Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Quantos filhos querias ter?

por Jorge Soares, em 06.10.09

 

Quantos filhos querias ter?

Imagem da internet

 

 

No outro dia, depois de uma  conversa que entrou pela  noite dentro, que começou por Virus informáticos, passou por fotografia e por não sei quantas coisas mais, dei por mim a pensar no estranha que pode ser a vida.

 

A dado ponto a coisa foi assim:

 

Amiga says:qtos filhos querias?

Jorge says:

nunca pensei nisso

Amiga says:

nã ooo

Amiga: says:

então?

Amiga: says:

vá confessa-te

Jorge says:

não... tu não leste aquele meu post sobre os sonhos?

Jorge says:

eu não faço essas contas

Amiga: says:

devo ter lido 

Jorge says:

aquele em que eu falava do jipe e da casa com jardim

Amiga: says:

sim

Jorge says:

é o que eu dizia lá

Jorge says:

isto vai dar um belo post

Amiga: says:

ai valha-me a santa

Jorge says:

amiga.. eu não faço essas contas

Amiga:. says:

olha que eu estou a falr com a tua orelha amigo

Amiga: says:

não com o teu blog

Jorge says:

nunca fiz..a minha vida nunca durou o tempo suficiente na idade dos sonhos

 
É claro que a conversa continuou, falamos de muitas coisas, mas no fim não pude deixar de olhar para mim e sentir-me estranho, acho que assim como nunca tive jeito para sonhar, também nunca consegui ser pessoa de grandes planos. Nunca na vida pensei em quantos filhos queria ter... nem em se queria ter filhos ou não, simplesmente aconteceu, assim como nunca tinha pensado em ter um blog... até que um dia criei um. 
 
Há várias formas de ir pela vida, nunca fui um sonhador, talvez porque nunca tive muito tempo para isso, ou porque nunca achei que tivesse direito a sonhar. Comigo as coisas simplesmente acontecem... ou não. Imagino que pessoas como eu nunca farão o mundo avançar mais rapidamente, afinal é o sonho que comanda a vida....... eu não sei sonhar... limito-me a fazer com que a vida aconteça...
 
Felizmente, para além de tudo sou uma pessoa de sorte...e a vida encarregou-se de me juntar a alguém que sonha por mim e por ela.... depois, basta empurrar.. que a vida corre.
 
Entretanto a minha amiga também deve ter ficado a pensar no assunto, porque quando ontem voltei a ligar o computador depois de um fim de semana sem olhar  para ele, tinha a seguinte mensagem:
 
"Jorge um homem que não sonha porque se bem os pensa logo os realiza e por isso não perde tempo com sonhos ou fantasias."
 
 
Nem tanto ao mar nem tanto à terra...mas digam-me lá, sou mesmo só eu que nunca pensei em quantos filhos queria ter?
 

Jorge Soares

 

PS:Nunca tinha pensado no assunto.. mas agora que perguntas.... ganhasse eu o euromilhões.... e enfeitaria a minha casa com muitas fotografias como a que preside a este post... um arco-íris de filhos!

 

publicado às 21:56


20 comentários

Imagem de perfil

De DyDa/Flordeliz a 06.10.2009 às 23:08

És um homem prático.
E ao que eu chamo de sonho tu preferes chamar VIVER.
Com ponderação e sem medo enfrentando um desafio de cada vez mas com garra.
Eu também não vivo de sonhos, mas penso imenso, e é muitas vezes por pensar demais que me canso e me desiludo comigo e com o que me rodeia.
Houve uma época na minha vida que nem tempo tinha para mim, muito menos para a minha família. Sempre pensei ter mais do que um filho também. Ter um filho nosso, não um para que o meu marido o criasse sozinho.
A vida alterou-se. O tempo esgotou-se. E quando dei por mim era tarde demais (pelo menos para mim) para pensar em ter uma nova criança e começar tudo de novo.
Todos gostaríamos como tu de uma vida melhor. E quando penso numa vida melhor não penso na casa, no carro e na piscina. Não me faz jeito e muito menos me faz falta.
Falta faz a estabilidade, e essa não me provoca sonhos mas pesadelos.
E agora ficas a pensar: Raio de mulher negativa!
Muitas vezes sou. E é contra esta parte que detesto em mim que luto todos os dias.
Uns dias consigo, noutras vou tentando.

Imagem de perfil

De Jorge Soares a 07.10.2009 às 23:00

Pensar todos pensamos. A vida nem sempre é aquilo que queremos, talvez a minha tenha tido mudanças demais, muitas idas e vindas, muito recomeçar de novo... talvez alguma solidão e bastante... não sei onde pertenço. Acho que isso foi o que me fez aprender a aceitar o que vinha, enfrentar o mundo um problema de cada vez. É claro que isto tem vantagens e desvantagens, sendo que a maior desvantagem é que por vezes dou por mim a pensar se não me faltará ambição... se este continuo esperar que a vida aconteça, não me fará perder muitas vezes o comboio.. é que nem sempre ele volta a parar na mesma estação.

Imagem de perfil

De cigana a 06.10.2009 às 23:13

Um arco-íris de filhos, que ideia tão própria deste meu amigo tão idealista! Infelizmente não temos as facilidades e os rendimentos da Angelina Jolie, pois não?
Mas eu também nunca pensei em quantos filhos queria ter. Antes de os ter, nem sequer sonhava em ter filhos, nunca foi um sonho, um projecto de vida. Depois de lhe ganhar o gosto, pensei em ter vários... Teoricamente, muitos. Sempre achei o máximo as famílias numerosas. Na prática, o máximo que pensei foi chegar aos 3, e nem isso fiz.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 07.10.2009 às 23:07

Pois é.. infelizmente é verdade, porque o mundo é muito mais alegre quando está cheio de crianças... e um arco iris de crianças... é mesmo idealismo :-)
Sem imagem de perfil

De S@rit@ a 06.10.2009 às 23:53

Bom... eu desde que me lembro de pensar em "filhos" sempre disse o mesmo... quero ter 3! Porque assim quando o 1 se zangar com o 2 tem sempre o 3 para desempatar... :) acho que sempre pensei em 3 porque lá em casa éramos 3, e apesar de os outros 2 serem bem mais novos, desde que nasceram que passou a ser bem mais divertido... :)
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 07.10.2009 às 23:09

Olá

Essa tua teoria é engraçada... e já pensaste o que acontece se eles decidem fazer panelinha?

Eu só tive um irmão...e não foi nada divertido :-)
Imagem de perfil

De Existe um Olhar a 07.10.2009 às 01:59

Olá Jorge
Tu fazes aquilo que eu tanto apregoo e que ainda não consegui pôr em prática...Viver o momento...
Deixaste-me a pensar se hei-de ou não continuar a sonhar.
Talvez a única coisa com a qual nunca sonhei foi com o número de filhos que gostaria de ter, só tive um, gostava de ter tido outro, não aconteceu... em contrapartida tenho sido mãe de muitas crianças, se calhar não teria tanta disponibilidade para o fazer se tivesse mais dois ou três.

Beijos
Manu
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 07.10.2009 às 23:22

Olá

Por favor... sonhar não tem nada de errado, sempre e quando se saiba distinguir e não se viva em ansiedade.

Viver o momento tem algumas vantagens, mas também tem desvantagens, muitas vezes ficamos parados e apeados à espera que o mundo passe, acontece que nem sempre ele passa duas vezes pelo mesmo apeadeiro... mas uma coisa é certa, eu não vivo ansioso, nem à espera, simplesmente tento fazer com que a vida aconteça.

Beijinho
Jorge
PS:então, quando terminamos o blog?

Beijinho
Jorge
Sem imagem de perfil

De Maria a 07.10.2009 às 06:25

Eu acho que a sua filosofia de vida ou postura perante a mesma é bastante saudável! Essa questão do sonho comandar a vida é uma metáfora. Eu acho que não é bem o sonho! É mais a necessidade...

Quanto a ter um arco-iris de filhos, acho que a ideia não podia ser melhor! O Jorge, enquanto homem, transmite-me uma espécie de sentimento e de confiança que só encontro nas mulheres, ao nível das questões da maternidade/paternidade ... Acho que acaba por ser um excelente exemplo do que um homem (sem preconceitos de género) tem tantas competências e capacidades como a mulher. Basta querer!
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 07.10.2009 às 23:25

Humm...acho que vou mandar emoldurar este comentário.. ou fazer um post do estilo daquele que bateu o recorde de comentários.

Obrigado por tão simpáticas palavras.

Estou completamente de acordo, por vezes o sonho em lugar de comandar, encandeia a vida, e nem todo o mundo tem a capacidade de manter os pés assentes na terra... depois é o que se vê por aí.. muita gente a viver para além da sua realidade.

Jorge
Imagem de perfil

De Pedro Oliveira a 07.10.2009 às 09:47

Nunca quisemos só um,mas a segunda veio só 7 anos depois, já mais calmos e a precisar de confusão em casa.O terceiro...não sei.
abraço
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 07.10.2009 às 23:26

Olá Pedro... afinal não sou assim tão estranho como a minha amiga dizia.

Abraço
Jorge
Sem imagem de perfil

De entremares a 07.10.2009 às 15:19

Meu caro Jorge...

Pergunta dificil, a que tu fazes...

Mas olha, gosto da ideia do arco-iris, das sete cores, quer no número, quer no significado das cores.
Tenho três... nunca fiz "pontaria" para mais... nem para menos. Sem palpites.

Ou seja, não, nunca pensei no número...

Um abraço.
Rolando
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 07.10.2009 às 23:28

Olá Rolando

Um arco íris é sempre algo belo... mesmo que seja um arco iris de filhos :-)

Como dizia antes, já não me sinto tão estranho, afinal, há muito quem não os tenha contado

Abraço
Jorge
Sem imagem de perfil

De eva lima a 07.10.2009 às 19:03

...já somos dois (e mais o um cá de casa).
Chegámos aos 5, voltámos aos 4, claro que com dificuldades de tempo, dinheiro que não estica e paciência que encolhe. Um dia de cada vez.


PS lembrei-me de ti num campismo em S. Jacinto - caravanas-casa, etc e tal.
Sem imagem de perfil

De Sónia Pessoa a 07.10.2009 às 20:49

Respondendo logo à tua pergunta, lembro-me de ser miuda e com as amigas palnear a idade a que iria casar e quantas crianças iria ter. Mas o teu post deixou-me a pensar, quem será mais feliz?... quem sonha, sonha, concretizando esses sonhos umas vezes e outras não, ou quem não sonha, como tu, e vive de bem com a realidade sem nunca se deixar (des)iludir?... não sei bem a resposta, mas por mim, às vezes prefiro não sonhar para não me desiludir, mas isso talvez seja porque ultimamento são mais os sonhos que não se concretizam do que os que realizam... má onda, chamo-lhe eu... beijinhos
Imagem de perfil

De Júlia a 08.10.2009 às 10:40

Olá Jorge!
Passei assim muito apressadita, e não poderia mesmo ir-me embora sem te deixar o meu verdicto :)... é pá! Somos dois! Tb nunca fiz grandes planos, mas sou muito sonhadora. Acreditas que a sorte bafeja os sonhadores? Eu começo a acreditar que sim (não é o único ingrediente, mas é o principal... talvez esta tenha algo a haver com o facto de geralmente as pessoas sonhadoras serem muito positivas... tenho que fazer uma tese sobre este pensamento...lol), mas com relação a filhos, tenho que afirmar: sempre AS planeei!... sempre soube que ia ter DUAS MENINAS. E Deus abençoou-me com elas.
Um dos mais preciosos valores da humanidade, continuam a ser as crianças. São mesmo o melhor do mundo e felizmente nós, os portugueses, temos bastante consciência disso (salvo uma ou outra triste excepção).

Fica bem Jorge!!! :)

Comentar post


Pág. 1/2



Ó pra mim!

foto do autor


Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D