Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





O que são afectos?

por Jorge Soares, em 13.04.16

colegiomilitar.jpg

 

Imagem de aqui

 

Afecto

substantivo masculino

1. Impulso do ânimo; sua manifestação.

2. Sentimento, paixão.

3. Amizade, amor, simpatia.

Retirado de Priberam
 
 
Li há dois ou três dias o artigo do observador sobre o colégio militar, na altura  o que me chamou a atenção foi o título (A vida no Colégio Militar: “Parece um Big Brother”) e a questão dos afectos.  
 
E chamou-me a atenção porque a meio do texto um dos entrevistados reconhece que apesar de ser desaconselhado, namora com uma das miúdas que também é interna no colégio e evidentemente isso é normal, mas quando "Um aluno tentou acarinhar outro aluno" “Passados 30 segundos, toda a gente sabia"
 
Toda a gente sabia e ninguém descansou até conseguirem excluir do colégio esse aluno. Como dizia hoje alguém no Facebook, "Ser homossexual não limita, não castra e não torna ninguém menos capaz de pegar numa arma ou de cumprir ordens, nem faz de ninguém mais fraco ou cobarde."
 
Não, o problema são mesmo os afectos, mais concretamente quando os afectos são entre duas pessoas do mesmo sexo, isto porque aparentemente os afectos entre alunos e alunas não são um problema, caso contrário não seriam reconhecidos tão facilmente na entrevista... sim, eu sei, o rapaz diz que ... "“Sou amigo dela cá dentro e lá fora temos a nossa vida. Ao fim de semana fazemos as nossas coisinhas”.... e porque é que isso não pode ser válido para dois namorados do mesmo sexo?
 
O problema mesmo é que o colégio militar é uma instituição de outro tempo, um tempo em que a homossexualidade não era aceite e onde qualquer pessoa que tivesse o valor de admitir que tinha  gostos e preferências diferentes era marcada e posta de lado.
 
Felizmente cada vez vivemos menos nesse tempo, mas ainda há quem insista em viver outros tempos. É suposto o colégio militar ser uma instituição onde se educam e formam pessoas, será que em lugar de ajudar e apoiar a descriminação dos homossexuais a instituição não deveria ensinar os restantes alunos a aceitar cada um como é e com as suas diferenças?
 
Sabem noutra coisa que reparei no artigo? O colégio militar agora é misto, e até foram entrevistadas algumas das internas, mas reparem bem nas fotografias que aparecem, a quem é dado destaque?
 
Li aqui o seguinte: Homofobia, medo de que os homens gays te tratem do modo que tu tratas as mulheres.... 
 
Pois.
 
Jorge Soares
 
Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:31

Posts relacionados

Related Posts with Thumbnails


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.04.2016 às 12:55

os homens sexuais sao danados, cheios de afectos ja causaram demissoes nos superiores sabe-se la se nao chega ao ministro. toquem no vespeiro que vao ver. acontece como ao pedro arroja ao chamar esganiçadas as bloquistas, aparecem por ai umas comissoes a processar tudo em nome de igualdade genero e discriminaçao, e depois ainda falam em liberdade de expressao hipocritas, ele devia dizer que sonhava com as esganiçadas e as queria, e os homens sexuais igualmente.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.04.2016 às 18:05

afectos? quem falou em afectos, ha grande bloco, solucionou os problemas do pais.

"O Bloco de Esquerda apresentou um projecto de resolução na Assembleia da República para mudar a designação do Cartão do Cidadão pois, tal como está, o documento de identificação “não respeita a identidade de género de mais de metade da população portuguesa”.

"O grupo parlamentar “valoriza este documento de identificação pela sua importância e considera que a sua designação não deve ficar restrita à formulação masculina, que não é neutra, e deve, pelo contrário, beneficiar de uma formulação que responda também ao seu papel de identificação afectiva e simbólica, no mais profundo respeito pela igualdade de direitos entre homens e mulheres”, lê-se no projecto.

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor






Estou a ler

Regressar a Casa

Rose Tremain

 

O Rapaz de Olhos Azuis

Joanne Harris

 

O jogo de Ripper

Isabel Allende

 






Visitas


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D