Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Gripe A.. informação... ou falta dela?

 

Ontem foi dia de voltar ao trabalho, volta ao trabalho depois de uma baixa implica obrigatoriamente uma visita ao médico do trabalho,  e por norma cada visita minha ao posto médico implica mais de uma hora de conversa, não fosse eu desde que entrei para a empresa o responsável pelos programas da medicina no trabalho. Ontem não foi a excepção e como não podia deixar de ser, a conversa tinha que versar o tema do momento... a gripe A. 

 

A consulta em si demorou menos de 5 minutos, a conversa sobre a gripe durou muito tempo e versou muitas coisas, e para ser sincero saí de lá preocupado. É claro que as opiniões valem o que valem. Falamos sobre a vacina, esta médica não está entre os imprescindíveis, logo não sabe quando a poderá tomar, mas sim, tomará na primeira oportunidade, Porquê? porque esta gripe mata!!!!! E pior que matar, mata gente jovem!

 

Segundo ela, e ao contrario da ideia que se faz passar, a gripe mata mesmo e como se viu a semana passada, mata crianças saudáveis, aqui eu contrapus o que tinha ouvido, que aquela criança morreu porque teria um problema cardíaco.

 

-Se a criança tivesse aquela doença, teria sintomas, vários sintomas que não passariam despercebidos, a doença foi provocada pela gripe e está provado que a gripe a provoca.

 

A gripe A e as crianças

Depois falamos dos grupos de risco, de como só em Portugal é que os políticos estão nos grupos de risco, ou os empregados das empresas publicas, se se prevê que a doença vai atacar 30% da população, significa que as empresas terão 70% das pessoas disponíveis, qual é 

a grande empresa que não consegue manter-se a funcionar com 70% dos empregados? Segundo ela, os pais e acompanhantes de crianças até aos seis meses deviam estar no topo dos prioritários e as crianças com doenças crónicas, e os doentes crónicos e claro, todos os profissionais de saúde.

 

Depois falamos sobre o numero de vacinas comprado, 40000 e contratos para 3 milhões que não se sabe quem pagará, nem se sabe quando será, se calhar isso explica o motivo porque há tanto barulho sobre a vacina....  e falamos sobre muitas coisas mais, sobre o vírus e a forma como se transmite, sobre a vacina da gripe comum, sobre a forma como estão a ser tratados os doentes.... sobre os nossos filhos.

 

As opiniões valem o que valem, mas como diziam numa das minhas terras:

 

Todo en la vida depende del color del cristal con que se mire!

 

A conversa assustou-me...

 

Jorge

PS:Enviei há mais de 24 horas uma reclamação para a SIC sobre o facto de mostrarem a cara de crianças menores de idade e a pedir para retirarem a reportagem do Site dado que vai contra a lei de proteção de crianças em risco.... aguardo resposta, alguém da SIC por estes lados?

PS2:Imagem do Público

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:18


18 comentários

Sem imagem de perfil

De Cristina a 04.11.2009 às 22:20

Jorge,

Não será algo assim:
- a gripe mata quando surgem complicações associadas a outros factores de risco;
- a gripe sazonal mata idosos porque estes são o grupo mais vulnerável à gripe sazonal;
- gripe A mata pessoas jovens porque este é o grupo mais vulnerável à gripe A;

Sinceramente, custa-me a crer que nos andem a enganar, até porque há estatísticas de outros paíse que podem ser utilizadas para comprovar o que se transmite. Não é que eu o tenha feito, quero apenas dizer que não será muito dificil ter uma visão mais ou menos aproximada da realidade pegando na informação disponível de paises mais afectados.

Cristina

Imagem de perfil

De Jorge Soares a 04.11.2009 às 22:26

Bom, segundo ela, o teu primeiro ponto não é verdade, a gripe A mata jovens em que não está presente nenhum factor de risco, e segundo ela, esse era o caso da criança que morreu a semana passada.

Sobre o que aconteceu no estrangeiro, ela falou de dados da Espanha, onde ao contrario de aquilo que se estava a fazer passar para a opinião publica, estava provado que morrem jovens sem factores de risco, é claro que eu contrapus que lá estive em Agosto e li os jornais... ela disse que a Espanha é um país turístico e que o que saia para os jornais é o que interessa, mas não eram os dados reais...

A mim também me custa a crer...acredita...

Jorge
Sem imagem de perfil

De xana a 04.11.2009 às 23:28

A D. nasceu com um pequeno sopro cardíaco, foi sempre seguida no H. de Sta. Marta em Lisboa e já teve alta hopitalar, o que significa que o sopro fechou. Mas para nós, vivemos com o coração apertado, porque a gripe pode ter as suas consequências e ela é fraca no que respeita ao aparelho respiratório, e seguno a pediatra tem as defesas muito baixas, por isso as constipações frequentes, e a tosse. Na ama já ouve um menino com gripe A, e fizeram todos quarentena, mas na semana passada ela começou a queixar-se de uma dor no peito, fui chamada à escola e levei-a eu à urgência,( porque a mãe estava em Mafra em tabalho), tem uma "pequena pneumonia", está a fazer antibiótico, e não vai à escola, mas está na ama, e claro há na ama crianças que vão à escola e na próxima semana ela terá de voltar ás aulas, logo vamos andar preocupados, até esta cena da gripe passar, porque ela é frágil.
Também não comprendo o porquê dos políticos serem considerados grupo de risco para a gripe A. Eles são em dúvida um grupo de risco, mas não é certamente por razões de saúde... só se for da nossa saúde mental, de ter de levar com eles a fazerem bararidades umas atrás das outras...
bjks
Sem imagem de perfil

De xana a 04.11.2009 às 23:35

"Na ama já ouve um menino"

"...já houve..., "
assim está correcto
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 05.11.2009 às 22:29

Olá Xana

Espero que a D. recupere rápido.

Hoje à hora do almoço falávamos disso, as crianças tem febre e vão para casa, mas como não tem pais ricos e não há quem fase as análises para ver se é gripe A ou uma constipação, tomam os medicamentos do costume para baixar a febre, e são recambiadas para as amas ou os ATL's, onde vão contagiar os outros.... ora, não era melhor estarem na escola? de que serve a quarentena se depois vão estar na mesma em contacto com outras crianças?, afinal na gripe comum elas vão na mesma para a escola....

É claro que no caso de crianças mais frágeis como a tua D. elas deveriam estar mesmo em casa.... mas quem tem pais ricos?

Beijinho
Jorge
Sem imagem de perfil

De Essência a 05.11.2009 às 09:13

Ai Jorge,

Agora assustaste-me... eu que nem andava quase nada preocupada, mas com os miúdos pequenos e a frequentar a escola, já não sei não.

Essência
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 05.11.2009 às 22:31

É, foi assim que eu fiquei, preocupado, mas não vamos deixar de viver por isto, acho que devemos mesmo ter atenção às medidas de protecção...e esperar que isto passe rapidamente

Jorge
Sem imagem de perfil

De lena a 05.11.2009 às 09:21

Olá Jorge!
Bem,o seu post deu-me que pensar.Não andava preocupada,mesmo tendo uma especie de constipação alergica desde Setembro.Acho que anda aí algo no ar.Nunca fui disso.Acho que a GripeA pode matar sim,mas nao deixo de pensar que a outra também,só nao se fala nela.É também provado que se espalha a notícia de perigo para a indústria do Tamiflu vender e agora o contraposto de que a vacina faz mal para a concorrência arranjar outra.Infelizmente,começo a pensar que tudo nao passa de 1 questão de dinheiro e lucro e as pessoas que estão doentes,são deixadas ao deus dará...E essa divisão de quem a deve tomar,está mal feita,também acho.
Mudando para 1 assunto mais animado: Menino Jorge,e o seu texto de 25 linhas e 1 foto para a Blogagem de Novembro da Aldeia? Hum? tem até dia 8 para aminhaldeia@sapo.pt

Jocas gordas
Lena
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 05.11.2009 às 22:35

Olá Lena.

Até dia 8 é? ainda faltam 3 dias.... tenho que lá ir mesmo.

Existem algumas diferenças entre esta gripe e a sazonal, a principal é que esta ataca principalmente pessoas mais jovens, a segunda é que a outra mata pessoas com organismos debilitados, esta para além de esses, mata pessoas perfeitamente saudáveis... para além de ser um vírus com uma velocidade de propagação muito maior.

Bom, esperemos mesmo que isto tudo seja um enorme exagero.

Jorge
Imagem de perfil

De Pedro Oliveira a 05.11.2009 às 09:45

Quando vejo atletas a morrer de morte súbita e eles que fazem exames bem rigorosos, tenho alguma dificuldade em perceber o quer que seja.
Cada médico seu sentença, o melhor a fazer é levar a vida normal e quando ela chegar ficar em casa de quarentena.Ainda a semana passada uma pessoa conhecida com 42 anos, aparentemente saudável ,teve um AVC.Isso asusta-me bem mais que a gripe seja ela A ou B.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 05.11.2009 às 22:37

Olá Pedro

Bom, eu também não vou deixar de viver a vida normal, afinal, e como ela também disse, morrem muito mais pessoas de acidentes rodoviários que de qualquer gripe, e não é por isso que as pessoas deixam de andar de carro.... mas é claro que ante este quadro, fiquei preocupado.

Abraço Pedro
Jorge
Sem imagem de perfil

De Maria a 05.11.2009 às 10:41

As opiniões valem o que valem, de facto, e essa é a primeira profissional de saúde que oiço falar assim... Falei com a pediatra do meu filho, sei o que outros pediatras dizem e vai tudo na mesma linha: esta questão está sobrevalorizada.

Claro que a gripe mata. Mas não é preciso ser a gripe A. A "normal" também mata...

Quanto à criança que morreu a semana passada, apesar de não ser médica, não sei se será mesmo assim como essa médica disse. Há patologias do foro cardíaco que não dão sintomas...

E depois o diagnóstico também não é fácil. O Electrocardiograma, por exemplo, exame perfeitamente banal, não detecta nada e isto foi um médico que me disse. Nós podemos estar a duas horas de ter um ataque cardíaco que se fizermos este exame ele não acusa nada!!!

Enfim, cada cabeça, sua sentença.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 05.11.2009 às 23:10

É verdade que há patologias cardíacas que não dão sintomas, mas também é verdade que esta não é uma dessas, segundo a médica, se a criança tivesse esta doença teria obrigatoriamente que ter sintomas....

Mas concordo, tudo isto não passa de opiniões, e tantas opiniões contrárias deixam a nossa confiança nos médicos muito abalada... pelo menos a minha deixa. E como já disseram por aí, também não é por isto que vamos deixar de viver.

Jorge Soares
Sem imagem de perfil

De DH a 05.11.2009 às 11:28

É tão fácil ouvir o que queremos, ou deixarmos ecoar em nós apenas as palavras que entram em ressonância com aquilo que nós já acreditamos...
A profissional de saúde com quem tu falaste apenas colocou em evidência aquilo que sabemos: o vírus da gripe pode ser mortal. Pode alojar-se nos músculos, incluindo o coração. (O meu filho mais novo da única vez que teve gripe deixou de andar... isto porque o vírus se alojou nos músculos das pernas... uma complicação grave do vírus "comum". Deixou de andar dois dias, o tempo que durou a re-infecção, e teve que fazer várias análises ao sangue.)
Pergunto-me para que é que serve um médico que deixa o "cliente" preocupado...
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 05.11.2009 às 23:15

Olá

Estava a ver que estavas chateada comigo.... nãonos vamos chatear, ok?

É tão fácil ouvir o que queremos como ignorar o que não queremos e deixar cair as palavras que vão contra as nossas convicções...

Assim de repente olhamos para os comentários, para as noticias nos jornais e parece que uma pandemia se resume a um jogo de palavras.... ambos sabemos que não é...e algo me diz que nas próximas semanas tomaremos consciência disso .... este é um daqueles casos em que espero estar enganado... e terei todo gosto em o reconhecer.

Jorge
Imagem de perfil

De cigana a 06.11.2009 às 23:16

Pois eu continuo pasmada com a ignorância geral.
A 1ª pessoa que me alertou para os riscos da gripe A, há muitos meses atrás, disse-me agora que só usa o desinfectante quando chega a casa, em vez de o usar antes de sair e ao longo do dia.
Uma velhota perguntou-me se a dor reumática do braço seria Gripe A.
A manicure lá do meu cabeleireiro espirrava e tossia e assoava-se sem nunca parar para ir lavar as mãos ou desinfectar-se e anunciava que estava a contagiar toda a gente, e não vi ninguém opor-se a arranjar as unhas naquelas condições...
A informação realmente é preciosa.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 07.11.2009 às 22:21

Sim, a informação é algo preciso...e a julgar pelos teu comentário... não está a passar nada para o povo... nada.

Beijinho
Jorge
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.11.2009 às 14:03

bem entei neste chat e querem saber. eu tenho gripe a e o k mais me custa e estar sem meus filhos .kuanto aos sintomas axo k nao sao todos iguais~

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D