Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Diário de um pai de licença parental

 

Não, este não é mais um dos meus posts de receitas.. ainda que o frango com cerveja de hoje até merecia o destaque.

 

Cá em casa já tivemos as duas versões, primeiro uma comilona que ainda não tinha um ano e já tinha sido colocada a dieta pelo pediatra e depois um que nos levava ao desespero porque utilizava todos os estratagemas para não comer, a comilona continua comilona mas está uma esquisita irritante, o irritante continua a irritar-nos e a comer que nem um pisco.

 

Quando conhecemos a D. ela era uma criança que comia tudo o que aparecia, enquanto havia comida na mesa ela comia, fosse o que fosse. Quando cá chegou descobrimos que: "Mamã, nã qué sopa".

 

Primeiro foi a sopa, depois foi o bacalhau, ela gosta de peixe, mas bacalhau... não é peixe... de resto, continua a comer praticamente tudo e cheira-me que o pediatra não vai gostar da relação peso altura... e vai recomendar cházinho em vez do sumo que ela adora e pede o tempo todo. Hoje estava a fazer fita com a sopa, mas mal viu chegar o frango à mesa... limpou a sopa num instantinho. Ela aprende rápido e já percebeu que quem não tem fome para a sopa... também não pode ter para o resto, que é a regra que impera cá em casa.

 

A semana passada descobri uma coisa engraçada, ao almoço estamos os dois sozinhos, normalmente vejo o que há no frigorífico que tenha sobrado dos dias anteriores, e tento acompanhar com vegetais cozidos ou gratinados; jardineira, macedónia e outras misturas que vou encontrando no supermercado. Ela costuma comer sempre tudo, sem esquisitices e pela mão dela... vegetais incluídos!

 

Um dos dias da semana passada a mãe veio almoçar connosco, já não me lembro o que comemos, mas o acompanhamento era uma mistura de vegetais que incluía entre outras coisas: feijão encarnado, cebola e pimentos vermelhos. Já tínhamos comido antes e ela tinha comido tudo.

 

Naquele dia decidiu que estava preguiçosa e queria ajuda da mãe, qual não foi o meu espanto quando no fim da refeição tinham ficado no prato, os feijões, a cebola e os pimentos.... Quando questionei a minha meia da laranja sobre o assunto a resposta foi:

 

-Ela não gosta!

 

-Mentira, quem não gosta és tu e por isso não lhos deste, ela comigo come sempre Tudo!

 

Quem  cria os maus hábitos nas criancinhas, quem é?... as mães é claro.

 

Jorge Soares

publicado às 21:37


2 comentários

Sem imagem de perfil

De essência a 25.05.2010 às 09:14

Aqui está um daqueles post´s que adoro ler. E sim, tenho que dar a mão á palmatória, nós pais influenciamos os gostos dos nossos filhos pelos nossos próprios gostos. Existem determinados alimentos que eu nunca cozinho porque simplesmente não gosto. E depois, fico muito admirada quando eles os comem em cada da avó :-)

Bjs
Paula
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 26.05.2010 às 15:25

Olá

Ora lá está... eu tenho razão :-)

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D