Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

Aviso desde já que hoje vou ser politicamente incorrecto, se calhar vou até ser contra algumas ideias que transmito... mas  há coisas que são como são.

 
Imagino que todos terão lido, visto ou ouvido algo sobre o facto de Portugal se ter oferecido para receber os presos considerados inocentes em Guatanamo....desde já digo que sou contra.
 
Depois do 11 de Setembro, a América de Bush começou uma cruzada mundial contra o terrorismo, sendo que uma parte dessa cruzada consistia em raptar pessoas por todo o mundo e a coberto do segredo das agências de informação americanas e mundiais, transportar essas pessoas para uma prisão construída para o efeito em Guantanamo, uma base militar que os EU mantém na ilha de Cuba.
 
Estas pessoas eram mantidas presas na ilha, sem qualquer direitos, sujeitas a uma lei que não é nem civil nem militar, vítimas de sevícias e torturas. Com o tempo esta justiça concluiu que muitas destas pessoas eram inocentes e não constituíam perigo algum.  Ditam as regras do bom senso que estas pessoas sejam libertadas e reintegradas na sociedade.  
 
O que fizeram os Estados Unidos? nada, como a maioria destas pessoas não podem voltar aos seus países onde seriam vítimas de perseguição e também não lhes permitem a entrada na América, a solução é impingir estes presos a outros países...
 
Esta semana li uma notícia que falava de 17 presos chineses de etnia Uirgur que foram declarados inocentes em 2004 e que continuam na prisão porque o estado americano se nega a os deixar entrar no seu território. Mesmo após uma sentença de um juiz Federal Americano que ordena a sua libertação em solo do país, os EU negam-se a recebe-los. Que estado é este que não cumpre as leis dos seus próprios tribunais?
 
Portugal foi o primeiro país a responder ao pedido americano para os receber e esta semana o assunto foi debatido a pedido do nosso país em reunião da União Europeia, há países que se negam a receber esses presos em território Europeu, acho bem, se  os americanos criaram o problema, por uma vez que sejam eles a resolver. Foram eles que raptaram as pessoas, que os levaram dos seus países, devem ser portanto eles quem os receba.
 
Os americanos que por uma vez limpem a m. que fizeram, ao contrario do que se pretende fazer passar, não é uma questão de humanidade e solidariedade, é uma questão de justiça.
 
Jorge

publicado às 22:23


2 comentários

Sem imagem de perfil

De xana a 27.01.2009 às 23:12

Portugal gosta muito de fazer figura lá fora, pena é que é figura de urso cá dentro. Gostam de mostrar aquilo que não tem, neste caso condições para receber estas pessoas. E os americanos além deste problema, já agora podiam resolver esta crise maluca que o mundo vive, porque foram eles com a mania de meter o nariz onde não são chamados e com a mania que podem, que começaram tudo isto, quando foram catar cabelo em ovos, à procura de armas de destruição maciça no Iraque. A desculpa de que Sadam era um diatdor, não convence ninguém (mesmo ele sendo), não tinham nada que lá ir meter o nariz. Fidel também é um ditador, e até as fronteiras fecharam a Cuba, e nunca ajudaram o povo cubano a livrar-se da vida miserável que este lhes impôs com tanta restrição, e vivem mesmo ali ao lado, mas claro em Cuba não há "pitrol", não há armas, ah, é verdade têm lá uma prisão a que chamam base militar onde se torturam seres humanos. Maltratam Cuba, quando usam as terras que pertencem ao território cubano em proveito próprio. Este é só um exemplo da má política geral americana e do "Bushismo" dos últimos anos.
bjks
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 28.01.2009 às 00:33

Olá Xana

tenho alguma esperança que o Obama venha mudar muitas destas coisas... mas vai demorar muito tempo até que o mundo se veja livre de toda a m... que o bush deixou.

Beijinho
Jorge

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D