Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fala baixinho, é segredo!

por Jorge Soares, em 14.12.09

 

Imagem minha do Momentos e olhares

 

 

Sou um menino,

Cheguei a um Mundo, perdido,

Perdido de espaços ao meu sonho.

 

Descobri rostos, que me queriam, sem saber o meu rosto

Quando eu estava perdido, despido do calor da infância.

Encontrei braços de ternura,

Que me enlaçaram de Amor.

Que me conduziram às estrelas.

 

Eles, que me encontraram,

Que me sonharam, sonhando o meu sonho,

Que me procuraram, para nos realizar.

 

Eles, que me amaram sem eu saber

Quando eu era um menino, num Mundo perdido.

Eles, que me resgataram à vida,

Correndo um Mundo por mim.

 

Eles, meu Pai- Sol

Minha Mãe- Lua

Que do céu me guardaram,

Antes mesmo dos seus braços me envolverem.

 

Correram o Mundo por um filho

E eu ganhei o Mundo pelas suas mãos…

 

Quando eu era apenas…

Um MENINO DO MUNDO!

 

Francisca Chixaro

 

Uma criança é uma criança em qualquer parte do Mundo!

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:39


15 comentários

Imagem de perfil

De Abigai a 15.12.2009 às 09:37

Lindo... Gostei!
E não há nada como uma criança e como o amor que nos dá incondicionalmente!
Sem imagem de perfil

De Mara a 15.12.2009 às 10:30

Assim baixinho....

PARABÉNS!
Sem imagem de perfil

De Cham a 15.12.2009 às 11:33

Jorge,
também sou mãe adoptiva de um casalinho maravilhoso. Tivemos a semana passada a audiência e o processo está finalizado. Desde o ano passado +/- que visito o seu blogue, como sou bastante preguiçosa ainda não tinha comentado, mas aguardava ansiosa por este momento, ao ler este poema espero que seja o que estou a pensar e desde já, muito em segredo, quero deixar aqui um grande beijinho de Parabéns!
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Jorge, <BR>também sou mãe adoptiva de um casalinho maravilhoso. Tivemos a semana passada a audiência e o processo está finalizado. Desde o ano passado +/- que visito o seu blogue, como sou bastante preguiçosa ainda não tinha comentado, mas aguardava ansiosa por este momento, ao ler este poema espero que seja o que estou a pensar e desde já, muito em segredo, quero deixar aqui um grande beijinho de Parabéns! <BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>Cham</A> (Ana)
Sem imagem de perfil

De Rosalino a 15.12.2009 às 12:18

Por todos os meninos despidos do calor da infancia e por todos os meninos perdidos.
Obrigado por este poema.

Aos Pais- Sol e ás Mâes - Luas que esperam por estender os braços de Amor para enlaçar meninos perdidos.
Continuem na "luta" de dia apôs dia, mês apôs mês e ano apôs ano, ser perseverantes perante a angustia e o desanimo que isso pode provocar.

Obrigado por eles também.
Fazemos parte desse rol com uns braços pequenos no tamanho. Para tanto Amor que queremos dar.

Rosalino
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 16.12.2009 às 00:02

Em nome do amor que temos para dar... e que vamos dar

Jorge
Sem imagem de perfil

De Leamar a 15.12.2009 às 15:08

Jorge,
Tenho lágrimas nos olhos e felicidade no coração!!
Sabe tão bem o sentimento de felicidade por sentir os outros felizes!!
Sem te conhecer, sinto-me feliz por te saber feliz!!!
Que isso perdure para todo o sempre...e que essa criança te dê o Mundo...mesmo que penses que o correste para a amar!
Felicidades.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 16.12.2009 às 00:03



Obrigado, em meu nome e .....
Imagem de perfil

De Pedro Oliveira a 15.12.2009 às 15:41

É sim senhor!
abr
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 16.12.2009 às 00:03

Mas vai deixar de ser,..... rapidamente... espero

Abraço Pedro

Jorge
Sem imagem de perfil

De Cristina a 15.12.2009 às 19:19

Olá, Jorge!

A vossa menina andava tímida, não é?!

Parabéns e muitas felicidades!

Cristina
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 16.12.2009 às 00:04

Ainda anda.... mas menos
Imagem de perfil

De DyDa/Flordeliz a 16.12.2009 às 00:29



Felicidades

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D