Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Crianças em Cabo Verde

 

Tudo começou quando ela queria uma mana, na verdade tudo começou antes, mas até aquele dia eu não estava para aí virado, mas há apelos que são maiores que nós, apelos que são maiores que o coração, desde então passou mais de um ano e meio, passamos pela avaliação e neste blog falou-se muito sobre adopção...e o sonho foi crescendo, um sonho feito de alentos e desalentos, momentos altos e baixos.... agora o sonho cumpriu-se.

 

Chegamos no Domingo de Cabo Verde e connosco veio a D., uma menina linda e sorridente com uns olhos negros expressivos.

 

Cabo Verde é um país de pessoas simpáticas, um país de pessoas que sabem receber, mas é um país que está a muita distância dos padrões da vida ocidental que conhecemos e a que estamos habituados, um país em que as pessoas sobrevivem. Para terem uma ideia, o ordenado mínimo é de 9000 Escudos por mês, 90 Euros, mas dizia-me um dos taxistas que conhecia pessoas que viviam com metade disso.

 

Conheço várias pessoas que optaram pela adopção internacional e por Cabo Verde, já tinha ouvido várias histórias, mas nada nos prepara para a realidade que encontramos, há que passar pelas situações para as podermos sentir e entender... e acreditem, há coisas que são difíceis de enfrentar. Ver as condições em que a minha filha vivia tocou-me a alma e tocou-me muito mais saber que há muitíssimas mais crianças em piores condições.

 

Em Cabo verde os processos de adopção não funcionam como cá, não há segurança social que encaminhe as crianças, não há instituições onde elas estejam, na maior parte dos casos elas estão com a família, com os pais ou com familiares, ou com famílias que as ajudam, e vem directamente de uma família para a outra.

 

É evidente que em 99% dos casos não há registos de saúde, nunca há avaliações prévias, não há vacinas, não há nada, há uma enorme miséria, há crianças que chegam a Lisboa e vão directamente para o Hospital, tal era o estado em que se encontravam.

 

Felizmente a nossa D. é uma menina feliz e sorridente, que nos adoptou tão rápidamente como nós a ela, ela é a prova de que eu estava errado, afinal, os sonhos existem....e tornam-se realidades.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:23


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Maria João a 09.02.2010 às 00:07

Quem faz esta viagem não volta a mesma pessoa! Nunca mais somos os mesmos.
Ir ao encontro de outros Mundos exige muito mais do que apanharmos um avião.
Por muito que se repita a experiência vivida é impossível transmitir a intensidade e as emoções que se cravam na nossa alma para sempre.

As lágrimas são impossíveis de conter perante realidades que nos ultrapassam e temos uma vontade infinita de trazer connosco todas aquelas crianças. Abraçar um Mundo tão diferente daquele que conhecemos e estar disposto a amá-lo para sempre é das emoções mais intensas pelas quais se pode passar.

A adopção internacional exige muito amor pelo Mundo e muita capacidade de amar para lá daquilo que conhecemos.

A adopção internacional é um milagre para muitas crianças deste mundo.

Bem hajas, Jorge, por teres estado disposto a fazer esta viagem na vida juntamente com a P.

A tua D. bem como a minha S. e D são a prova de que quando se fala de crianças não se pode falar de fronteiras e que todos os Meninos do Mundo merecem uma família, serem amados e serem felizes para sempre.

Um grande beijinho.

Maria João

Imagem de perfil

De Jorge Soares a 09.02.2010 às 21:21

Olá amiga.

Tens razão, depois disto não voltamos a ser os mesmos, porque há imagens que nos marcam, imagens que ficam marcadas nos nossos corações.... algumas muito tristes, porque nos recordam que somos humanos e a nossa humanidade tem limites... limites que nos impedem de tantas coisas...

Mas tu sabes que tudo isto se deve antes de mais a ti... a vida da minha D., da tua D e de tantas outras crianças que quem sabe onde e como estariam neste momento.... deve-se a ti, em meu nome e em nome de todas elas... obrigado.

MAs esta viagem deu-me muita mais vontade de lutar...e uma vontade enorme de enfrentar o mundo e as suas injustiças... estarei a teu lado... na tua luta.

Um grande beijinho
Jorge

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D