Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Se eu podia viver sem a Bimby?

por Jorge Soares, em 30.03.10

Se eu podia viver sem a Bimby?.....

 

 

Antes de mais, queria recordar que cá em casa quem cozinha sou eu, desde que nasceu a R. há uns 10 anos que é assim, de tal modo que quando eu por algum motivo não estou, os meus filhos tem saudades minhas e dos meus pratos. Mas eu sou um daqueles cozinheiros que é incapaz de fazer duas vezes o mesmo prato da mesma forma, eu cozinho com o que tenho à mão no momento, sem medidas certas, sem ingredientes certos e sem a menor ideia sobre os tempos, passo a vida a inventar e a verdade é que a maioria das vezes me saio razoavelmente... ou não estivessem as minhas receitas entre os posts mais visitados deste blog. Haverá muita gente enganada... mas ainda ninguém se queixou.

 

Durante muito tempo achei que a Bimby era sobretudo algo que para a maioria das pessoas seria muito caro, para mim era, dar 1000 Euros por uma panela convenhamos que está assim para o fora de mão, por muito que a panela faça bolinhos e tire cafés (não, não tira mesmo) ..... principalmente quando já temos as panelas todas que precisamos. É claro que na altura participei activamente em todas as conversas possíveis e imaginarias sobre o assunto, até no grupo de mail sobre adopção isto foi tema para muitos mails.  E confesso que tendo provado dois ou 3 pratos preparados pela coisa... não fiquei convencido, principalmente porque eu gosto de comida apurada... o meu frango guisado demora uma hora a ficar pronto... mas garanto que ninguém sai daqui a dizer que não estava delicioso... apurado. Ora, para mim a Bimby era uma panela de pressão um bocadinho mais evoluída...e eu não gosto nada de cozinhar à pressão.

 

Ante esta minha forma de pensar, demorou principalmente porque quem cozinha sou eu, mas era mais ou menos inevitável que ela cá chegasse... foi oferecida e também já não havia forma de rejeitar, e agradeço de coração o presente.

 

Primeira consequência da chegada do novo brinquedo..... passei a cozinhar menos vezes... eu sou mau a seguir receitas, lembram-se deste post? Estes dias a P. saiu-se com esta:

 

-Tenho que dizer à minha mãe que tenho que ter cuidado com os presentes dela.... este fez com que eu voltasse à cozinha.

 

Hummm, ponto a favor da Bimby.

 

Passados uns 15 dias a minha opinião não mudou muito, é verdade que é uma coisa versátil, para uma coisa tão pequenina consegue fazer muitas coisas, e a verdade é que os sumos, os batidos, os gelados, a maioria das sobremesas, são excelentes... mesmo. Por outro lado, uma panela em que conseguimos num dia fazer pão e piza para o jantar, no dia a seguir conseguimos fazer lombo de porco inteiro e no dia a seguir peixe ao sal... convenhamos que é uma panela especial... quanto a versatilidade e a utilidade.. estamos conversados.

 

É uma máquina perfeita?... não, não é, nós somos latinos, gostamos da cozinha mediterrânica e de sentir os sabores; azeite, alho, coentros, salsa, chouriça, louro, alecrim, manjericão, ervas aromáticas... são tudo sabores que nos habituamos a sentir na nossa cozinha... e desculpem lá, mas nos cozinhados da Bimby.. é muito difícil sentir os sabores. O principio básico da maquina é a indução, as coisas aquecem e cozem rapidamente, ficam tenras e bonitas.... mas por mais que os ingredientes lá estejam todos, não há tempo para apurar os sabores....

 

No outro dia quando fiz o lombo de porco enganei-me na receita e coloquei todos os ingredientes no inicio, o lombo esteve 50 minutos a cozer ao vapor, ficou razoável, mas nem assim ficou apurado. Estava bom, mas não tinha nada a ver com o meu lombo de porco com laranja que fez a delicia de vários dos meus leitores....

 

Resumindo, se eu podia viver sem a Bimby.... não sei, era a mesma coisa?, não, não era... mas a comida era mais saborosa.....  havia menos doces, menos sumos e sobremesas... e quem sabe é agora que definitivamente, me converto à cozinha de bolos... isto se conseguir recuperar o meu lugar na cozinha.

 

Jorge Soares

publicado às 21:44


30 comentários

Imagem de perfil

De Sofia a 04.04.2010 às 00:22

Eu podia viver sem a bimby...aliás eu posso! Isso é coisa que não entra cá em casa. Não há nada como a nossa mãozinha a mexer o tacho e a misturar os ingredientes na hora certa.

Tens que por os pontos nos "is" a essa coisa, afinal quem manda na cozinha és tu :)
Beijinhos*
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 06.04.2010 às 23:00

Olá

Sem Dúvida, não há como a nossa mão para apurar os sabores.

Não me parece que vá ter que me esforçar muito... não há muito quem goste de cozinhar... e eu gosto :-) não demora muito a voltar tudo ao normal

Beijinho
Jorge

Sem imagem de perfil

De DH a 05.04.2010 às 17:48

Eu adoro cozinhar, adoro comida bem temperada e apurada e tenho uma bimby que não dispenso porque me facilita imenso a vida.
Claro que há coisas que nunca vou fazer na Bimby, porque sei que não apuram, mas os legumes mantêm muito mais o sabor, e quanto às ervinhas... eu nunca sigo uma receita do livro. Se tenho os coentros, o tomilho, o cebolinho, o manjericão, a salsa... no quintal...
Boas Férias :)
Dulce
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 06.04.2010 às 23:02

Olá Dulce

Sim, é útil para algumas coisas, mas 3 semanas depois continuo a achar que não vale o dinheiro...e não substitui a minha mão para os sabores....

Ter as ervas no quintal é meio caminho andado... mas o problema é que a forma de cozer da coisa, não é propicia a apurar os sabores... mas imagino que com tempo conseguimos descobrir os truques.... e encontrar os meio termo.

Beijinho
Jorge
Sem imagem de perfil

De melhor detective privado a 29.11.2011 às 01:57

nice mito obrgado. ver isto é muit agradável... aquela publicação é fashion, considere-me membro nato neste bloge... abrçs
Sem imagem de perfil

De léa cristina ximenes de andrade a 18.02.2013 às 14:11

Olá Jorge, sou muito agradecida pela atenção e explicação, gostei bastante dessa Bimby pois sou uma pessoa bem prática apesar de também gostar de cozinhar apurando, experimentando, saborizando...estou amando seu blog e agradeço por tantas receitas elaboradas de forma diferente das brasileiras certamente, elas vão fazer sucesso aqui em casa. Obrigada, Léa.
Sem imagem de perfil

De Gizmo a 27.01.2014 às 20:35

Boas, se quiseres alguns livros da Bimby tens aqui alguns PDFs :)

http://www.tralhasvarias.blogspot.com/search/?q=bimby

Bons cozinhados!

Comentar post


Pág. 2/2



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D