Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Neste país há quem fabrique polémicas

 

Hoje foi dia de voltar ao trabalho e de voltar a ouvir as notícias bem cedo de manhã na rádio, a notícia do dia era sobre a possibilidade dos alunos com 15 anos poderem passar directamente do 8º para o 10º ano. Achei a coisa um bocado estranha, estar no 8º ano com 15 anos significa que se teve que repetir mais que um ano, são alunos com dificuldades evidentes, e que não vão fazer nada para o 10º ano a não ser contribuir para a estatística do sucesso escolar de que os nossos governos tanto se gabam.

 

Fiquei com a pulga atrás da orelha e na primeira oportunidade lá fui espreitar os jornais online. Os titulares alinhavam todos pelo mesmo diapasão da rádio, no ionline podemos ler o seguinte no titulo da notícia:

Polémica. Alunos com 15 anos vão poder saltar do 8.º para o 10.º ano

 

Assim de repente a coisa parecia mesmo a sério, mentira, não é nada a sério, lendo com mais detalhe encontramos o seguinte:

... é preciso que se autoproponham às provas nacionais de Português e de Matemática do final do 3.o ciclo, em Julho, e façam ainda os exames a nível de escola em todas as disciplinas do 9.o ano.Em caso de aproveitamento, transitam directamente para o 10.o ano,...

 

Isto é um bocadinho diferente de poderem saltar do 8º para o 10 ano só por terem 15 anos, os restantes jornais alinhavam pela mesma bitola. Ainda há bem pouco tempo debatíamos no facebook uma notícia que falava das muitas crianças que não vão à escola, estudam em casa com os pais e em determinada altura propõe-se a exame, no caso de aprovarem transitam de ano. Eu sou dos que acham que é importante as crianças irem à escola, porque há coisas da vida que não se aprendem nos livros, mas não tenho nada contra os pais que não querem sujeitar os seus filhos às condições actuais do nosso ensino. Isto é algo há muito permitido pelo ministério da educação e perfeitamente normal. Nem sei se só é válido para o ensino primário ou para todos os níveis, mas para mim faz todo o sentido. Se os alunos vão aos exames e tem aproveitamento, o que tem de mal que não vão à escola?

 

Se alguém está no 8º ano e consegue aprovar os exames nacionais e os exames das disciplinas do 9º ano, porque é que não pode transitar para o 10º?..tenha o aluno a idade que tenha, passar nos exames não é sinal de conhecimento e aproveitamento? Eu acho que esta é uma medida positiva e que deveria ser permitida não só para os alunos de 15 anos e sim para todos.

 

Há pouco ouvi no telejornal alguém do sindicato dos professores a criticar esta medida... bom, ou o sindicato não leu a notícia toda e se ficou pelas gordas, ou os professores estão com medo de que alguém mexa no seu queijo. No  Público podemos também ler as criticas da federação de pais... devem ser outros que também só leram as gordas, porque como pai a mim esta parece-me uma medida positiva.

 

Mas não são só estes que ficam mal na fotografia, o ministério ao vender uma medida destas nestas condições, também fica, porque todos sabemos que é quase impossível que exista algum aluno com as características apresentadas que estando no 8º ano consiga aprovar todas as disciplinas do 9º.. ou seja, é uma medida para encher páginas de jornais. Como disse acima, seria de louvar que fosse uma medida válida para todos os alunos independentemente  da idade e do ano.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:28

Diário de um pai de licença parental ... fim

por Jorge Soares, em 03.06.10

A D. nas suas investidas manuais

 

Amanhã volto ao mundo real, foram dois meses diferentes, mas dois meses que definitivamente valeram  a pena. Dois meses em que estive mais tempo com os meus filhos, principalmente com a D. mas também com os dois mais velhos... e acho que eles vão ter saudades deste tempo.

 

A D. está uma criança mais confiante, mais crescida e mais viva, ainda há pouco a P. me dizia que ela perdeu uma série de tiques nervosos em que tínhamos reparado ainda em Cabo Verde; Deixou de roer as unhas, de coçar as orelhas com fúria até se magoar, já não coloca tantas vezes a mão na boca. O único que se mantém é o esfregar os pés até tirar os sapatos quando é contrariada.

 

É claro que nem tudo são rosas, com o ganhar confiança aumentam as birras e se ela já era teimosa no inicio, agora é muito mais, e determinada, não gosta de ser contrariada mas em contrapartida tanta determinação faz com que aprenda tudo muito rapidamente... incluindo os esconderijos das bolachas, e é muito independente, tanto que por vezes dá asneira, vejam o mail que a mãe enviou esta semana para o grupo de mail sobre adopção:

 

"Em Dezembro recebo uma foto da minha menina. Um docinho de caramelo...um olhar doce...triste e calminho. Cá pela familia diziam: tão querida...um docinho...tem o ar de um anjo, tão calminha, parece a serenidade em menina.

Pois é, 3 meses em Portugal a conviver com uma mana com lingua afiada e um mano terrorista e cá temos uma Pirata.

Ultimas piratarias:
- Quinta-feira: sobe para a cadeira, da cadeira para a mesa,alcança o frasco do xarope abre-o e bebe meio frasco. Resultado: 1 noite no hospital a ser monitorizada e a receber soro.
- Sábado de manhã: acorda sai da cama, pega nos óculos da irmã...resolve brincar com eles e transforma-os em 3 peças: resultado uns óculos novos para a mana."

 

O médico não queria acreditar que ela tivesse conseguido abrir o frasco do medicamento sozinha, nem bebido sem se sujar ou sujar o chão.... pois... A partir de amanhã vai ficar a mãe com ela mais um mês... e eu vou ter saudades deste tempo... muitas.

 

A licença parental é um direito que nos assiste a todos, e por muito que custe à maioria das mulheres, é muito importante que os homens a partilhem, eu já achava antes e agora, depois destes dois meses fantásticos com a minha filha, tenho a certeza absoluta. Pais não deixem de exigir os vossos direitos, eles crescem num instante e há coisas que devemos viver mesmo... o tempo de qualidade com os nossos filhos é algo muito importante.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:26

Guerra e Paz em Gaza

 

Na segunda feira Israel atacou em águas internacionais uma frota de barcos turcos que pretendiam fazer chegar à faixa de Gaza a ajuda que não pode chegar por terra devido ao bloqueio imposto por este país desde há mais de um ano. No ataque, que repito, foi em águas internacionais morreram 9 pessoas e muitas mais ficaram feridas.

 

Na segunda feira os telejornais dos 4 canais abriram com a noticia do Mourinho a ser apresentado como treinador do Real Madrid, na RTP foram mais de 10 minutos de Mourinho, nem sei se falaram dos barcos e do assalto de Israel, entretanto tinha mudado de canal. Ontem foi dia de jogo da selecção nacional, falou-se de futebol e do fecho das escolas com menos de 21 alunos... e da crise.... dos barcos, de Gaza, dos palestinianos, de todo um povo que sofre, pouco se falou.

 

Gaza é uma porção de terreno de 45 Kms de comprimento por 10 kms de largura onde desde há 4 gerações vivem 1,4 milhões de Palestinianos, pessoas que foram expulsas das suas terras e casas e confinadas em campos de refugiados. Em Gaza não há espaço para mais nada que para as pessoas, não há vida, não há empregos, não há economia, não há nada, só há miséria humana e raiva.... muita raiva.

 

Há mais de um  ano e a propósito do ultimo ataque israelita em que morreram mais de 700 pessoas, escrevi o seguinte neste post:

 

Israel sabe que a mudança de presidente nos estados Unidos vai trazer ventos de mudança, a diplomacia Israelita sabe que mais tarde ou mais cedo, Obama vai trazer ventos de mudança que vão fazer abanar muitos equilíbrios precários. Vai daí, e enquanto é tempo, decidiu aproveitar todas as provocações para fazer uma limpeza do terreno antes que seja tarde.

 

O principal suporte do estado de Israel tem sido os Estados Unidos, só com a protecção do gigante Americano tem sido possível ignorar as dezenas de resoluções da ONU, só com a protecção dos Estados Unidos, Israel pode ignorar a censura do mundo durante tantos anos...e com Obama, mais tarde ou mais cedo, essa protecção vai acabar.

 

Está visto que eu, e já agora o mundo, esperávamos mais de Obama, para as pessoas da Palestina não mudou nada, Israel continua a fazer o que quer e lhe interessa, hoje as nações unidas condenaram o ataque aos barcos.... imagino que em Israel se devem rir do assunto, assim como desde sempre se riram de todas as resoluções e condenações das nações unidas e do mundo

 

O bloqueio israelita aos territórios da Palestina dura há mais de um ano, segundo noticia do Público, Israel nega-se a levantar o bloqueio, parece que o mundo, todos nós, decidimos olhar para o lado, até quando?

 

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:27

Dia de quais crianças?

por Jorge Soares, em 01.06.10

 

Crianças de Cabo Vrerde

Imagem Minha, crianças de Cabo Verde

 

Sabem os que me costumam ler, que sou contra os dias, especialmente contra aqueles dias que são completamente desvirtuados e se convertem no dia de São Comercio. Hoje de manhã fui a um hipermercado e passei pela zona dos brinquedos, os dois corredores estavam a  abarrotar de pessoas, dezenas de criancinhas a escolher brinquedos, para a maioria delas será só mais um que estará lá em casa a encher um caixote. As crianças hoje em dia têm tudo e mais alguma coisa, dezenas de brinquedos que na maior parte dos casos, são abertos e esquecidos a seguir....  mas há sempre um pretexto para receberem mais um.

 

O dia internacional da criança foi uma iniciativa da  Federação Democrática Internacional das Mulheres, que em 1950 e  dadas as condições precárias que existiam em muitos países do mundo após o fim da segunda guerra mundial, propôs às Nações Unidas que se criasse um dia dedicado às crianças e donde se tentasse melhorar as suas condições de vida. E o dia foi comemorado logo no dia 1 de Junho desse ano...

 

Se eu pudesse, propunha que no próximo dia da criança não se comprasse um único brinquedo, que em lugar disso utilizássemos todo esse dinheiro para tentarmos melhorar a vida dos milhões de crianças que pelo mundo fora, além de não terem brinquedos no dia da criança, também não têm que comer, nem neste nem na maior parte dos dias..... se conseguíssemos isso, eu voltaria a acreditar que o dia da criança faz sentido.

 

Por favor, não deixem de ver o vídeo.

 

 

 

Jorge

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:15

Pág. 3/3



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D