Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O papa e a sua cruzada ridícula

por Jorge Soares, em 18.03.09

A cruz da vergonha

 

 

De vez em quando dou por mim a olhar para os logs do Blog e já não é a primeira vez que alguém cá chega depois de colocar no google a frase:

 

"Porque deus não faz milagres em África?"

 

As pessoas vão parar ao meu post que diz: deus não existe ponto final e não resistem a entrar.

 

Não deixa de ser uma pergunta interessante. Está claro que deus há muito que não vai a África, um continente onde uma série de flagelos continuam vivos e bem activos, parece que as sete pragas partiram do Egipto e se espalharam por todo o continente até hoje. Em África, quando não se morre numa qualquer guerra civil, morre-se de fome, ou de sede, ou de cólera, ou de malária, ou ao tentar fugir a todas estas pragas,morre-se afogado quando o barco em que se tenta fugir naufraga no mar. Uma das últimas grandes pragas que se instalou em África foi a Sida, países como o Congo, os Camarões ou Moçambique ,tem perto de 25% da sua população infectada pelo vírus.

 

Eu sou daqueles que não vejo na igreja nada de positivo, é uma instituição retrógrada que vive aferrada a dogmas e ao passado, não evolui e não quer evoluir. Esta semana o pretenso representante de deus na terra, o chefe da igreja católica, foi de visita a África.... de pessoas com a sua responsabilidade, à falta de mais, esperamos pelo menos o bom senso.. mas não, na igreja católica não há bom senso..e pelos vistos também não há inteligência nenhuma. Dizer que a distribuição de preservativos não melhora a situação só a piora, é muito grave...  é fechar os olhos à realidade, fingir que ela não existe... é criminoso.

 

 Por muito que eu tente não consigo perceber o sentido da afirmação do senhor, alguém me explica?

 

Jorge

 

PS:Imagem retirada de Arrastão

publicado às 21:46


20 comentários

Sem imagem de perfil

De Mané a 19.06.2009 às 16:15

Jesus (Yaohushua) não delegou a sua Igreja Imaculada (Ef.5,27 (http://www.paroquias.org/biblia/index.php?c=Ef+5#27)) a Pedro.
Os que pretendem afirmar-se como sucessores de Pedro é que dizem isso, como que puxando a brasa à sua sardinha, para dominarem os outros.

YaohuShua começou, sim, a construir a sua Igreja com «pedras» semelhantes a «Pedro»
« sobre esta pedra (http://www.paroquias.org/biblia/index.php?c=Mt+16,18) »

Assim como você precisa das chaves da sua casa para entrar nela, também «Pedro» e todos os outros precisam de chaves para entrar na Igreja de Cristo.

Não compete sequer a Cristo escolher os membros da sua Igreja nem determinar os lugares destinados a cada membro, mas sim ao Pai (Mateus 20,21-23 (http://www.paroquias.org/biblia/index.php?c=Mt+20,21-23). Continue a ler a partir do verso 23 (http://www.paroquias.org/biblia/index.php?c=Mt+20,23-28).

Quando as igrejas começam a lutar por uma supremacia, querendo mandar uns nos outros é o que acontece: INDIGNAÇÃO (http://www.paroquias.org/biblia/index.php?c=Mt+20,24).

Veja o caso de Diotrofes (1 João 9-12 (http://www.paroquias.org/biblia/index.php?c=3+Jo+1,9-12))


Os Apóstolos não deixaram sucessores. Apenas Judas. O sucessor de Judas foi Matias (Actos 1 (http://www.paroquias.org/biblia/index.php?c=Act+1,15-24)). Para ser nomeado Apóstolo era necessário ter acompanhado Cristo desde o seu baptismo até a sua subida ao céu.

Quanto aos bispos. No princípio, não havia bispos diocesanos em que um manda em muitas paróquias e tem os "padres" como seus subordinados. No princípio havia Igrejas locais tendo cada uma vários bispos (episcopos = presbíteros). Faziam parte do corpo que superintendia a congregação. Por isso não sucediam uns aos outros, mas o número de bispos em cada congregação (igreja local) aumentava ou diminuía, consoante as contingências. Quando era nomeado (ou chegava) mais um era apenas mais um que se juntava aos já existentes nessa igreja local. Quando um partia o número apenas diminuía.

As coisas mudaram muito ao longo dos tempos e corromperam-se.

Em vez de seguirem as recomendações do Mestre «se quiseres ser o primeiro faz-te o servo de TODOS» (Mateus 23,11 (http://www.paroquias.org/biblia/index.php?c=Mt+23,8-12))

Leia todo o cap 23 de Mateus (http://www.paroquias.org/biblia/index.php?c=Mt+23).

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor


Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D