Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





portugal.jpg

 

 

Honra seja feita aos campeões, mas sobretudo, honra seja feita a Fernando Santos, ele acreditou desde o inicio, todos acharam que ele estava maluco quando disse que ia a França para ser campeão da Europa, todos se apressaram a criticar quando os jogos da primeira fase não saíram como mais desejávamos... Ele continuou a acreditar, repetiu uma e outra vez que só voltava a Portugal no dia 11

 

Muitos vaticinaram que não passaríamos da primeira fase, depois todos os comentadores eram unânimes, com aquele futebol não passávamos a Croácia... Não jogávamos  o suficiente para passar a Polónia... e não gabaríamos ao País de Gales. Ele continuava a repetir, só voltava no dia 11.... ele não era só o homem da estratégia, por vezes parecia que era o único que acreditava... ele só voltava a casa no dia 11.. ele sozinho levava o país às costas.

 

E só volta dia 11, e volta com a taça... volta como campeão da Europa... todos os jogadores merecem esta vitória porque foram eles dentro do campo que deram tudo para a conseguir, mas  ele merece um pouco mais que todos os outros e que todos nós, porque ele acreditou que era capaz e contra ventos e marés... conseguiu.

 

Uma palavra para o Éder, o jogador que todos os portugueses deixaríamos  em casa e que hoje marcou um golo que vale um campeonato da Europa... e outra para o Cristiano Ronaldo, hoje teve azar e saiu em lágrimas do jogo, mas não há dúvida que é dele uma parte enorme deste título.... 

 

Obrigado Ronaldo, obrigado Éder, obrigado Fernando Santos, obrigado Selecção, em meu nome e no de todos os portugueses. OBRIGADO

 

Jorge Soares

 

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:46

Posts relacionados

Related Posts with Thumbnails


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.07.2016 às 00:52

esta selecçao fez historia e deu aos franceses a resposta que a grecia nos tinha dado a nos em 2004, tiramos-lhe o caneco das maos a rir.
mas e bom cair na realidade e perceber que a estrela da sorte sempre nos acompanhou, um sorteio no grupo das mais fracas equipas e nao viemos logo embora porque pela primeira vez quase passava tudo a fase final e fomos repescados do terceiro lugar,depois tivemos a sorte de equipas acessiveis ate final, a passadeira vermelha esteve sempre lançada desde inicio e mais uma vez por sorte nos mantivemos em cima dela, so agora na final defrontamos uma equipa de renome em que por incrivel que pareça estavam todas do mesmo lado iliminando-se umas as outras, e depois tivemos a sorte do jogo durante o tempo normal em nao sofrer golo, tivemos um golo nosso no prolongamento. foi optimo foi bom foi historico, mas e de aproveitar a festa ao maximo, pois dificilmente havera outra conjuntura tao favoravel como a deste europeu. quanto a equipa, ainda tera que demonstrar que e consistente em todas as circunstancias , pois as equipas boas sao imunes a isso como a espanha alemanha etc que ganhou mundial e europeu. qunato aos franceses estao a provar a amargura que nos sofremos em 2004 e tal como o brasil perdeu uma final de um mundial com o uruguai no maracana nos reduzimos a frança ao clube restrito dos maracanaços perder em casa com equipas que se julgava derrotadas a partida, como diz o outro e a vida e o caneco e nosso e de aproveitar a festa .
Sem imagem de perfil

De DH a 11.07.2016 às 10:50

Olá Jorge
Obrigada Rui Patrício, este foi um jogo em que ele marcou definitivamente o resultado. Clubes à parte...
Os outros particularmente importantes foram referidos por ti.
bj
Dulce
Sem imagem de perfil

De nat a 11.07.2016 às 12:02

Obrigada!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.07.2016 às 14:35

"Ele continuou a acreditar, repetiu uma e outra vez que só voltava a Portugal no dia 11"

Chama-se isso fe, ser um homem de fe, so podia ser vindo de um catolico praticante. Ainda bem que contagiou com a sua fe. We are the champions.

Comentar post








Estou a ler

Regressar a Casa

Rose Tremain

 

O Rapaz de Olhos Azuis

Joanne Harris

 

O jogo de Ripper

Isabel Allende

 






Visitas


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D