Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Lisboa

 

Depois do incêndio da terça de Carnaval de que falei aqui, as coisas acalmaram por uns tempos.

 

Entretanto uma das irmãs da dona da casa que era criada de servir algures num casarão em Lisboa, decidiu reformar-se e foi viver para o quarto em frente ao meu... na verdade não me consigo lembrar muito bem como, mas sei que passado algum tempo a senhora morreu, não tenho bem a certeza, mas deve ter sido em época de férias, porque não guardo especiais memórias desta morte ... que se bem se lembram os que leram este post, era já a 4ª no prédio desde que eu fui para lá morar.  

 

Depois de umas férias de verão passadas na terra, quando voltava para o ultimo ano do curso, fui recebido com uma surpresa, agradável para os restantes moradores da casa.... nem tanto para mim.

 

Depois de anos de chuva e reclamações, o senhorio lá se tinha decidido a fazer as mais que necessárias obras no telhado...a parte chata é que como o meu quarto era uma das poucas divisões da casa que não seria afectada, era necessário para os donos da casa... e lá tive que sair. Com a promessa de que as obras durariam dois ou três meses e eu poderia voltar. Na verdade as obras duraram 3 ou 4 anos e evidentemente eu não voltei.

 

Arranjei um quarto bem perto da Faculdade, do outro lado da Alameda por cima da Fonte Luminosa. Era um quarto agradável, a senhoria era uma senhora muito simpática e os meus passeios a pé de e para o IST passaram a ser bem mais curtos.

 

Estava no ultimo ano do curso, entre as aulas e o trabalho final, mal ia dormir ao quarto, saia de manhã cedo e voltava quase sempre tarde, motivo pelo que mal via os restantes habitantes da casa, a simpática senhora e o seu neto..  que não me lembro de ter conhecido... até aquele dia.

 

Estava ali à dois ou 3 meses, um dia voltei cedo para casa e quando entrei deparei-me com um casalinho que romanticamente jantava na mesa da sala. Dei as boas noites e fui para o quarto... passado um ou dois minutos, alguém me bateu à porta. 

 

O rapaz vinha-me informar que a sua avó tinha falecido na semana anterior, ele agora era o dono da casa e claro, eu tinha que me mudar!  Não queiram imaginar o meu ar de parvo a olhar para ele... é que nem consegui dizer nada de jeito.....

 

Passado uns dias lá arranjei outro quarto.... e fui viver ali paredes meias com o Elefante Branco na Rua Luciano Cordeiro... foram só uns meses..mas que eu saiba.. ninguém por lá morreu!

 

Jorge

PS:Imagem minha, as cores de Lisboa, retirada de:Momentos e olhares

 

publicado às 21:56


16 comentários

Sem imagem de perfil

De Sandra Cunha a 01.03.2009 às 23:25

Não é por nada, mas livra-me de alguma vez querer ser tua vizinha!!!

Beijos
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 02.03.2009 às 23:27

Olá Sandra

E ainda eu não contei tudo :-)

Beijinho
Jorge



Sem imagem de perfil

De José A a 01.03.2009 às 23:30

E resumindo, ainda bem que era o ultimo ano do curso, porque acho se continua-se a alugar quarto em Lisboa, hoje a capital não tinha habitantes.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 02.03.2009 às 23:31

Hummmmm.....

Nem sei se ria ou não :-)

Abraço
Jorge
Imagem de perfil

De Pedro Oliveira a 02.03.2009 às 12:21

Com mais uns pormenores e tinhamos aí um policial que podia ser um best-seller...
boa semana
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 02.03.2009 às 23:33

Olá Pedro

E acredita que havia muito por onde pegar :-)

Abraço
Jorge
Imagem de perfil

De AngKorVat a 02.03.2009 às 17:47

Olá Jorge :)
Deixei-te um desafio no meu blog :) e como sei que gostas de viagens acho que é adequado e que vais gostar.
Beijo
Mariana
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 02.03.2009 às 23:50

Olá

Gostei sim.... já está respondido...e v~e lá que até andava avesso a desafios....:-)

Beijinho Mariana
Jorge
Imagem de perfil

De Cláudia Oliveira a 02.03.2009 às 18:10

ola,

dps passa no meu blog, foste nomeado para os oscares blogoesfera. Os oscares serão atribuidos dentro desta semana.


maufeitio3.blogs.sapo.pt
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 02.03.2009 às 23:52

Olá

Bom... isto é que é uma verdadeira honra... já lá passei.... Obrigado pela nomeação.

Jorge
Imagem de perfil

De entremares a 02.03.2009 às 21:01

Bem... Espero SINCERAMENTE que essa coisa da "Vizinhança Fatal" não se pegue aos blogs, senão estamos todos a comer as couves pela raiz, não tarda nada...

Faz favor, vamos a ter juizo e nada de mais mortes na vizinhança, certo ?

PS nº1: Obrigado pela visita. Volta sempre.
PS nº2: Concordo com aquele comentário... isto com mais uns pózinhos dava um best-seller...

Um abraço, mas de longe, até todos termos a certeza que essa coisa das mortes não é contagiosa...
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 02.03.2009 às 23:57

Hummmmm... desde que aqui cheguei tem morrido um ou outro blog.... mas que eu saiba os autores seguem vivos... acho eu :-)

Mas para ser sincero... eu nem contei tudo.... também não quero que os meus poucos leitores fujam :-)

Não tem nada que agradecer... continua é a escrever assim... quem agradece somos nós.

Abraço
Jorge
Sem imagem de perfil

De Óscarito a 02.03.2009 às 21:43

È pá, aparentemente tens propensão para inicios de tragédias, acidentes e maus olhados!
Ou tinhas! Ou tiveste!
E no presente? Já estás mais calmo?
Os teus vizinhos estão calmos ou simplesmente não sabem dessa tua particularidade?
Mais a sério: sabes que estive fora! No regresso fiquei sabendo de duas pérolas da democracia à portuguesa:
- imagens apreendidas do magalhães
- livros apreendidos em Braga
Sabes o que me ocorre: as pessoas que se queixaram devem ser as mesmas que se fecham em casa para lerem e verem o que publicamente "abominam". Só faltará encabeçarem uma horda de incendiários para destruir museus, livrarias, etc.
Estou sendo injusto, eventualmente. Mas eu tenho a certeza que já "vi" isto em qualquer lado.
Bem, este meu comentário já vai longo!
Abraço!
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 03.03.2009 às 00:00

Bom...tirando o vizinho de cima que era esquizofrénico e que achou que o outro é que já tinha injectado quando afinal o outro era ele,,,,,... hummm, acho que é melhor estar calado... ou não vou ter mais leitores....

Tens razão, somos uma terra de virtudes publicas vícios privados, há muita gente hipócrita por aí.

bem vindo de volta
Abraço
Jorge

Sem imagem de perfil

De Maria Eugénia Pinto a 03.03.2009 às 00:24

Olá
Ando meio sumida... mas continuo por cá a ler, o tempo para comentários é que não tem sido muito... Eu acho estas tuas histórias uma verdadeira delícia... os teus actuais vizinhos são leitores do teu blog? Não tarda há um abaixo assinado para vos explusarem do prédio...
Beijinhos
Imagem de perfil

De DyDa/Flordeliz a 03.03.2009 às 01:15

O espectáculo disto tudo é que eles morrem e tu segues caminho.
E pela forma tranquila como desenrolas a tua vida de estudante pela capital… sem lhes sentir ou notar a falta!
Aliás, não fosse o transtorno de mudança e era mais um dia igual a tantos outros.
Grande Jorge Soares!

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D