Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Quem não gosta de um bom piropo?

por Jorge Soares, em 28.12.15

Piropo

Imagem de aqui

 

Vai haver quem me vá matar pelo que vou dizer, mas a sério que com a situação actual do país, com tantas coisas para se discutir e debater, há mesmo quem faça uma lei para os piropos? ...  não, mas parece que a maioria da comunicação social acha que sim. Por proposta do PSD foi alterada redacção do artigo 170 do Código Penal.. na verdade não fala do piropo em lado nenhum, mas nem os jornalistas nem quem escreve nas redes sociais se deu ao trabalho de ler o artigo em questão.

 

Tentar proibir os piropos deve ser algo assim como tentar proibir as anedotas sobre alentejanos, ou os cartoons políticos... deve estar ao mesmo nível daquela ideia de legislar a utilização do isqueiro.

 

De resto, como é que alguém consegue decidir onde acaba o elogio e começa o piropo insultuoso? Dizer a alguém, "estás muito bonita com essa roupa" será um elogio ou um piropo? Dizer a alguém "os teus olhos são muito bonitos" será simplesmente um elogio, uma forma de flirtear ou um piropo? Há coisas que ditas num determinado contexto podem ser um elogio e noutro uma provocação, como é que se mede tal coisa?

 

Lembro-me que há muito tempo atrás, nos primórdios da internet, numa mailing list em que participei, o piropo foi assunto de discussão, foram escritas muitas páginas de  texto e discutiram-se muitas formas de olhar para o assunto, mas no fim todos estávamos de acordo que um bom piropo, dito na altura certa e com a graça certa, nunca estava de mais...e não havia mulher que não gostasse de os ouvir.

 

Também é verdade que que os participantes eram principalmente estudantes e profissionais venezuelanos espalhados pelo mundo, a maioria era de esquerda e sem muitos complexos... mas não há duvida que olhavam para o mundo de outra forma.

 

De resto, a Venezuela é um país com uma população muito jovem e onde a beleza e forma de estar femininas  se destacam, culturalmente cultiva-se um certo cavalheirismo que por cá há muito já não se usa... por lá  o piropo é uma espécie de arte, senão vejamos estes exemplos que encontrei na net:

 

Del cielo bajo un pintor para pintar tu figura pero no encontro color para tanta hermosura 

me gustaria que fueras la rosa que decora mi jardin

Eres la carne mechada que rellena la arepa de mi corazón.
Pareces un queso de dieta, estas ricota!
¡Tanta curva y yo sin frenos!
¿Tu mamá es pastelera? Porque hizo tremendo bombón.
¿Crees en el amor a primera vista o tengo que pasar otra vez?
Dios debe estar distraído porque los ángeles se están cayendo.
¿De qué juguetería te escapaste muñeca?
Si la belleza fuera castigo, tú tendrías cadena perpetua.
Cómo me gustaría ser audífono para decirte cosas al oído.
Eres como el guayoyo: dulce y me aceleras!

NO eres la virgen maria pero estas llena de gracia -

*Si la belleza fuera pecado , tu no tendrias perdón de Dios.

*Si tu cuerpo fuera carcel y tus brazos las cadenas Dime a quien tengo que matar pa tirarme esa condena"

 

Podia tentar traduzir, mas em português não tinham metade da piada.

 

Jorge Soares

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:07

Posts relacionados

Related Posts with Thumbnails


21 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.12.2015 às 10:18

É o PSD sempre a legislar em questões fracturantes da nossa sociedade e de extrema relevância para o desenvolvimento do país.
Imagem de perfil

De tresgues a 29.12.2015 às 10:54

Apoiado!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.12.2015 às 11:26

Certamente não será o ponto de vista de adolescentes e jovens mulheres que, como eu, andaram anos de transportes públicos e ouviram sussurrar ao ouvido ordinarices do pior.
Faça um exercício, coloque-se na posição de quem ouve coisas como "mandava-te três sem tirar" ou da sua filha, se a tiver e depois volte a escrever.
Sem imagem de perfil

De Maria Só a 29.12.2015 às 11:35

Sim, é verdade.Também os ouço e sei como uma mulher se sente mas 3 anos de prisão não será um exagero, num país em que se dá o mesmo para um caso de violação?
E o sujeito que esfaqueou a namorada na cara e leva uma pulseira electrónica e um aviso para não se aproximar dela? Não deveria este individuo estar preso?
Há outra situação. Se uma mulher levar um piropo daqueles que nem são ofensivos mas se nesse dia for mal disposta e se queixar à policia, o homem é preso?
Como é que alguém prova que foi ofendido(a) e como é que alguém se defende de uma falsa acusação se for o caso?
Isto tem muito que se lhe diga....
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.12.2015 às 14:24

Apenas me estava a referir ao ponto de vista do piropo, e não da pena aplicada.
Sem imagem de perfil

De Carlos a 29.12.2015 às 11:37

E todos os piropos foram desagradáveis? Ou consumiu alguns para seu deleite e não os comentou com ninguém? Tanta hipocrisia...
Sem imagem de perfil

De Maria Só a 29.12.2015 às 11:41

Carlos,

Respondeu ao meu comentário mas creio que queria responder à leitora "anónima".
Sem imagem de perfil

De Maria Só a 29.12.2015 às 11:39

Já agora, J. Soares

Quando se fala em punição pelos piropos, não serão certamente por causa desses piropos "elegantes" que escreveu acima mas sim ao tipo de piropo que a outra leitora referiu acima. E há mais, muito mais ordinários que as mulheres ouvem.
Continuo no entanto a achar a pena de prisão de 3 anos um verdadeira exagero, pelas razões que referi anteriormente.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.12.2015 às 12:10

A visão masculina sobre os piropos é muito engraçada, porque nunca se viram violados na sua essência. Começamos a ouvir piropos com 12 anos, e não venham dizer que as meninas se vestem como mulheres e se poem a jeito. Lembro me de ser menina, de ainda gostar de brincar com bonecas e evitar passar perto de obras, oficinas, esplanadas de cafés, porque sabia que iria ouvir algum piropo, que com 12 anos apenas servia para me ofender, melindrar, envergonhar. Hoje com 33 anos continuo a não gostar de ouvir um piropo apenas porque os homens acham graça. Sou gira, gostos de me vestir bem, não sou provocante, mas nada disso vos dá o direito de invadirem o meu direito, ou será que afinal temos a mentalidade da Arábia Saudita em que as mulheres tem de usar burka para não atiçar as mentes masculinas. Vamos evoluir um pouco, porque um dia vão ouvir esses mesmos piropos ditos às vossas filhas, irmãs, namoradas e aí cuidado que afinal já não tem piada. Tenham vergonha.
Sem imagem de perfil

De teu admirador indiscreto a 29.12.2015 às 13:38

gostas pouco gostas
Sem imagem de perfil

De Teodoro a 29.12.2015 às 15:02

... o que tú queres sei eu...
Sem imagem de perfil

De Gonçalo a 29.12.2015 às 12:36

Pelo que já li, os 3 anos de prisão são só para piropos a menores de 14 anos e neste caso concordo plenamente.
Mas esta lei parece bastante difícil de por em prática, como se pode provar que um piropo foi dado e se foi apenas um piropo ou um elogio.
Sem imagem de perfil

De Fred a 29.12.2015 às 14:21

Sou da opinião de que uma boca foleira por mais nojenta que seja não pode arruinar a vida de quem a mandou (o ordinário) pois certamente não arruína a vida de quem a ouviu (a vitima). dito isto também não sou contra que quem mandou a boca (o ordinário) tenha de ser penalizado criminalmente (pessoalmente acho que uma multa e trabalho comunitário chegavam).
Já agora e correndo o risco de ser considerado cromo, quanto dinheiro ira custar a nos cidadãos o tempo de processo judicial e de prisão do dito ordinário?
Sem imagem de perfil

De DH a 29.12.2015 às 14:35

Olá Jorge.
Nem parece um post teu. Leste a lei?
Tens uma filha mais crescida, pergunta-lhe quantas vezes ouviu coisas que não queria, ou a tentaram apalpar sem ela se poder defender. A pequenina, infelizmente, lá chegará...

Eu não escreveria melhor do que aquilo que vem aqui:
http://capazes.pt/cronicas/piropo-2/view-all/
ou aqui:
http://capazes.pt/cronicas/editorial/queroandarempaznarua-por-rita-ferro-rodrigues-editorial/

O que escreveste é mesmo de quem não imagina o que as mulheres passam apenas por serem isso: mulheres.

O melhor piropo que já recebi foi ao encontrar um amigo ele dizer-me: já nasceu o sol. Mas isso não é o que está descrito na lei.

Beijinhos
Dulce
Sem imagem de perfil

De Já agora... a 30.12.2015 às 09:23

http://expresso.sapo.pt/blogues/bloguet_lifestyle/Avidadesaltosaltos/2015-12-29-Vamos-mesmo-continuar-a-confundir-assedio-sexual-com-piropos-´


Já agora,
Quem tiver curiosidade em ler este texto, se não o entender.
Então evite os comentários nervosinhos e porcos, obviamente descontextualizados.
Só revelam estupidez mórbida, (que também deveria dar prisão) como a do cromo “anónimo“ do contra, de permanência neste blogue.

Já agora,
Bom 2016
Sem imagem de perfil

De Apanhadinha a 30.12.2015 às 11:02

Ao menos disfarça.
Sempre a pensar no anonimo e ele nao te liga nenhuma.
Sem imagem de perfil

De Já agora... a 30.12.2015 às 12:03


Ó Dom Quixote agarra-te lá à Dulcineia, e sê feliz.

Já agora,
Continuas nessa do meu pensamento em ti, e que só venho aqui para te ler?
Já te disse que não fui eu que fiquei a dever 5 euros à tua mãe no Pinhal de Coina.
Não insistas em andares atras de mim!


Já agora,
Bom Ano para ti também,
E ó tasqueiro, continua por aqui animar a malta que gente gosta.
Sem imagem de perfil

De Apanhadinha a 30.12.2015 às 13:23

Lambisgoia, na tua fantasia todos podem ser o anonimo.Mas repara na palavra piropo e troca-lhe uma letrinha apenas e podes ter um grande prazer........oral.

Comentar post


Pág. 1/2



Ó pra mim!

foto do autor






Estou a ler

Regressar a Casa

Rose Tremain

 

O Rapaz de Olhos Azuis

Joanne Harris

 

O jogo de Ripper

Isabel Allende

 






Visitas


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D