Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Qual é o verdadeiro problema da lista VIP?

por Jorge Soares, em 22.03.15

lista+VIP_bartoon.jpg

 

Imagem de aqui

 

Ouvi hoje algures que  o caso das lista de contribuintes VIP já chegou à procuradoria geral da república, o PS achou que havia ali matéria criminal e o PSD não se opôs... é bom saber que de vez em quando eles estão de acordo... veremos quanto tempo demora o caso a ser arquivado...

 

A mim não me estranha para nada que a dita lista exista mesmo, num país de doutores  e engenheiros é mais que evidente que para o estado e os seus funcionário, não é o mesmo quem paga milhões e/ou tem rabo de palha,  que quem com o fruto do seu trabalho paga umas centenas ou poucos milhares de Euros .

 

Pelo que percebi, e desde já peço desculpa se percebi mal, o objectivo da ditosa lista seria a de garantir a confidencialidade dos dados dos senhores e senhoras lá incluídas, ora, como informático fiquei com algumas duvidas:

 

Em primeiro lugar, como é que a existência de uma lista garante a confidencialidade do que quer que seja?

 

Em segundo lugar, o sistema informático da AT não deveria garantir a confidencialidade dos dados de todos os contribuintes por igual?

 

De resto, se o sistema não é seguro de que serve uma lista? Colocam os dados dos senhores e senhoras da lista noutro sistema mais seguro? Como é que a simples existência de uma lista de nomes impede o acesso aos dados?

 

O verdadeiro problema da existência da lista  não é a lista em si, o verdadeiro problema está em que pelos vistos o sistema informático onde estão os nossos dados fiscais não garante o controlo da informação e portanto é necessária uma lista de contribuintes VIP para os que existirão cuidados especiais.

 

Um sistema informático bem desenhado e implementado deveria garantir à partida a confidencialidade dos dados, se assim fosse não seria necessária nenhuma lista, bastava que o mesmo registasse quem, em que momento e desde que lugar, acedeu a que dados, para garantir o controle dos mesmos e para se evitar que estes fossem objecto de fugas de informação.

 

De resto o que eu acho que é verdadeiramente urgente não é esta discussão parva sobre se a lista existe ou não, é uma auditoria independente aos sistemas informáticos da AT, e já agora de outros serviços do estado, para esclarecer as muitas dúvidas que neste momento todos temos sobre a segurança e confidencialidade dos nossos dados.

 

Jorge Soares

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:35

Posts relacionados

Related Posts with Thumbnails


2 comentários

Imagem de perfil

De golimix a 23.03.2015 às 22:40

Ó Jorge mas tu não sabes que há cidadãos de 1ª e de segunda?
Para uns há um sistema informático e para outros outro.

Isto é mas é outra trapalhada que não vai dar em nada. Já ofereceram duas cabeças e assim calam o povo...
Imagem de perfil

De Kok a 24.03.2015 às 10:47

Isto está confuso!
Bem eu estou porque não estou a perceber que raio de confusão é esta.
Todos os anos há quem seja processado por falsas declarações às finanças. A descoberta não é um milagre; Descobre-se porque houve um controle. E não venham dizer que foi sorteio porque há quem seja "sorteado" ano sim, ano sim, e isso não é uma coincidência.
É importante a privacidade? É com certeza! No entanto, e considerando os casos de corrupção (provados ou sob suspeita), não devem os governantes eleitos estar sujeitos a um processo de fiscalização sobre rendimentos?
Como disse, estou confuso.
Enquanto se discute a existência da lista passa para segundo plano (ou mesmo terceiro plano) o motivo que deu lugar a tudo isto e que não é menos importante do que a lista!
Disseram-me que há uma empresa privada que engendrou o sistema informático e que, por isso, tem acesso a tudo o que são privacidades. É assim mesmo?
Quanto mais escrevo, mais confuso fico.

1 abraço!

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor






Estou a ler

Regressar a Casa

Rose Tremain

 

O Rapaz de Olhos Azuis

Joanne Harris

 

O jogo de Ripper

Isabel Allende

 






Visitas


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D