Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




25 de Abril... sim, mas a vida segue.

por Jorge Soares, em 27.04.09

 

 

 
Este deve ser um dos poucos blogs em que não se falou do 25 de Abril, o raio dos Irlandeses para alem de muitas outras coisas, não festejam o dia... portanto a mim passou-me um bocado ao lado, e ainda por cima não tive muito tempo para colocar a leitura dos blogs em dia, fui lendo as centenas de posts em atraso no Reader durante o fim de semana. De tudo o que li, chamou-me a atenção que muitas  das pessoas está descontente com o 25 de Abril... o que tendo em conta que a maioria até nem tinha nascido na altura e que dos que tinham, a maioria não teria mais que 10 anos, não deixa de ser algo estranho.
 
Quanto a mim, o 25 de Abril cumpriu na perfeição a sua função, o país vivia numa situação de atraso insustentável, fora dos centros urbanos a maioria da população vivia muito perto da miséria e  numa ignorância parva, não havia recursos, não havia educação, não havia liberdade, não havia nada. A imprensa era controlada completamente pelo lápis azul da censura e os direitos e liberdades que há muito eram comuns em todos lados, aqui não passavam de miragens.
 
E’ evidente que agora não vivemos no paraíso, mas ao contrario do que acontecia antes, agora somos nós, o povo, quem diz o que queremos que o país seja, somos nós que escolhemos os dirigentes que temos, e’ o nosso voto que elege quem nos governa, temos acesso a muitos e diferentes meios para reclamar e para exigir que as coisas sejam como devem ser...e claro, está em cada um de nós utilizar este poder da melhor forma.
 
Muitos dos posts que li falam da situação actual do pais para  tentar mostrar que o 25 de Abril e os seus ideais falharam, confesso, não consigo perceber o que tem a ver uma coisa com a outra.
 
O 25 de Abril foi há 35 anos, tinha ideais de liberdade, de conquista de direitos e deveres, e quanto a mim, eles foram cumpridos na perfeição. O que acontece actualmente no país tem a ver com muitas coisas, mas de certeza que tem pouco ou nada a ver com os ideais de Abril.
 
O 25 de Abril já passou há muito, acho importante que todos saibam o que foi e o que significou, que aos nossos filhos seja explicado como eram as coisas antes e porque foi necessário, mas foi um momento da nossa historia, a vida agora e’ outra, muito melhor seja qual for o ponto de vista, e falar de ideais de Abril ou  de falhanços da revolução, não faz o menor sentido... pelo menos na minha modesta opinião.
 
Jorge

 

PS:Imagem retirada do FlorBytes

PS2:E desculpem la os acentos

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:42


4 comentários

Imagem de perfil

De Paola a 27.04.2009 às 21:37

Venho dizer "Olá!" E já agora que vim, dizer que concordo contigo... Era inevitável um "25 de Abril" ... aconteceria maia tarde ou mais cedo. A ditadura tinha os dias contados! Hoje, a nossa desilusão não tem nada a ver com o derrube da ditadura... Nada!!! Antes com o modo como o caminho político e económico tem sido percorrido. E isso é outra coisa. Também eu, meu amigo, estou desiludida, mas aplaudo um dia que acabou com uma guerra estúpida, que desfez o lápis da censura, que devolveu cidadania... E que me permite estar agora a escrever estas vulgaridades...

Beijinhos
Sem imagem de perfil

De iris barroso a 27.04.2009 às 23:09

No meu blog nem uma palavra. As razões são muitas para tal: Não era viva na altura, não gostei de muitas das consequências que afligiram a minha família e o país em que nasci e, sobretudo, porque o 25 de Abril foi uma revolução que me orgulha como povo, das poucas feitas sem guerra, mas que já faz parte da historia:

Obrigada por isso, vou tentar esquecer o resto.
Sem imagem de perfil

De Maria Eugénia Pinto a 28.04.2009 às 00:46

Olá
Então e que tal a Irlanda? Está tudo a correr bem? Espero que sim...
Pois, a mim dá-me arrepios ouvir as pessoas a dizer mal do 25 de Abril e dos ideais que ele carrega. Como é que é possível??? Só mesmo quem não conhece nada da história do nosso país (e de outros que viveram em regimes ditatoriais) é que pode dizer tamanha aberração... Esquecem-se disso... que o 25 de Abril lhes deu o direito e a liberdade de dizer... mais não seja por isso deveriam estar agradecidos.
Mas, o povo português é mesmo assim... se lhes doi os pés, a culpa não é dos sapatos apertados que compraram, mas sim da Câmara que não calcetou devidamente o passeio... ou seja, dos outros... esquecemo-nos que os outros são e fazem aquilo que nós permitimos que eles sejam e façam...
Beijinhos
Imagem de perfil

De aespumadosdias a 28.04.2009 às 15:48

Durante estes 35 anos houve mudanças, mas como o atraso era muito, só na próxima geração é que talvez se notem grandes diferenças.

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D