Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Chuva..... o amor!

por Jorge Soares, em 09.04.08
Amor e chuva

Acordei, lá fora a chuva de verão cai com força, sinto o cheiro da terra molhada, aquele cheiro inconfundível que tem o condão de me transportar. Sem querer estou a voar até outros sítios, deixo-me ir. As minhas recordações terminam sempre por me levar até ti, o cheiro a terra molhada transporta-me até aquele outro dia de verão em que chovia e nos conhecemos.


Chovia, muito, as ruas tinham-se convertido em rios intransponíveis , fiquei parado ao fundo das arcadas daquela praça, indeciso entre chegar atrasado ou chegar encharcado, fui ficando, as pessoas passavam apressadas tentando em vão fugir da chuva, de repente dei por uma figura ao meu lado, olhei, por detrás de um sorriso estavam uns enormes olhos de um negro intenso. Retribui o sorriso e fiquei pasmado a olhar.


-Está a chover - disseste.

-Sim, parece que sim - disse, enquanto continuava a olhar para a profundidade dos teus olhos negros.

-Parece que estamos condenados a ficar aqui

-... -Eu continuava vidrado nos teus olhos, não conseguia pensar.. e muito menos dizer qualquer coisa com sentido.

- E se fossemos tomar um café?, há ali um café do outro lado das arcadas, não precisamos de nos molhar.

-Claro, vamos - disse.


Fomos, por horas esqueci o meu mundo à medida que ia entrando no teu, falaste de ti, das tuas coisas, dos teus amigos, de tudo um pouco. Quando dei por mim, tinha passado a tarde, algures no meio daquela cidade havia pessoas a perguntar por mim, assuntos por tratar, negócios por arrumar, esqueci tudo, o brilho dos teus olhos negros apagou por completo o resto do meu mundo, naquele dia, e por muitos mais.


Quando finalmente nos despedimos, há muito que a chuva tinha parado, e eu tinha caído irremediavelmente na teia tecida pelo brilho dos teus olhos e o calor do teu sorriso. Trocamos contactos e ficámos de nos voltar a ver, em breve disseste, sim, muito em breve.


Nessa noite demorei muito tempo a adormecer, os teus olhos invadiam o meu espaço, os meus sonhos, as minhas ilusões, o meu mundo. No dia a seguir a primeira coisa que fiz foi ligar-te, ficaste feliz. De novo chovia, combinámos encontrar-nos naquela mesma esquina, era para almoçar, mas no fundo, eu já sabia que o encontro não era contigo, o meu encontro era com os meus sonhos, era um encontro com a vida.


Hoje como naquele dia Chove.. e não preciso de voar, sinto o teu calor ao meu lado, dormes serenamente,.. eu sorrio, adoro chuva!


Acreditem ou não, este texto foi escrito porque é mais fácil escrever um texto destes que encontrar Tulipas para fotografar..... mas  deixou-me um sabor doce..... acho que vai haver mais.

 

E já agora, tu....sim, tu!, ficas-me a dever.... mas de todos modos, vai dedicado a ti!


Jorge

PS:Imagem retirada de aqui:http :/ photo.net photodb /photo?photo_id=5690317

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:21

Dia de IRS e Vinicius

por Jorge Soares, em 08.04.08
Contas

Hoje é dia de IRS, pegar nos papeis, organizar, somar, verificar, agrupar, voltar a olhar, procurar os que achamos que temos mas não estão ali, voltar a somar..... e finalmente, preencher. Isto costuma ser trabalho para umas horas, ... e nem sempre corre lá muito bem... vamos ver, entretanto, vasculhando nas minhas coisas, encontrei este poema do Vinicius.


Amigo é coisa para se guardar
debaixo de sete chaves, dentro do coração
assim falava a canção que na América ouvi
Mas quem cantava chorou, ao ver seu amigo partir

Mas quem ficou, no pensamento voou
Com seu canto que o outro lembrou
e quem voou, no pensamento ficou
com a lembrança que o outro cantou.

Amigo é coisa para se guardar
no lado esquerdo do peito
mesmo que o tempo e a distância
digam não, mesmo esquecendo a canção
o que importa é ouvir a voz que vem do coração

Pois seja o que vier, venha o que vier
qualquer dia amigo eu volto a te encontrar
qualquer dia amigo a gente vai se encontrar
 
Desejem-me sorte.

Jorge

PS:Imagem retirada da Internet
PS2:Alguém por acaso tem tulipas?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:09

Ele há dias assim!

por Jorge Soares, em 07.04.08

Não utilize o telemovel

 

Hoje está a ser um dia daqueles para o estranho.....

 

Fui almoçar tarde em virtude de mais uma daquelas reuniões surreais... enfim, uma das minhas colegas volta do almoço e a conversa foi assim:

 

-Jorge, ouvi dizer que no Sábado foste capa de Jornal!

-.... Desculpa?

-Sim, estavam a dizer na cantina que no Sábado saíste no Jornal.

-Eu?, de certeza?

-Sim, tu!

 

Durante a semana passada eu recebi dois ou três emails de jornalistas, o tema adopção está em voga, mas não dei entrevista nenhuma e muito menos fotografias.. lá fui ao site do jornal em questão.. e era mesmo eu.... utilizaram uma  fotografia da única entrevista que aceitamos dar há uns anos atrás, para ilustrar um artigo sobre adopção.. e lá estava eu!

 

Tinha uma consulta em Setúbal  da parte da tarde , portanto pirei-me a seguir ao almoço, ia na auto-estrada , toca o telemóvel, não conheço o numero, atendi, era uma das jornalistas de que falei antes.... conversa para cá, conversa para lá. De repente reparo que do carro da frente me estão a dizer adeus... hummm , reparo melhor, um carro verde...umas letras.. brigada terri .. Fonix! ...., despachei a jornalista, não era adeus, era encoste!

 

Encostei, coloquei a minha cara de culpado numero 33, amaldiçoei o canal de televisão... e preparei-me para a multa.

 

-Boa tarde

-Boa tarde senhor guarda, tenho consciência de que está errado, era uma jornalista sobre um programa de televisão e eu atendi, está errado e sei isso.

 

O homem ficou a olhar para mim uns segundos.. depois disse:

 

-Para mim é mais importante a sua consciência de que estava a fazer algo errado que passar uma coima... vá-se lá embora.

-Obrigado senhor guarda.

 

:-)

 

Sobre a consulta... é outro post .

 

Jorge

PS:Imagem retirada da internet

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:49

Adopção:Pagar para adoptar.. porquê?

por Jorge Soares, em 06.04.08

Mãos

 

Há coisa que não fazem mesmo sentido

 

"Pelo Decreto-Lei n.º 34/2008, a partir de 1 de Setembro, quem requerer uma adopção terá de pagar taxa de imediato. Como o valor fixado para este tipo de acção se situa nos 30 mil euros, a taxa corresponde a 576 euros.

É evidente que se alguém me perguntasse, não seriam os 576 Euros que me impediriam de adoptar, mesmo que tivesse de pagar muito mais, eu continuaria a adoptar, aliás, há pessoas que pagam muito mais que isso por ir adoptar a Cabo Verde, ou a outro pais donde seja possível a adopção internacional desde Portugal.  Mas há coisas que não fazem mesmo sentido, num pais donde abortar é gratuito, que sentido faz pagar por uma adopção?, segundo o governo, estes 576 Euros são para pagar uma parte do processo judicial... vamos lá ver, quanto custa um parto numa maternidade do estado?.. e por que não pagam as mães a mesma percentagem pelo parto?... e já agora, quanto custa um divorcio litigioso?, porque não pagam os casais uma percentagem disso logo quando se casam?... afinal, vale tudo!

 

Não deixo de olhar para isto, e pensar que o estado quer obrigar as pessoas que querem adoptar, que passem a pagar pelos seus filhos, .. algo assim como comprar os filhos ao estado.

 

Esta lei não tem ponta por donde se lhe pegue, vai obrigar as famílias que querem adoptar a um sacrifico extra, que vai somar ao facto de os processos serem longos, complicados, angustiantes,... os casais vão passar a pagar 576 Euros para ficarem anos à espera, para passar por um processo complicado e muitas vezes angustiante.

 

Existe uma petição online para o fim desta lei parva, que pode ser assinada aqui

Jorge

PS:Imagem retirada da internet.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:13

O que eu tenho que ouvir!

por Jorge Soares, em 06.04.08
Vida

Ficamos a pensar na nossa vida quando ouvimos algumas coisas, ontem ouvi vejamos:

Frase 1 .... da minha Sogra

-Jorge, como vocês vão mudar de casa, tenho aqui um catálogo de tachos e panelas para a cozinha para escolheres o que quiseres para a casa nova que eu ofereço!
-Ok, Obrigado, mas já perguntou à P ?
-Para quê?, não és tu que cozinhas?
-.......

Frase 2 ... Da P .

-Jorge, como está cá  a minha mãe, estás dispensado das compras, eu vou com ela e tu ficas cá em casa.
-Ok, está bem.
-Mas olha, faz lá aí uma lista das coisas que costumamos comprar... que só tu é que sabes o que é preciso!
- ...........

Sem comentários!

Jorge

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 11:17

Coisas que eu podia ter dito ........ I

por Jorge Soares, em 05.04.08

Há Blogs que leio todos os dias, o da   jonas é um dos que sempre que possivel leio mais que uma vez por dia, este post fez com que eu criasse um novo tópico cá no blog, que se vai chamar "coisas que eu poderia ter dito..... se conseguisse escrever assim!"

 

Não vou copiar o texto,.... vão lá ver, é aqui
Jorge

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:23

Americanices: sexo ,...3 minutos?

por Jorge Soares, em 04.04.08
Noticia no SAPO mulher:

 

 

"Acto sexual ideal dura entre 3 e 13 minutos...

Assim o diz um estudo realizado nos Estados Unidos

 

A duração de um acto sexual dita a sua satisfação? Um estudo realizado por investigadores da Universidade Penn State , Estados Unidos, e divulgado pela BBC, diz que sim. Assim sendo, diz o estudo que uma relação sexual satisfatória dura entre três e 13 minutos. Já um acto sexual adequado dura entre três e sete minutos, um curto demais dura entre um a dois minutos, e uma relação muito longa dura entre dez e 30 minutos.

 

A pesquisa contou com a experiência e participação de 50 membros da Sociedade de Pesquisa e Terapia Sexual, incluindo psicólogos, médicos, assistentes sociais, terapeutas familiares e enfermeiras, que recolheram dados de milhares de pacientes durante décadas. O estudo foi publicado na revista Journal of Sexual Medicine ”.

 

3 Minutos?...3 minutos? ... eu acho piada aos inquéritos americanos, mas este é o máximo...3 minutos?.... e será que isto incluí os preliminares?....... isto só mesmo na América!

 

Sexta é dia de Vídeo , numa das minhas deambulações pela blogosfera encontrei este, musica suave.........

 

Este vídeo dura mais de três minutos...... :-)
Jorge

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:25

Tu!

por Jorge Soares, em 03.04.08

 

O blog Estou estupefacta foi um dos primeiros que frequentei na blogosfera , a sua autora é uma pessoa de quem aprendi a gostar e é sempre um prazer lá voltar.

 

Ontem o tema do post era "Tu e você", lembrei-me imediatamente dos meus primeiros dias em Lisboa.......

 

Os hispânicos são muito mais práticos que nós, tem muito menos convenções e é tudo muito mais directo, tratamento de Usted e Señor , é muito menos habitual que por cá, sem que isso signifique menos respeito. Nunca me vou esquecer de um Professor que tive na Universidade em Caracas, era um Matemático Russo, um senhor com uns 70 anos que tinha escrito não sei quantos livros, por quem tínhamos um enorme respeito e que tratávamos por tu... assim como a todos os restantes professores.

 

Bom, mas cheguei eu a Lisboa, falava um português com um sotaque latino pouco disfarçável , assim tipo Figo no ultimo ano em Madrid e não tinha a menor ideia das normas de educação que por cá imperavam. Fui parar a um quarto na zona de Sete Rios, uma senhora à antiga Lisboeta.. que logo no segundo dia começou a implicar com as minhas falas e os meus estranhos hábitos... ... imagino que estaria a tentar marcar o território  e eu no meu recente Português:

 

-Mas você!

-Você não, a senhora!

 

Fiquei mudo e foi quando decidi que estava na altura de encontrar outro poiso. Encontrei um quarto donde estive 4 anos... é claro que logo de entrada expliquei o porquê dos meus estranhos hábitos e linguajar.

 

Confesso que 20 anos depois continuo a não perceber algumas coisas, no outro dia estive num aniversario de uma criancinha, donde reparei numa situação que para mim foi no mínimo caricata. As personagens eram o neto de 6 anos, a mãe e os avós... não vou descrever o dialogo, mas sim o tratamento. Era assim: a criancinha tratava a mãe por tu, esta tratava a criancinha por "O menino não faça isto, o menino não faça aquilo", ou seja, por você, ao mesmo tempo que tratava os pais, avós da criancinha, por tu.

 

Confesso, eu devo ser um pindérico, mas trato os meus pais por você, e os meus filhos por tu!

 

Recentemente voltei à faculdade, aconteceu-me um caso engraçado, havia um assistente que tinha pouco mais que metade da minha idade, que sabia muito menos do que eu do que estava a falar, e que numa discussão num grupo de mail , caiu na asneira de me chamar a atenção por não o tratar por senhor professor. Teve sorte, o mail só me chegou depois de me terem avisado..e de o professor titular, a quem eu tratava por tu, se ter atravessado.

 

Felizmente a blogosfera é um mundo à parte, e tratamo-nos todos por tu.... ou eu já teria sido expulso...

 

Jorge

PS:Imagem retirada... do estou estupefacta!

Ps2:Desculpa amiga!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:08

Palavras que me tocam......

por Jorge Soares, em 02.04.08
Flores

Cada pessoa que conheço, cada palavra que troco, cada sorriso bonito, cada amizade sincera, cada suspiro profundo, cada silêncio, cada olhar, cada letra escrita, cada palavra perdida, cada um de vocês, faz de mim o que sou........

E Hoje temos Neruda!

Y UNO APRENDE...

Después de un tiempo, Uno aprende la sutil diferencia
Entre sostener una mano Y encadenar un alma,
Y uno aprende

Que el amor no significa recostarse
Y una compañía no significa seguridad
Y uno empieza a aprender...

Que los besos no son contratos
Y los regalos no son promesas
Y uno empieza a aceptar sus derrotas
Con la cabeza alta y los ojos abiertos

Y uno aprende a construir
Todos sus caminos en el hoy,
Porque el terreno de mañana
Es demasiado inseguro para planes...

Y los futuros tienen una forma de caerse en la mitad.
Y después de un tiempo
Uno aprende que si es demasiado
Hasta el calorcito del sol quema.

Así que uno planta su propio jardín
Y decora su propia alma,
En lugar de esperar a que alguien
Le traiga flores.

Y uno aprende que realmente puede Aguantar,
Que uno realmente es fuerte,
Que uno realmente vale,
Y uno aprende y aprende...

Y con cada adiós uno aprende.

E uma tradução que encontrei algures Internet

Após um tempo,
Aprendemos a diferença subtil
Entre segurar uma mão
E acorrentar uma alma,
E aprendemos

Que o amor não significa deitar-se
E uma companhia não significa segurança
E começamos a aprender...

Que os beijos não são contratos
E os presentes não são promessas
E começamos a aceitar as derrotas
De cabeça levantada e os olhos abertos

Aprendemos a construir
Todos os  caminhos de hoje,
Porque a terra amanhã
É demasiado incerta para planos...

E os futuros têm uma forma de ficarem
Pela metade.
E depois de um tempo
Aprendemos que se for demasiado,
Até um calorzinho do sol queima.

Assim plantamos o nosso próprio jardim
E decoramos a nossa própria alma,
Em vez de esperarmos que alguém nos traga flores.

E aprendemos que realmente podemos aguentar,
Que somos realmente fortes,
Que valemos realmente a pena,
E aprendemos e aprendemos...

E em cada adeus aprendemos.

Jorge
PS:Fotografia original de João Palmela

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:38

Mentira!

por Jorge Soares, em 01.04.08
Por norma não gosto de dias de, ou de dias da, mas se há dia que me irrita mesmo é este, o dia das mentiras, não sei bem porquê, talvez tenha a ver com a minha completa incapacidade de mentir e de enganar, ou com a minha falta de chá para aceitar as brincadeiras parvas, não sei, talvez por um pouco de cada uma destas coisas... certo é que não gosto!

Dando uma volta pelo google , ficamos a saber que existem várias teorias para o inicio deste dia parvo, a mais comum diz que a origem do dia vem de França, donde no século XVI a população se resistiu à mudança para o calendário Gregoriano e como o inicio do ano no anterior calendário era a 1 de Abril, foi instituído este dia como o dia das plaisanteries ..

Mas eu dizia que existem várias teorias para o dia das mentiras... é engraçado, porque todos os sites que consultei começam exactamente assim: "Existem várias teorias para a origem do dia das mentiras", incluindo a Wikipedia e alguns jornais, mas em nenhum desses sites encontrei as outras ... só esta.... deve ser mentira de 1 de Abril !

Mas há mesmo outra versão, fiquem a saber que na América Latina o dia das mentiras é festejado no dia 28 de Dezembro, e chama-se dia dos santos inocentes, e tem a ver com a tradição católica da degola dos inocentes associada ao nascimento de Jesus.

Agora, e porque parece que há por aí quem esteja curioso sobre os Mecano que eu tanto escuto, aqui está uma das que eu mais gosto:Hijo de la Luna

Jorge

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:51

Pág. 3/3



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D