Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ai as Crianças

por Jorge Soares, em 03.04.09

Pôr do Sol em Alviães

 

Hoje temos um post para desanuviar.. é pré programado.. porque vou passar o fim de semana lá para a terrinha.... descanso, vinho e verde e claro... muitas fotografias.

 

A Eugénia (Quando é que crias o blog?) enviou-me isto por email.. e não resisti a partilhar com todos.

 

O que se aprende com miúdos do 4º ano ! Ainda há esperança... 

 
- Antigamente na França os criminosos eram executados com a Gelatina...  
(Pelo menos assim não doía tanto!) 
 
- Em Portugal os homens e as Mulheres podem casar. A isto chama-se monotonia. 
(É frustrante que até na 2ª Classe já pensam assim!) 
 
- Em nossa casa cada um tem o seu quarto. Só a mamã é que tem de dormir sempre com o papá.  
(Um destino terrível !) 
 
- Os homens não podem casar com homens porque então ninguém podia usar o vestido de noiva.  
(Que pena, ahh.) 
 
- Os meus pais só compram papel higiénico cinzento, porque já foi utilizado e é bom para o ambiente.  
(Que bom!) 
 
- Adoptar uma criança é melhor! Assim os pais podem escolher os filhos e não têm de ficar com os que lhe saem.  
(Com os animais de estimação também funciona assim.) 
 
- Adão e Eva viviam em Paris.  
(Sim, sim lá também é Paradisíaco). 
 
- O hemisfério Norte gira no sentido contrário do hemisfério Sul  
(Viver ao longo do Equador deve ser divertido.) 
 
- As vacas não podem correr para não verterem o leite.  
(Que bom saber isso!) 
 
- Um pêssego é como uma maça só que com um tapete por cima.  
(Nunca tinha pensado nisto.) 
 
- Eu não sou baptizado, mas estou vacinado.  
(Efectivamente deve ajudar mais.) 
 
- Depois do homem deixar de ser macaco passou a ser Egípcio.  
(Mmm..Isto ainda não sabia!) 
 
- A Primavera é a primeira estação do ano. É na primavera que as galinhas põem os ovos e os agricultores põem as batatas.  
(Nunca mais como batatas.) 
 
- A minha tia tem tantas dores nos braços que mal consegue erguê-los por cima da cabeça e com as pernas é a mesma coisa.  
(Acho que a mim aconteceria o mesmo às pernas.) 
 
- Um círculo é um quadrado redondo.  
(Tb pode ser visto assim.) 
 
- A terra gira 365 dias todos os anos, mas a cada 4 anos precisa de mais um dia e é sempre em Fevereiro. Não sei porque. Talvez por estar muito frio. 
(Um génio!) 
 
- A minha irmã está muito doente. Todos os dias toma uma pílula, mas às escondidas para os meus pais não ficarem preocupados. 
(Sem comentários!)  
 
Bom fim de semana para todos.
Jorge
PS:Imagem minha, o pôr do sol com que me vou deliciar hoje e amanhã
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:00

Medicamentos genéricos ou de marca?

por Jorge Soares, em 02.04.09

Genéricos vs marca

 

Eu nunca percebi porque é que na receita vem a famosa cruzinha para os médicos indicarem se o medicamento pode ser ou não substituído, vejamos a definição de medicamento genérico segundo a Wikipédia:

 

Um medicamento genérico  é um medicamento com a mesma substância activa, forma farmacêutica e dosagem e com a mesma indicação que o medicamento original, de marca. E principalmente, são intercambiáveis em relação ao medicamento de referência, ou seja, a troca por pelo genérico é possível.

É mais barato porque os fabricantes de genéricos, ao produzirem medicamentos após ter terminado o período de protecção de patente dos originais, não têm os custos inerentes à investigação e descoberta de novos medicamentos. Assim, podem vender medicamentos genéricos com a mesma qualidade mas a um preço mais baixo do que o medicamento original.

 

Ante isto, o que é que faz a bendita cruzinha na receita, porque é que não pode ser o consumidor a decidir se quer o mais caro ou o mais barato? Porque é que o médico pode decidir se eu quero gastar mais ou menos dinheiro.... Aliás, porque é que a receita tem essa hipótese?

 

A associação nacional de farmácias decidiu que dada a crise actual, vai passar a ignorar as indicações do médico e vai ser o comprador, que é quem paga, que vai decidir se quer o genérico ou o medicamento de marca. Tendo em conta que a maioria dos genéricos custa entre 30 e 60% menos é fácil de ver que para muita gente isto vai representar bastante dinheiro poupado no fim do mês.

 

O mercado dos medicamentos vale muitos milhões de Euros, estes dias ouvimos falar de muitas empresas em crise, bancos, seguradoras, electrónica, automóveis... mas que eu me lembre, não ouvi falar de despedimentos em empresas farmacêuticas, ou de farmacêuticas a fechar. As grandes multinacionais dominam o mercado e uma boa parte deste domínio passa por convencer os médicos a receitarem os seus produtos, é claro que estas receitas tem contrapartidas para os médicos... talvez isto explique o porque estes se ergueram em bloco contra esta medida que só vem beneficiar  os consumidores...

 

Do meu ponto de vista, os médicos nem deveriam estar autorizados a receitar marcas, deveriam receitar o princípio activo e a dosagem... o consumidor ia à farmácia e escolhia se queria uma marca ou um genérico... e pagava o que escolhia.

 

Jorge

PS:imagem retirada da internet

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:05

Quem inventou um dia tão parvo?

por Jorge Soares, em 01.04.09

Por norma não gosto de dias de, ou de dias da, mas se há dia que me irrita mesmo é este, o dia das mentiras, não sei bem porquê, talvez tenha a ver com a minha completa incapacidade de mentir e de enganar, ou com a minha falta de chá para aceitar as brincadeiras parvas, não sei, talvez por um pouco de cada uma destas coisas... certo é que não gosto!

 
Dando uma volta pelo google , ficamos a saber que existem várias teorias para o inicio deste dia parvo, a mais comum diz que a origem do dia vem de França, donde no século XVI a população se resistiu à mudança para o calendário Gregoriano e como o inicio do ano no anterior calendário era a 1 de Abril, foi instituído este dia como o dia das plaisanteries ..
 
Mas eu dizia que existem várias teorias para o dia das mentiras... é engraçado, porque todos os sites que consultei começam exactamente assim: "Existem várias teorias para a origem do dia das mentiras", incluindo a Wikipedia e alguns jornais, mas em nenhum desses sites encontrei as outras ... só esta.... deve ser mentira de 1 de Abril !
 
Mas há mesmo outra versão, fiquem a saber que na América Latina o dia das mentiras é festejado no dia 28 de Dezembro, e chama-se dia dos santos inocentes, e tem a ver com a tradição católica da degola dos inocentes associada ao nascimento de Jesus.
 
Mas há quem saiba brincar com o dia.. vejam lá:
 
Mentirinhas
 
Imagem retirada de aqui:Anterozoide
 
Update:podem ver verdadeiro significado do dia aqui: http://entreacadeiraeoteclado.blogspot.com/2009/04/1-de-abril-dia-do-politico.html
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:18

Pág. 3/3



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D