Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Tolerância de pnto

 

Todas as escolas públicas vão encerrar no dia 13 de maio, devido à tolerância de ponto concedida pelo Governo por ocasião da visita do Papa Bento XVI, disse hoje à Lusa fonte oficial do Ministério da Educação.

 

Por acaso estou em casa e portanto por cá o problema não se coloca, mas alguém me explica o que vão fazer os pais que não são funcionários públicos com as crianças?

 

Hoje na Grécia o governo decidiu retirar o direito ao subsidio de férias e de natal aos funcionários públicos e pensionistas, pelos vistos por cá preferem confiar no divino, estas tolerâncias de ponto pela vinda do papa servirão para que os funcionários públicos vão às missas e a Fátima rezar para que a crise acabe... é claro que haverá uma grande parte que preferirá ir rezar para a praia ou para os centros comerciais...cada um acredita no que quiser e reza onde melhor entender.

 

Eu cá acho que deveríamos todos olhar para as barbas do vizinho (grego) a arder e pensar na melhor forma de contribuir para que a nossa situação económica não chegue tão longe... mas isto sou eu que sou lírico. Estas tolerâncias de ponto são uma vergonha.

 

As escolas vão estar fechadas..será que os professores vão todos a Fátima? E vão todos os funcionários públicos do país? afinal quantas pessoas cabem em Fátima?

 

Jorge Soares

publicado às 22:36


30 comentários

Imagem de perfil

De Existe um Olhar a 02.05.2010 às 23:25

Eu vou rezar para que o subsídio de férias e de natal continue por cá, da maneira como as coisas estão só a fé nos salva.

Beijos
Manu
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 03.05.2010 às 22:32

Olá

Pois,.. esperemos que sim.. ma solha que já andam por aí uns zunzuns.... mesmo

Beijinho
Jorge
Sem imagem de perfil

De xana a 02.05.2010 às 23:34

Depois fica-se espantado com as agências de rating... Se treinarem mais um bocadinho ainda conseguem ter de volta Salazar e o C. Cerejeira... e o Marquês de Pombal para levantar isto de novo...
bjks
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 03.05.2010 às 22:33

Eu imagino é a cara dos gajos das agências quando ouvem falar de tolerâncias de ponto numa altura destas...

Xana.. tu não lhes dês ideias...

Beijinho
Jorge
Sem imagem de perfil

De Ribatejana a 03.05.2010 às 08:18

Ainda há dias discutíamos isso cá em casa. Fomos ao restaurante e encontrámos pelo caminho imensos peregrinos.. é claro que deu conversa. Não sabem andar na estrada, depois queixam-se que ficam debaixo dos carros. Aparecem-nos no meio da estrada mesmo em curvas onde não temos visibilidade.. Andam lado a lado, geralmente senhoras, em amena cavaqueira. Arriscaria dizer que aquilo em vez de peregrinação é uma reunião de cuscuvilhice. O tempo que as pessoas perdem a ir a Fátima acho que valia mais usarem esse fervor todo para trabalhar e cuidar da família. É natural que assim o país não ande para a frente.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 03.05.2010 às 09:33

Aquilo, que cada um faz, as escolhas que tomam, não nos dizem respeito, apenas temos de respeitar!
E respeito há que haver de ambas as partes, de quem circula de automóvel e de quem caminha na estrada, com comentários destes de certo que não vamos longe.
Ana
Sem imagem de perfil

De Leamar a 03.05.2010 às 10:12

Dona Ana,
Eu até concordo consigo...deve de haver mesmo respeito de ambas as partes e por ambas as partes. Sendo eu de Fátima, garanto-lhe que por cá nestes dias há mesmo muito mais respeito dos condutores pelos peregrinos do que dos peregrinos pelos condutores. Por exemplo, aqui mesmo em Fátima as estradas são para os carros circularem, mas se cá vier num dia 12 as mesmas viram concentração de passantes com direitos absolutos. Eu já tive de recuar e dar uma volta "ao bilhar grande" porque uma estrada aberta ao trânsito estava atolada de gente. Quando perguntei ao polícia...encolheu-me os ombros e disse-me: "Tenha lá paciência!" Ele que peça também ao meu patrão da mesma...
Já um polícia teve o displante de me fazer mudar o meu carro de um estacionamento porque naquele dia o estacionamento estava para ser vedado. Eu queria ir à farmácia...fui estacionar beeeemmmm longe. Quando vinha a pé para ir à dita farmácia...já uma camioneta de caixa aberta com lona estava estacionada no sítio onde eu tinha posto o carro. Perguntei ao polícia: "Então não era estacionamento vedado??" Ao que ele me respondeu: "Ah...é um carro de apoio ao peregrinos" Veja lá o respeito...
Os peregrinos têm de ficar mais perto e eu que preciso de um medicamento tenho que andar seca e meca! Bela lógica...para os peregrinos até pode ser...Eu também gostava de ir a Lisboa e poder estacionar onde os Lisboetas não podem só porque sou visitante! Era um espectáculo....
Só mesmo vivendo cá para se perceber.
Penso que com isto não faltei ao respeito aos peregrinos nem às escolhas deles...cada um é como cada qual...
Mas se vêm para Fátima, atenção às carteiras e às velhinhas!!...é que cada vez mais há velhinhas amorosas carteiristas;) Não estou a acusar ninguém...apenas a constatar um facto!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 03.05.2010 às 11:15

È muito mau que isso realmente aconteça assim, e continuo a dizer, que terá de haver respeito de ambas as partes, quando isso não acontece, os conflitos aparecem.

Onde eu achei que tinha havido falta de respeito, foi no comentário acima, que transcrevo :«O tempo que as pessoas perdem a ir a Fátima acho que valia mais usarem esse fervor todo para trabalhar e cuidar da família.» Não temos de julgar ninguém.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 03.05.2010 às 23:27

Olá

Tudo em nome da "fé"... sabes uma coisa, quanto mais te leio.. mais acho que eu não podia viver aí

Beijinho
Jorge
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 03.05.2010 às 23:08

Ana,as escolhas de cada um devem ser respeitadas.. mas também é verdade que podemos ter a nossa opinião sobre o assunto..e a verdade é que eu partilho a opinião expressada no comentário, se as pessoas acham que devem fazer sacrifícios, de certeza que há formas de os fazer sendo úteis para a comunidade, muitas mesmo.

Jorge
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 03.05.2010 às 22:43

Olá

Pois, por acaso ando para falar disso... no outro dia num programa de televisão havia um senhor cuja profissão era... pagador de promessas... ao que isto chegou... está claro que eu também acho que tudo isto das promessa é uma enorme parvoíce..e que as pessoas podiam fazer os sacrifícios de uma forma útil... para elas e para os outros.

Jorge
Sem imagem de perfil

De Ana a 03.05.2010 às 09:43

Não concordo nada com tolerância de ponto para funcionários públicos, encerramento de escolas etc.
Com quem ficam as crianças que os pais não são funcionários publicos?
Quem realmente deseja ir ver o Papa, que vá , mas por sua conta e risco. Não é justo, pois conheço muitos funcionários públicos, que me dizem, que vão ter um dia de folga, e aproveitam para descansar, ir à praia etc, ir ver o Papa, ah, ah.
É um abuso! E até doi, pois o país está em crise, e nós é que temos de pagar por tudo isto!
Respeito e admiro aqueles, que por sua convicção , tiram este dia do seu bolso e lá estão com o Papa neste dia. Sou católica, não vou lá estar, não vou tirar o dia, não sou funcionária pública, mas se fosse, possivelmente lá estaria.
Ana
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 03.05.2010 às 23:31

Olá

Ora aí está... quem quisesse ir metia um dia de férias e ia... encerrar o país porque vai haver uma missa é no mínimo um contra senso

Jorge
Sem imagem de perfil

De Leamar a 03.05.2010 às 09:49

Bom dia.
Por cá, que sou de Fátima, o pápa faz-me tanta falta como a fome!...mas cada um faz o que quer!
Agora tolerância de ponto para a função pública??? É uma anedota.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 03.05.2010 às 23:31

A ti e a mim amiga,

Beijinho
Jorge
Sem imagem de perfil

De smootha a 03.05.2010 às 13:25

"Eu cá acho que deveríamos todos olhar para as barbas do vizinho (grego) a arder e pensar na melhor forma de contribuir para que a nossa situação económica não chegue tão longe... mas isto sou eu que sou lírico. Estas tolerâncias de ponto são uma vergonha."

Não... É impressão tua.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 04.05.2010 às 20:43

Pois... bem me parecia
Sem imagem de perfil

De luadoceu a 03.05.2010 às 14:53

O Estado so favorece quem menos precisa (salvo seja), as pessoas tb nao teem culpa de umas terem hipostese de serem fncionarias publicas , outras nao: como os independentes, os liberais, os dos supermecados...mas é complicada uma situação dessas.
Muitos pais, se não forem as escolas, não teem familiares ou amigos a quem deixar os filhos e depois penalizam se com faltas no trabalho para ficarem e cuidarem dos filhos
Eu, se fosse a Fatima, mais iria com o antigo Papa, João Paulo II, este Papa não me diz muito, talvez por ter sido anos a conviver com o mesmo Papa e tão velhinho e de saude debilitada la geria a Igreja com dignidade, este foge do tema polemico que envolve a igreja actualmente
Cabe em fatima tantoas pessoas quantas aderirem a tolerancia de ponto e nao so...))
Uma boa semana para si e familia
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 04.05.2010 às 20:53

O estado deveria ser coerente, se estamos em época de crise, se não há dinheiro para aumento de salários, se muito provavelmente não haverá dinheiro para o subsidio de natal, então o estado deveria ser racional e não dar tolerância de ponto... aliás, nem deveria gastar um cêntimo com esta vinda do papa...

Infelizmente a definição de prioridades dos governos não é feita com a racionalidade suficiente.. é feita com base em motivos eleitoralistas e não em motivos racionais... eu espero estar enganado, mas os muitos milhares de Euros gastos com esta visita desnecessária ainda nos vão fazer muita falta.

Jorge Soares



Imagem de perfil

De aespumadosdias a 03.05.2010 às 17:42

Viva!
1º Nas escolas não trabalham só professores.
2º Nas férias escolares o que fazem os pais com os seus filhos?
3º A tolerância de ponto não devia ser só para os funcionários públicos.
Um abraço.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 03.05.2010 às 21:53

Olá

1 - Concordo, nas escolas não há só professores... e não deveria haver tolerância de ponto para ninguém.

2-Nas férias escolares nós tiramos férias para podermos estar com os nossos filhos.. porque infelizmente nem todos temos família próxima que fique com eles..sendo que no meu caso a família mais próxima está a 300 kms.. o que torna completamente impossível eles irem para casa dos avós no dia da tolerância de ponto. Se eu não estivesse em casa teria que meter um dia de férias para ficar com eles.. o que diminuiria em um dia os dias disponíveis para o verão e criaria um novo problema.

3- Tu não leste o post todo... nós estamos em crise,e já há rumores por aí.. basta ler alguns blogs mais ou menos importantes, de que o governo se prepara para retirar o subsidio de natal... ora, esta tolerância de ponto vai representar quantos milhões de Euros em perca de produtividade? não é muito dificil de fazer a conta, basta ver qual o valor do PIB, dividir por 365 e multiplicar por dois.. mais coisa menos coisa....será que o país se pode dar ao luxo de deitar assim dinheiro fora?

Já agora, tu vais ver o papa e Fátima ou vais aproveitar para ver se o mar está com ondas de jeito?

Abraço
Jorge
Imagem de perfil

De aespumadosdias a 04.05.2010 às 12:53

Este ano o calendário roubou-nos 2 feriados - 25 de Abril e 1 de Maio. Sendo assim a produtividade não será afectada pela tolerância de ponto. Não vou a Fátima mas vou assistir a toda a visita do papa a Portugal ouvindo a TSF. Os caminhos para a Cova da Iria devem nessa altura estar infernais. Talvez vá passear pelo Litoral Alentejano pois é feriado na terra da S. Mas terei trabalhos da escola para fazer também.
Um abraço
Armando
Imagem de perfil

De C.M. a 03.05.2010 às 20:59

Óptimo post.
Temos fama de calões e o pior é que somos mesmo.Os portugueses, não os professores!
Ainda não sei se a minha escola fecha, mas se for é só na manhã de 14 porque o senho Abade vem dar missa aos Aliados e é impossível chegar à Invicta....
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 04.05.2010 às 20:57

Olá

Pois... fama e proveito.. qualquer desculpa é boa ...

Sem imagem de perfil

De luadoceu a 04.05.2010 às 14:19

Ola Jorge
Obrigada por comentar minha resposta em dois postes
A mais nao e obrigada
Mas assim facilita me a nao ca vir certo?
E uma deixa nao e?
De qq maneira ignorar e melhor remedio ou sera esquecimento?
Uma boa semana....sem rancor ou tendo?
Desculpe sinceridade!E como me pauto, esta livre de gostar dos comentarios,da pessoa (salvo seja ) ou nao!
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 04.05.2010 às 14:50

Olá

Lamento que tenha sido isso que entendeu ... não era deixa nenhuma.. raramente algum comentário fica sem resposta neste blog..e os seus não iam nem vão ficar sem resposta .. simplesmente ainda não tinha chegado a eles.... de novo lamento que tenha entendido isso como uma falta de respeito ou um motivo para a afastar do blog.

Jorge
Sem imagem de perfil

De luadoceu a 04.05.2010 às 16:28

Olhe Jorge nao quero fazer de seu espaço pessoal e privado uma ma troca de ideias e pensamentos
Nao me vou alongar mais, mas tive de o dizer
Dois postes, duas respostas sem comentarios e esta minha resposta a si, respondeu logo de imediato
Qual foi a diferença dos outros postes e respostas, para este poste e resposta?
Desculpe, mas nao e rapidez da resposta que quero, nem imediatez da mesma, simplesmente não gosto de ser ignorada, é por esses motivos, que muitas dasd vezes tenho receio de comentar noutros blogues e tantos gosto, que gostava de comentar.
Sou inteligente á minha maneira, peco na escrita, devido a releitura do texto que escrevo, porque não dou erros.
Uma boa tarde para si, desculpe qq coisita e aos demais por estar a abusar com minhas palavras.
Será a ultima vez com certeza. Sei meu lugar
Uma boa tarde
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 04.05.2010 às 20:49

Tenho este blog há 3 anos, além deste tenho outro e participo nuns 4 mais, já tive milhares de comentários aqui, já comentei milhares de posts em toda a blogosfera... e curiosamente esta é a primeira vez que alguém se chateia comigo....

Os blogs são algo pessoal, cada um os gere como melhor entende, eu tenho por norma responder a maioria dos comentários, mas nem sempre acontece e nem sempre comento logo.. é quando me dá jeito.. ou quando me apetece... ouuuuuuuu.

Por acaso reparou que para além dos seus havia outros comentários, inclusive anteriores aos seus que também (ainda) não tinham resposta?

Jorge
Sem imagem de perfil

De luadoceu a 05.05.2010 às 10:48

Ha de sempre haver alguem pela primeira vez
Se me chateio e pq dou demasiada importancia ao facto e nao devia.
Nao quero mais conversas acesas no seu blogue, como disse.
Fico me por aqui, cada um haje consoante sua consciencia. Achei estranha a coincidencia, se errei peço com humildade desculpas.
Costumo dizer que com os outros posso eu bem...
Sem mais me alongar fico por aqui
O que é certo é que voçê responde a esta conversa e deixou minhas respostas no ar, nem as comentou...rectificou? Nao.
Um abraço e fico por aqui,nem devia ter vindo responder

Comentar post


Pág. 1/2



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D