, mas Israel não nada há 60 anos a dizer que a Palestina tem que ser arrasada e erradicada do mapa?, Não tem sido isso que tem acontecido ao longos dos últimos 60 anos?

Dê uma olhadela aos mapas que coloquei aqui: http://oqueeojantar.blogs.sapo.pt/um-nao-lugar-chamado-palestina-591794

Isto não é arrasar e erradicar todo um povo?

Quando fazemos coisas como esta é natural que fiquemos sujeitos ao ódio de muita gente, não?

Jorge
Sem imagem de perfil

De Miss_Moi a 24.07.2014 às 16:10

Não quero tomar partidos sobre este conflito, mas não posso deixar de sublinhar isto: "A operação israelita contra o Hamas entrou hoje no 17º dia. Decorridos 16 dias, registam-se as mortes de 655 palestinianos, 35 israelitas."

Desta notícia: http://sicnoticias.sapo.pt/mundo/2014-07-24-explosoes-em-gaza-e-israel-vistas-do-espaco;jsessionid=791364E780B5A576D01D3221829423A2
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 25.07.2014 às 00:31

A disparidade de forças e de meios é mais que evidente e vê-se bem nesses números.


Jorge Soares
Sem imagem de perfil

De António a 24.07.2014 às 20:33

Também não sou anti-judeu. Sou seguramente contra fanáticos e poderosos que tomam estas atitudes de invadirem um território e matarem indiscriminadamente. Recorrem a tecnologia recente.com capacidade bélica superlativa perante ameaças e acções, dos palestinianos, que mais não são que uma tíbia resposta, quiça grito desesperado de quem é amordaçado continuamente.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 25.07.2014 às 00:32

É dificíl ser indiferente e não tomar partido quando o que vemos é avassalador.

Jorge Soares

Sem imagem de perfil

De Leamar a 25.07.2014 às 15:21

Boa tarde Jorge...só tenho a dizer que há muitos que ao invés de mediar a sério (porque para os média tentam fazê-lo) andam a vender...a lucrar. Agora lucram na venda de armas, no abastecimento da luta! Depois (num futuro a médio e longo prazo) irão lucrar na reconstrução!! Money talks, bullshit walks!
Sem imagem de perfil

De Antonio a 25.07.2014 às 22:05

Olá Jorge!
Israel, tal como quem planta árvores, planta violência. E. é tão desmedida, tão indiscriminada e desigual que me surpreende a conivência internacional, nesta época. Nada justifica tudo isto. Nem o passado remoto de perseguição ao povo judeu, ou ainda o holocausto, nem a reacção árabe de há 60 anos para cá, e ainda menos a maneira como tudo isto acabará. Nunca poderá acabar bem para Israel . É uma questão de lógica.
António

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor






Estou a ler

Regressar a Casa

Rose Tremain

 

O Rapaz de Olhos Azuis

Joanne Harris

 

O jogo de Ripper

Isabel Allende

 






Visitas


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D