Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A espera:E o tempo passa

por Jorge Soares, em 11.02.09

Crainças

 

Não devem ter reparado, saltei o mês de Janeiro, o mês passado não houve post sobre a nossa espera, quem leu este post deve lembrar-se que tínhamos pedido uma reunião com as técnicas para esclarecer algumas coisas, eu liguei numa quarta-feira e ficaram de me ligar até sexta para me dizerem quando era reunião, passou muito tempo, na verdade eu continuo à espera que me liguem. Depois de esperarmos mais de um mês decidimos fazer uma queixa para os serviços centrais,... que teve efeitos imediatos, finalmente marcaram a reunião para meados do mês de Janeiro, dois meses depois daquela quarta-feira.

 

Da reunião não reza a história, saí de lá com a ideia que deveria gravar estas conversas, tais foram as contradições com o que nos tinham dito antes, mas enfim... Entregamos a documentação para o inicio do processo de adopção internacional, e claro, perguntamos pelo certificado da adopção nacional, que de acordo com a lei deveria ter sido emitido num prazo de seis meses, e já lá iam quase oito. 

 

O certificado chegou finalmente um destes dias, e vejam lá, vinha com data de Novembro... há coisas incríveis, porque em Dezembro elas tinham-nos dito que estava atrasado e que não sabiam quando ia estar pronto, agora chegou com data de Novembro. 

 

Para a maioria das pessoas a chegada do certificado é um marco, ficam aptas a adoptar, para mim não significou nada, depois dos últimos desenvolvimentos já interiorizei que a adopção nacional é uma miragem, depois do meu telefonema, das minhas questões e da queixa para os serviços centrais, elas nunca nos vão escolher para adoptar uma criança... também não importa muito, neste momento o nosso foco é fazer andar o processo de adopção internacional...  a mana dos meus filhos vai vir de algures no mundo.

 

 

Creio no mundo como num malmequer,

Porque o vejo. Mas não penso nele

Porque pensar é não compreender...

 

O Mundo não se fez para pensarmos nele

(Pensar é estar doente dos olhos)

Mas para olharmos para ele e estarmos de acordo...

 

Eu não tenho filosofia: tenho sentidos...

Se falo na Natureza não é porque saiba o que ela é,

Mas porque a amo, e amo-a por isso,

Porque quem ama nunca sabe o que ama

Nem sabe por que ama, nem o que é amar...

 

Amar é a eterna inocência,

E a única inocência não pensar...

 

Alberto  Caeiro

In Guardador de rebanhos

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:15


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D