Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Adopção em portugal

 

 

Esta semana o grupo nós adoptamos tem estado animado, a conversa tem versado sobre a forma como as assistentes sociais abordam as entrevistas e como os candidatos devem reagir e comportar-se.

 

A dada altura dei por mim a lembrar-me daquele dia em que tive a conversa telefónica com a assistente social, e que me deixou completamente angustiado, como expliquei naquele post em que falava de viver ou  limitar-me a existir. A verdade é que desde esse dia não voltei a ver a assistente social, ainda estou à espera da reunião de esclarecimento que me foi prometida e na única entrevista que tivemos, só esteve a Psicóloga, a senhora com quem falei ao telefone decidiu arranjar algo que fazer para aquela hora, isto apesar de ser a responsável do processo.

 

Esta semana ao ler a série de emails em que a maioria das pessoas fala em não fazer ondas, em não questionar muito, em parecermos todos muito simpáticos e atinadinhos, eu pergunto-me, mas somos candidatos à adopção, pessoas adultas e bem formadas ou um monte de carneirinhos a tentar fugir à degola? Mas porque carga de água é que havemos de levar com a incompetência e o desleixo das senhoras da segurança social e reagir que nem parvinhos? porque é que não havemos de reclamar?, porque é que não podemos exigir que se cumpram as leis e que elas façam o seu trabalho como deve ser?

 

É claro que há uma resposta simples para tudo isto.... porque as pessoas que estavam a participar naquela conversa querem ser pais...e pelos vistos neste país quem reclama, quem exige que se cumpram as normas, quem levanta ondas, deixa de ter direito a ser pai... pelo menos parece que é essa a conclusão que retiram os candidatos à adopção ... pelo menos foi isso que eu percebi no fim de ler os mais de 30 mails que compunham aquela conversa.....

 

Desculpem-me todas as pessoas que participaram...mas é muito triste.

 

Há uns dias escrevia um post em que se falava de sermos um povo triste, nos comentários eu tentei dar o meu ponto de vista e dizer que não o somos, afinal, se calhar tenho que me render à evidência, eu estou enganado, além de tristes, somos medrosos e parvos. Sim, somos, porque isto não é uma característica só dos candidatos à adopção, é uma característica geral, somos incapazes de fazer valer os nossos direitos, limitamo-nos a olhar para o lado... pior, muitas vezes pactuamos com as situações, deixamos ir para não nos chatearmos, deixamos andar para não sairmos escaldados, entretanto, a incompetência e o desleixo seguem o seu caminho e quem reclama é tildado de mal educado ou de ter mau feitio.... Depois falamos muito, deitamos  a culpa ao  governo, ou a alguém, a culpa nunca é nossa.. na verdade, nós somos os culpados, porque somos nós que deixamos andar, somos nós que não reclamamos, que não exigimos.

 

É triste, mas a conclusão que eu tiro, é que temos os funcionários públicos que merecemos, temos os serviços que exigimos, e como não somos capazes de exigir mais... nunca teremos mais!

 

Jorge

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:57


16 comentários

Sem imagem de perfil

De alex a 14.05.2009 às 23:36

olá Jorge,
vou-te responder. Até porque sou 1 das pessoas que mencionas dos 30 e-mails. Lamento só não poder ser agora (ainda tenho 1s horas de trabalho pela frente).
Bjs e fica bem...
alex
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 14.05.2009 às 23:40

Olá

Por acaso gostei muito do teu email.... e estava a pensar falar contigo a ver se não querias fazer um post com ele para o nos adoptamos..

Beijo
Jorge
Imagem de perfil

De DyDa/Flordeliz a 15.05.2009 às 01:31

Eu tinha preparado algo onde abordava o assunto do teu penúltimo parágrafo até estou com medo....
Vou dormir e pensar melhor se o publico
Beijoka
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 15.05.2009 às 23:26

Medo?...então porquê?..eu não costumo bater nos meus leitores...e muito menos se estes são meus amigos... e muito menos em ti....

:-)


Beijinho
Jorge
Sem imagem de perfil

De Bichana a 15.05.2009 às 12:09

Não poderia estar mais de acordo!!!
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 15.05.2009 às 23:29

Olá


Bom fim de semana
Jorge
Sem imagem de perfil

De Mara a 15.05.2009 às 17:55

Mais nada.... Jorge!
Quantas vezes não me arrependi de ter reclamado? Quantas? Inumeras... Hoje sei que fiz o melhor. Porque não compactuei com o mau serviço.

Bom fim de semana
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 15.05.2009 às 23:31

Olá Mara

Lembro-me muitas vezes de ti.... e só me apetece apertar o pescoço a alguém que ambos conhecemos..

Sim, só reclamando e exigindo as coisas podem melhorar

Bom fim de semana
Jorge
Imagem de perfil

De Cláudia Oliveira a 15.05.2009 às 18:21

podias dar soluçoes em vez de criticares o povo que somos.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 15.05.2009 às 23:24

Cláudia... tu por acaso leste o que eu escrevi?...e leste o outro post a que faço referência?

Eu faço, sim, eu reclamo, e utilizo o meu mau feitio...sempre que sinto que me estão a tramar reclamo.

A solução é essa, reclamar, exigir que as pessoas façam o seu trabalho como deve ser.

Jorge
Sem imagem de perfil

De Margarida a 15.05.2009 às 19:15

Ola ',

Sabes penso que o problema nao e' do Povo, mas do facto daquelas senhoras trabalharem com a faca e queijo na mao , sem terem ninguem que fiscalize o trabalho delas.
Efectivamente se elas embirram com uma familia , eles esperam 10, 15 anos para ser pais ou nunca conseguem.
Penso que mais do que as pessoas refilarem ou nao , tem que se criar as estruturas para poder haver reclamacoes e haver alguem que verifique as reclamacoes e possa alterar a situacao .
Neste momento, reclamacoes que ficam por ali, e nao vao alterar nada no futuro nao servem para nada excepto para deixar a familia mal colocada.

Beijinhos

Imagem de perfil

De Jorge Soares a 15.05.2009 às 23:59

Tu leste os mails como eu... o problema está naquele temor que víamos ali, se as pessoas reclamassem e exigissem, as coisas não eram assim.

Elas não tem direito a brincar com a vida das crianças e das pessoas, e ninguém tem direito, e nós não devíamos deixar.

Jorge
Sem imagem de perfil

De Fulano a 16.05.2009 às 02:12

Ou seja que as crianças deste país que esperam pais adoptantes estão nas mãos de pessoas que se EMBIRRAREM, impedem uma criança de ter uma família? Ou seja que as crianças que esperam uma família adoptante estão nas mãos de pessoas que não têm pejo em condenar uma criança a viver numa instituição só porque EMBIRRAM com a família A ou B e decidem punir a família com que EMBIRRAM porque EMBIRRAM? Ou seja que são pessoas deste calibre que decidem assuntos desta natureza? Isto a ser verdade é GRAVE! MUITO GRAVE! Infelizmente a minha intuição diz-me que MUITO POSSÍVEL.
Só uma coisa: usam pulseiras de berloques tilintantes e óculos na ponta do nariz e olham por cima destes com o ar de quem exige vassalagem e avaliando as pessoas a partir dos sapatos? Tem o ar auto suficiente da pequena burguesia que não cabe em si desde que tirou um curso superior e saboreia cada segundo do poder que tem, com tanto deleite que isso transparece ao longe?
Sem imagem de perfil

De Sónia Pessoa a 15.05.2009 às 21:56

Na tua última frase dizes tudo... temos o que merecemos, o que exigimos, nem mais... dá a sensação que estamos sempre a pedir favores a quem tem por obrigação fazê-los. Estamos sempre com receio que nos levem a mal e nos empatem a vida por isso, e assim baixamos a cabeça e sorrimos, pior que cordeirinhos, pois esses não sabem sorrir... bjo amigo
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 16.05.2009 às 00:04

Olá Sónia

Está na hora de mudarmos...

Beijinho
Jorge
Sem imagem de perfil

De alex a 24.05.2009 às 22:54

Olá Jorge,
desculpa só responder agora... mas estás à vontade para publicar o meu post no nós adoptamos. Entretanto qd tiver tempo gostava de fazer um sobre o nosso processo.
Bjs,
alex

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D