Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





O que tem de mal os vistos Gold?

por Jorge Soares, em 16.11.14

Miguel Macedo.jpg

 

Imagem do Público

 

Aplauda-se a atitude de Miguel Macedo, ao contrário do que tantas vezes acontece neste país, por uma vez a culpa não morre solteira e há alguém que assume a sua responsabilidade política. A maioria dos detidos estavam à frente de organismos que estão na dependência directa do ministério da administração interna e independentemente da sua ligação ou não ao caso, e há noticias que o ligam a uma das empresas investigadas, a verdade é que existe uma clara responsabilidade política e louve-se a honestidade de a assumir.

 

Há pouco a minha meia laranja perguntava-me se eu sou a favor ou contra os vistos Gold, eu sou a favor, acho que é uma forma como outra qualquer de atrair investimento para o país, acho tão válido como isentar de impostos durante uma série de anos as empresas que criam um determinado número de empregos.

 

As últimas noticias falam de mais de mil milhões de Euros que entraram no país até agora, dinheiro que permitiu a sobrevivência de empresas de imobiliário, de empresas de construção civil e que permitiu a alguns bancos respirar...

 

É claro que no meio de tudo isto há coisas que falharam, pelos vistos alguns destes vistos não foram atribuídos da forma mais clara, tal como alguns dos negócios não terão sido feitos da melhor maneira...louve-se a capacidade do estado em detectar que assim foi e em levar ao banco dos réus quem prevaricou.

 

Mas isto que dizer que o programa é mau e que se deve acabar com ele? Quanto a mim não, eu não tenho nada contra quem cá quer investir, nem tenho nada contra quem ajuda a reanimar a economia, o estado tem que saber separar o trigo do joio, tem que saber avaliar a proveniência do dinheiro que é investido e tem que saber evitar a corrupção, mas isso não é só neste caso, é em todos os casos.

 

Percebo que alguma oposição se tente agarrar a tudo para criticar o governo, mas sinceramente, não consigo perceber como é que não se consegue ver que há coisas positivas e que este é um dos poucos programas que serviu mesmo para ajudar a economia.

 

E não, eu não gosto do Paulo Portas nem do CDS/PP.

 

Jorge Soares

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:30

Posts relacionados

Related Posts with Thumbnails


5 comentários

Sem imagem de perfil

De Marquês Barão a 17.11.2014 às 09:08

É chegada a altura de Passos mandar Portas á merda . Demissão de todo o governo e sigam para eleições com votos contados em separado.
Imagem de perfil

De energia-a-mais a 17.11.2014 às 10:37

Jorge penso que deverias dizer que a ideia até é boa, o que é errado é achar que portugal, infelizmente dominado pela corrupção, tenha modo de implementar essa ideia de forma correta. Aliás, se a justiça funcionasse mesmo, gostava muito de saber onde foram aplicados esses milhões que dizem que entraram no país e onde estão os postos de trabalho criados. Sim porque na minha opinião, tudo foi uma grande falácia, apure-se quais foram as empresas beneficiadas, quais os empresários a quem o investimento chegou, por que razão quem investiu escolheu o nosso país (motivos reais) e depois tirem-se as ilações de tudo isto.

Teresa
Sem imagem de perfil

De Cris a 17.11.2014 às 12:57

Concordo contigo e acrescento que também não sou do CDS, nem do PSD, nem do PS, nem do BE e nem da CDU, ou seja, eu não tenho quem me represente na Assembleia da República.
Sem imagem de perfil

De LCSP a 17.11.2014 às 19:38

Concordo consigo.
Efetivamente a ideia é uma forma eficaz e tão eticamente correcta como outra qualquer.
O que me parece que devia ter sido feito era um maior controlo da sua atribuição, porque estava-se a "meter pelos olhos dentro" que era uma porta aberta para a utilização criminosa (e para se ganhar uns euros à parte)...
Imagem de perfil

De Mar Português a 19.11.2014 às 04:52

Muito bom! Subscrevo na íntegra.

Comentar post








Estou a ler

Regressar a Casa

Rose Tremain

 

O Rapaz de Olhos Azuis

Joanne Harris

 

O jogo de Ripper

Isabel Allende

 






Visitas


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D