Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A Eluana e a Eutanásia, o que podemos aprender?

por Jorge Soares, em 09.02.09

Eluana

 

Há uns dias atrás, no Vila Forte  o Pedro Oliveira neste post em que se falava de Eutanásia, perguntava:

 

"Para quando a discussão da Eutanásia sem preconceitos e desculpas da ética e da religião?"

 

Na altura eu não tinha ouvido falar da Eluana e da sua morte que promete deixar marcas não só na Itália mas em todo o mundo. Em Itália havia um contra-relógio entre os médicos que aceitaram cumprir os desejos da Eluana e da sua família e o governo de direita pressionado pela Igreja católica. ... Ganhou Eluana e finalmente pode ter paz, ela e os seus..... esperemos que com ela e com o seu exemplo, ganhem também muitas outras pessoas.

 

Eluana "vivia" há 17 anos em estado vegetativo, estava presa ao mundo de uma maneira artificial, não podemos dizer que sofria, sabemos que os seus familiares sofriam por eles e por ela, mas será que podemos dizer que vivia?

 

No post do Vila Forte, alguém dizia que antes de discutirmos a Eutanásia, devíamos discutir a melhoria dos cuidados paliativos e a ajuda à vida. Estou de acordo, no nosso país e no mundo em geral há muito para fazer em relação a cuidados paliativos e a cuidados médico... mas será que era justo manter indefinidamente Eluana presa a este mundo? Como dizia nos meus comentários, com os avanços da medicina chegará a altura em que será possível manter as pessoas a respirar indefinidamente... mas será que isso é viver? Será que algum de nós quer ser preservado a respirar para sempre?... Eu não.

 

Manter alguém a respirar durante 17 anos simplesmente porque está ligado a uma máquina fará algum sentido? qual? na esperança de um milagre?, na esperança que a medicina evolua tanto que seja possível refazer o funcionamento do cérebro?  E nesse caso, onde está o limite do aceitável?, 20 anos?, 30?... 50? 

 

Nunca fui pessoa de pensar na morte, já é tão difícil pensar na vida, mas acho que ao contrário do que seria de esperar, os avanços da medicina e as possibilidades de prolongar a vida de uma forma cada vez mais artificial, vão fazer com que a discussão sobre a eutanásia seja cada vez mais necessária, se é tão pacifico aceitarmos que todos temos direito a uma vida com dignidade, não teremos também direito a uma morte com dignidade?

 

A Eluana morreu hoje, ganhou a sua corrida contra a estupidez dos políticos e da igreja.... descansa em paz Eluana..e que  o teu exemplo sirva para que o mundo aprenda algo.

 

Já agora que falamos do Vila Forte, o Pedro pediu e eu deixo aqui a referência ao Primeiro Encontro da Blogosfera Portomosense

 

 

 

 Jorge

Imagem retirada de aqui:http://www.laici.it/writable\Immagini\eluanaenglarorv6.jpg

publicado às 21:41


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D