Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




E a vossa passagem de ano?, como é?

por Jorge Soares, em 28.12.09

Fogo de artificio no ano novo

 

Imagem da internet

 

 

Ontem falamos aqui do natal, o comentário da Sandra deixou-me a pensar. Conheço a Sandra e o António há algum tempo, partilhamos muitíssimos pontos de vista, e algumas.. bastantes .., formas de estar na vida.... são pessoas que quando abraçam uma causa, fazem-no com convicção absoluta, sem meios termos, só para dar um exemplo, eles são de entre as centenas de candidatos à adopção que conheço, os únicos que se dispuseram a adoptar sem colocar nenhuma condição.. nenhum limite.

 

Entendo a forma de olhar para o natal da Sandra, mas apesar de ser tão ateu como ela, não consigo olhar para as coisas de uma forma tão radical, como disse ontem, para mim o natal tem um significado que tem pouco de religioso, mas não deixa de ter um significado importante, é a festa da família. Era capaz de deixar aqui uma aposta em como a Nessa para o ano que vem volta a desencantar os enfeites e volta a decorar tudo... 

 

Mas fiquei a pensar, e o ano novo?  Cá em casa o ano novo é a nossa festa, não vamos a lado nenhum, acendemos a lareira, preparamos o jantar, por norma Fondue, jantamos os 4, vemos televisão e quando se acerca a meia noite vamos algures ver o fogo de artificio, os 4, pelo prazer de ver o fogo..depois voltamos para casa..e já passou.

 

Sandra, como é que olhas para a passagem de ano? festejas? danças, gritas, comes uvas?..quiçá, dormes?..  como é que cada um olha para o ano novo? 

 

Jorge

 

 

publicado às 22:11


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Sandra Cunha a 29.12.2009 às 01:42

Pois...não conheces a preguiça da Nessa a funcionar :)

Em relação ao Ano Novo, normalmente também não ligamos muito e nem sequer conseguimos ver o fogo de artifício (infelizmente!).

Habitualmente passamos esses 15 a 20 minutos de intensas explosões de foguetes a tentar desesperadamente acalmar os dois cães (mais maricas não há!) que aqui tenho e que tremem que nem varas verdes, ganem, correm, mandam tudo pelo ar... enfim, só mesmo assistindo.

Nos últimos anos adoptámos a estratégia de não ligar nenhuma ao chinfrim que eles fazem e é certo que cada ano que passa fazem menos e parecem estar um pouco mais calmos.

Já houve uns anos em que ficámos em casa, outros (como este) em que vamos a casa de familiares que nos convidaram para jantar...tal como vamos noutros dias do ano.

Mas por falar em épocas festivas, já há uns anos que comemoramos sempre uma que, essa sim, é verdadeiramente importante para nós! Trata-se do 25 de Abril. Todos os anos lá estamos nós no desfile pela Avenida da Liberdade. O António e a Nessa junto dos sargentos da Marinha e eu, a saltitar de um lado para o outro que sou uma pessoa com muitas solicitações :)

Depois à noite (e se não estivermos ainda de rastos) vamos a um concerto de rua.

Beijos e boas entradas :)
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 29.12.2009 às 22:16

Olá Sandra

Durante anos passei o ano a trabalhar, trabalhava numa discoteca e era uma noite de festa..apesar do trabalho, agora é uma noite que vale porque apesar de passarmos os 4 sozinhos é sempre uma noite diferente, pela ementa e claro, pelo fogo de artificio de que todos gostamos muito.

A vida é muito curta, tão curta que não a podemos levar sempre a sério, temos que tirar alguns momentos para nós..e para festa.. que como dizima na minha terra, tristezas não pagam dividas...

Mas estou de acordo contigo, o 25 de Abril é uma data que deveria ser festejada com muita mais alegria e barulho que qualquer passagem de ano.. infelizmente cada vez menos é assim.. porque o estado não está interessado em transmitir isso às gerações que não passaram pelo dia.

Beijinho
Jorge

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Ó pra mim!

foto do autor


Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D