Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Bruna, a professora de Mirandela na Playboy

 

 

Hoje foi o dia dos professores, a meio da tarde o tema do facebook era a anedota da vaca... uma anedota parva, é verdade, tão parva que me levou a ir procurar o livro, porque tenho a certeza que haverá por lá algumas mais parvas e mais ofensivas de que ninguém se queixou, ainda não o encontrei... mas já lá iremos.

 

Ao fim do dia, este post da Suspeita chamou-me a atenção para esta noticia:

 

Posar para a Playboy pode ser motivo de despedimento. Que o diga a professora Bruna, de Mirandela, que vê agora a sua carreira ameaçada depois de ter ocupado oito páginas da edição de Maio da revista portuguesa numa sessão ousada com outra mulher.

 

Por acaso a noticia passou no telejornal, vê-se logo que já não há papa, e aproveitei para falar do assunto com a R., que com a sapiência dos seus 10 anos, não viu mal nenhum no assunto... "ela não prejudicou ninguém com isso, logo, qual é o problema?" .... agora vou ser pai babado... gosto da minha filha!

 

A Bruna é professora de actividades extracurriculares.. bom era, porque segundo a vereadora Maria Gentil na reportagem da RTP, ".. um dos critérios será o da boa conduta".... desculpe?

 

Onde é que está a má conduta da professora?, Ela foi despida para a escola?, despiu-se para os alunos?... teve alguma atitude menos própria durante as aulas?... não sabemos, mas imaginamos que não, caso contrário e com tanto zelo por parte da autarquia já teria sido despedida antes.

 

Alguém me explique o que de mal veio a mundo, ou aos alunos da Bruna, pelo facto de ela se ter despido para a playboy!!!, qual é o problema?, as criancinhas compram e lêem a playboy?... pelos visto em Mirandela sim.. vêem e digitalizam as imagens, e passam-nas para os telemóveis.. e até tiram fotocópias da revista... fantástico. Tudo isto será culpa de quem? Da professora? Será dos pais que não controlam? Alguém me explica porque é que os alunos menores de idade tem acesso a uma revista para maiores de idade?

 

Não será este mais um capítulo da eterna telenovela, os pais não são capazes de controlar os filhos e acham que deve ser o mundo a controlar-se?.. Ou será só mais um caso de falsos moralismos?

 

E não foi em Mirandela que o Leandro se atirou ao rio..  e a escola não sabe de nada?... desta vez foram rápidos a saber!

 

Eu e as minhas perguntas parvas.

 

 

 

 

Jorge Soares

PS:Fotografia retirada do Ionline

publicado às 21:21


41 comentários

Sem imagem de perfil

De Sandra Cunha a 14.05.2010 às 22:31

São todos uns grandes púdicos. E como tu dizes, falsos moralistas.
Sem imagem de perfil

De carlos capela a 15.05.2010 às 16:20

continuamos a viver no nosso provincianismo com fundamentalismo catolico.Qual foi o pecado que a senhora cometeu? MAU é os alunos terem acesso ás imagens se calhar com acordo de alguns pais cujas maês condenam o caso.SOMOS UM PAÍS em que a maioria das pessoas vivem segundo as normas do CARDEAL CEREJEIRA,deviam acordar para a realidade pois vivemos no secxxi BURROS....................EU SOU CATOLICO MAS SOU LIVRE DE OPINAR NÃO ESTOU PRESO AO OBSLETISMO QUE A IGREJA ROMANA QUER IMPOR.INFELIZMENTE NO NOSSO PAÍS ,PADRES ,CÓNEGOS EOUTROS TAIS AINDA CONSEGUEM MANIPULAR AS PESSOAS,PRINCIPALMENTE NO NORTE .BEM HAJAM TODAS AS BRUNAS E BRUNOS DE PORTUGAL
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 16.05.2010 às 21:17

Sim, em muitos sentidos continuamos a viver décadas atrás.. por vezes parece que avançamos, mas depois chegam as noticias como esta.... e vemos a realidade.

É triste que estas coisas aconteçam

Jorge

Imagem de perfil

De Jorge Soares a 16.05.2010 às 21:16

Olá Sandra.

Pois, nem mais...

Jorge
Sem imagem de perfil

De xana a 15.05.2010 às 00:06

A dor de cotovelo é uma coisa tãããõoo feeeiiaaa...
Da maneira que isto está, ainda vamos todos ter de justificar o que fazemos nos tempos livres, para que verifiquem se o que fazemos com o nosso tempo de ócio está de acordo com a moral e os bons costumes das beatas e vereadoras da educação já entradotas e com pena de não terem um corpinho de deusa. O problema da vereadora e restantes senhoras da terra, nem são os filhos, é mais o tempo que os maridos vão passar de revista na mão esquerda enquanto com a direita... pois, isso..., e depois olham para elas e perdem a "tusa" e a coisa não pega, etc e tal. Claro que assim, elas tem de correr com a mulher que faz os maridos andarem de revista debaixo do braço e sorriso na cara. Lembraste das mães de "Bragança" (acho que era, perdoem-me de se não era) que fizeram com que fechassem as casas de alterne? Pois, e de quem era a culpa? Não era dos maridos que não iam dormir a casa, era das meninas que lá trabalhavam, que lhes roubavam os maridos, pois...era....
Tanto moralismo, para quê? Tão púdicas que só devem mesmo fazer sexo para procriar... e se não é para procriar abrirem as pernas é de um sacríficio... Ainda bem que o Papa cá esteve, assim puderam confessar a pouca sorte que tem de terem de satisfazer os maridos para além da procriação, e pedirem perdão por uma ou outra vez terem tido prazer nisso... Nem sei que penitência isso terá, se calhar até tem que rezar mais terços que a Bruna... afinal a Bruna não fez nada de mal, já elas coitadas, para além de terem de satisfazer os broncos dos maridos ainda sofrem de um mal muito punido pela igreja, a cobiça... é que cobiçar as boas forma de outra mulher é um pecado muito feio... Será que aquelas senhoras não vão à praia? Pois a interioridade tem destas coisas... É que na praia já vi gente só com um mini biquini a tapar o minimo indispensável na zona púbica, e nem por isso essas pessoas são despedidas por atentado ao pudor.
(enfim, já saí do contexto e já isto perdeu o nexo)
Bom fim de semana, bjks
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 16.05.2010 às 21:26

Olá Xana

Falsos moralismos... por vezes parece que não, mas nestas alturas vemos que afinal.. somos tão atrasados... enfim.

E sabes uma coisa, este post fez multiplicar por 3 as visitas aqui ao sitio... mesmo sendo fim de semana que é quando há menos visitas... ou seja, hipócritas e voyeurs.

Beijinho
Jorge
Sem imagem de perfil

De lm a 15.05.2010 às 11:50

é com situações destas que se vê o que a sociedade portuguesa evoluiu desde o 25 Abril de 1974, haviam de existir mais brunas e brunos em várias áreas e domínios para por a nu toda a hipocrisia que reina neste cantinho do mundo, em que o povo se diz tão aberto às novas culturas e civilizados.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 16.05.2010 às 21:30

Olá

Nestas alturas acho que a nível de mentalidade não evoluímos nada, e parece que há quem tenha saudades da censura e do lápis azul... é triste, mas é verdade.

Jorge
Imagem de perfil

De aespumadosdias a 15.05.2010 às 13:20

O que se passou aconteceria em qualquer parte do mundo. A professora devia ter pensado melhor antes de ter aceite posar para a Playboy. É o mundo que temos...
Gostava agora que tivesse coragem e viesse justificar-se.
Sem imagem de perfil

De Sousa a 15.05.2010 às 18:30

Justificar-se porque razao ??? Cada um faz da sua vida o que quer, como é que os alunos tiveram acesso á playboy??? Nao sao revistas para maiores ??? Agora quem as vendeu é que se devia de se justicar de tal acto. Ou nao ???
Imagem de perfil

De aespumadosdias a 15.05.2010 às 18:48

Todos comentamos o assunto mas ainda não ouvimos o que ela pensa de tudo isto. Estará arrependida? Quanto aos alunos terem acesso à playboy, provavelmente a culpa será dos irmãos mais velhos ou dos próprios pais.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 16.05.2010 às 21:35

Completamente de acordo... ela não tem porque se justificar... não violou nenhuma lei nem prejudicou ninguém, ia justificar o quê?

Jorge
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 16.05.2010 às 21:34

Não consigo estar de acordo, se vamos entrar por aí, então vamos passara fazer depender a nossa vida daquilo que pensa o nosso patrão...

Por exemplo, tu no blog já mais que uma vez que criticaste ministros da educação.. já pensaste que alguém pode não gostar disso?.. e os teus alunos sabem que tens um blog?..e a escola, sabe?

É claro que tu não tens que perguntar a ninguém... assim como ela não tem que perguntar, ela não violou nenhuma lei nem prejudicou ninguém, logo... ninguém tem nada com isso.

E também não me aprece que tenha que justificar-se, a vida é dela, o corpo é dela... ninguém tem nada com isso.

Jorge
Imagem de perfil

De DyDa/Flordeliz a 15.05.2010 às 14:17

"Quem não quer ser lobo, não lhe vista a pele."
Se era publicidade e fama ela chegou e com força.
Agora devemos analisar porque e como "os meninos" tiveram acesso a uma revista para adultos.
Os pais deviam fazer uma "acto de contrição".
Fácil deitar culpas à professora que mostrou o que é dela em local apropriado, fora das paredes da escola.
Um dia um professor não pode cantar...ou ser actor...ou jornalista...ou politico...ou padre...
Somos uns exagerados!
ELA (conseguiu fama) e NÓS (gostamos de os fazer famosos).
Somos assim!
Bom fim-de-semana.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 16.05.2010 às 21:39

Olá

Eu acho que ela não o fez por publicidade, uns trocos a mais caem sempre bem...e quem tem um corpinho daqueles pode-se dar ao luxo sim senhor.

Somos uns exagerados sim senhor...e há muita gente por aí que vive noutros tempos... Infelizmente

Jorge
Sem imagem de perfil

De Sousa a 15.05.2010 às 18:26

Que mentes mais atrasadas, é por esse tipo de mentalidades que Portugal nao cresce, até parece que vivemos no século passado, que mal é que tem isso, ou será que as maes ficaram com ciúmes ???? Se calhar sim ??? Tomara elas terem o corpo como o da professora.

Haja paciência
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 16.05.2010 às 21:40

Há muita gente que quer fazer ver o contrário, mas a verdade é que somos um país de mentalidades de outros tempos... virtudes públicas vícios privados..

Jorge
Sem imagem de perfil

De Ribatejana a 15.05.2010 às 22:22

Basta alguém mais velho que a conheça ter visto as fotos para que a revista tenha chegado às mãos de toda a gente, mesmo quem não a costuma comprar, como é o caso dos miúdos. Não querendo ser púdica não concordo que pessoas cuja profissão passa por educar/formar crianças e adolescentes se dispam para revistas e ainda para mais em sessões de fotos que directa, ou indirectamente, abordem o lesbianismo, neste caso. Não hyá qualquer tipo de valores associdados a um trabalho destes. Temos a acrescentar que uma pessoa que faz isto acaba por passar a mensagem que este tipo de coisas e outras são válidas para se ganhar dinheiro. Estas coisas acabam sempre por ir ao conhecimento dos amigos, vizinhos e conhecidos, e por arrasto acabam por se tornar do conhecimento dos alunos, que são miúdos que ainda estão a formar a personalidade... quem é que consegue depois afirmar-se e fazer-se respeitar numa sala de aulas?? sinceramente esta é a minha opinião.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 16.05.2010 às 22:57

Olá

Acho que é a primeira vez que tu e eu não estamos de acordo em algo... alguma vez tinha que ser.

Em primeiro lugar, não vejo porque é que o facto de ela se ter despido porque lhe pagaram para isso tem algo de errado, o corpo é dela, ela não prejudicou ninguém, não violou nenhuma lei,. não se despiu na escola ou em frente aos alunos... onde é que está o problema?

O problema tem a ver com o facto de ela ser professora?.. se fosse enfermeira, se fosse caixa de supermercado, se fosse dona de casa, se fosse actriz de televisão seria válido?,, então porque ´+e que não há-de ser válido para uma professora?

Os alunos, e já agora os pais, devem-se preocupar com se ela é ou não boa professora, o que ela faz fora da escola só a ela diz respeito.

Que diferença há netre aparecer na revista nua ou ir para a praia com um bikini?..e também não pode fazer topless?...

O problema é ela aparecer com outra mulher?... ela é lesbiana?.. então e se for?, não pode ser professora?

O respeito na sala de aula conquista-se lá dentro, há muita gente por aí que vai à missa todos os domingos e não consegue ter respeito nem nos alunos nem nos filhos... se ela é boa professora vai continuar a ser, apareça ou não despida nas revistas.

Jorge
Sem imagem de perfil

De Ribatejana a 18.05.2010 às 19:21

EHeheh

Pois é. Se toda a gente pensasse igual não se evoluía. Não sei se tenho uma opinião correcta ou errada mas algo que tenho a elogiar com certeza, e que tenho reparado, é a tua capacidade de aceitar as opiniões dos outros sem ficares a prender o burro, como muita gente que eu conheço!

beijocas
Imagem de perfil

De Existe um Olhar a 15.05.2010 às 22:47

Acho que a professora se despiu na hora certa. Hoje li que o governo vai congelar a admissão de funcionários públicos...professores incluidos.
Não se livrou das línguas viperinas de gente retrógrada, preconceituosa e provinciana, mas livrou-se da difícil tarefa que é hoje em dia ser professora.

Bjs
Manu
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 16.05.2010 às 22:59

Olá

E de certeza que vai ter uma vida com menos problemas.. digo eu.

Jorge
Sem imagem de perfil

De Ribatejana a 16.05.2010 às 03:29

Eu confesso que fico admirada por de repente descobrir que há tanta gente de mente "tão aberta" em PT, a julgar pelos comentários que aqui leio. Mas pergunto-me se fosse a professora de algum dos vossos filhos se pensariam igual. Não é o facto de ter posado nua. É o que isso diz da pessoa. Há coisas que simplesmente não são compatíveis. Ser professora e posar nua quanto a mim são duas coisas que não funcionam. Embora noutro tipo de profissão acredite que podia não ter problema nenhum. Duvido muito que se ela apresentar alguma queixa a venha a ganhar. Não tem a ver com ser retrógrado ou não. Tem a ver com ser-se um exemplo, tem a ver com o papel que um professor tem na passagem de valores. Por exemplo, se ela tivesse feito um ensaio sensual para outra revista sem mostrar as mamas, acho que o desfecho teria sido diferente. Se tivesse posado nua para uma campanha do cancro da mama, aposto que nunca seria despedida. Agora, meus amigos, não sejamos naive... foi a Playboy!! Brincamos ou quê? de repente somos todos muito liberais? ou temos medo de assumir o que realmente pensamos para não nos chamarem de "quadradões"?? Estas coisas têm uma repercussão tão negativa que inclusive muitas celebridades nunca posaram nuas.. Passamos a vida a falar do papel educativo da escola, da educação sexual na escola (quer queiramos quer não, este assunto remete para o tema da educação sexual) e depois achamos estas coisas normais? a mim como educadora social de profissão custa-me um bocado engolir. Tanto se atira tudo e mais alguma coisa para as costas da escola e agora que a escola tomou uma atitude correcta salta-lhe tudo em cima. Morto por ter cão e por não ter.. Se uma professora pode posar nua, quem somos nós para dizer aos nossos filhos que não podem? se a nossa professora posa nua para a playboy e toda a gente acha normal... o que é que os nossos filhos não ficarão a achar que podem fazer?! e que moral então se vai ter para dizer que ela pode mas que nós não gostaríamos que a nossa filha mostrasse? será natural ajudarmos a passar aos nossos filhos a ideia de que mostrarmos TUDO ao mundo por dinheiro e 15 minutos de fama é legítimo?? Que educadores estamos nós a ser afinal?
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 16.05.2010 às 23:11

Na verdade não somos todos assim tão "abertos", a blogosfera não é o espelho da sociedade..e além disso, existe a tendência, já agora errada, de quando não estão de acordo não dizerem nada.., nem todas as pessoas são como tu ou como eu.

Tu achas que a escola tomou a atitude correcta, eu acho que a escola tomou uma atitude que de correcto não tem nada. Ninguém tem nada a ver com o que os professores fazem fora da escola, desde que eles não violem as leis, não prejudiquem ninguém...

Tu achas que seria diferente se ela aparecesse sem mostrar as mamas noutra revista, ou nua para uma campanha de outro tipo?.. isso é à luz da tua mentalidade, eu tenho a certeza que à luza da mentalidade das pessoas que a condenaram..seria a mesma coisa.

Ela não vai apresentar queixa porque o contrato termina agora e simplesmente não fazem outro, mas eu acho que ela teria tudo para ganhar... isto não passa de discriminação..

Jorge
Sem imagem de perfil

De Ribatejana a 16.05.2010 às 03:54

Deixo só uma questão para finalizar... provavelmente tb será "aceitável" uma professora que se prostitua! afinal é algo que ela faz fora da escola... logo, isso não vai ter qualquer impacto sobre os nossos filhos caso eles venham a saber que ela o faz. (fiem-se nisso!)

Acho que a questão da revista ir parar às mãos de adolescentes é o menos. Nós não conseguimos impedir essas coisas, não podemos protegê-los de tudo infelizmente. Todos temos obrigações uns para com os outros na sociedade e especialmente temos obrigações para com as nossas crianças. A professora NUNCA devia ter posado nua para a Playboy. Essa é que é a questão central, parece-me.



Imagem de perfil

De Jorge Soares a 16.05.2010 às 23:22

Haverá mais de uma que o faça... e haverá algumas que fazem coisa piores... eu percebo o teu ponto de vista... e é evidente que não vamos aqui incentivar a prostituição... mas há países onde é uma profissão legal... como outra qualquer...

Jorge
Sem imagem de perfil

De Ribatejana a 17.05.2010 às 02:03

Sim. E em Amesterdão por exemplo tens bares onde vais comer, beber uns copos e tens duas pessoas a fazer sexo à tua frente, toda a noite e em todas as posições num palco como se fosse a coisa mais natural do mundo... lol por acaso é algo com que não me identifico. Embora concorde que sendo legal dá mais garantias a quem trabalha na profissão e a quem procura prostitutas. No entanto não me parece muito aceitável a sociedade conviver naturalmente com a prostituição como se fosse uma coisa normal. Desvirtua o sexo... banaliza... instiga à promiscuidade... etc.. O que é que virá a seguir a isso?

E lá porque uma coisa é legal não quer dizer que tenhamos que achá-la correcta. Por exemplo, eu acho mal uma pessoa abortar só porque pode, embora não a condene por isso. No entanto noto que não se investe em educação sexual e as clínicas abortivas recebem centenas de mulheres e meninas por dia...

Não queria entrar por outro tema, mas a ideia foi defender que não é por preconceito que afirmo estas coisas, mas sim porque as nossas acções têm consequências sobre as outras pessoas, especialmente se estivermos no papel de educador. Enquanto professor uma pessoa não pode ser defensora do faz o que eu digo, não faças o que eu faço.

beijocas


Imagem de perfil

De Jorge Soares a 17.05.2010 às 19:09

Não sei se já leste, mas deixo aqui este link.. que expressa o que penso... há gente que sabe descrever tão bem as minhas ideias :-)

http://aeiou.expresso.pt/mirandela-gate-o-estranho-caso-da-professora-que-tem-um-pipi=f583170

JOrge
Sem imagem de perfil

De Ribatejana a 18.05.2010 às 19:22

Vou ler! ;)

Comentar post


Pág. 1/2



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D