Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Neste país há quem fabrique polémicas

 

Hoje foi dia de voltar ao trabalho e de voltar a ouvir as notícias bem cedo de manhã na rádio, a notícia do dia era sobre a possibilidade dos alunos com 15 anos poderem passar directamente do 8º para o 10º ano. Achei a coisa um bocado estranha, estar no 8º ano com 15 anos significa que se teve que repetir mais que um ano, são alunos com dificuldades evidentes, e que não vão fazer nada para o 10º ano a não ser contribuir para a estatística do sucesso escolar de que os nossos governos tanto se gabam.

 

Fiquei com a pulga atrás da orelha e na primeira oportunidade lá fui espreitar os jornais online. Os titulares alinhavam todos pelo mesmo diapasão da rádio, no ionline podemos ler o seguinte no titulo da notícia:

Polémica. Alunos com 15 anos vão poder saltar do 8.º para o 10.º ano

 

Assim de repente a coisa parecia mesmo a sério, mentira, não é nada a sério, lendo com mais detalhe encontramos o seguinte:

... é preciso que se autoproponham às provas nacionais de Português e de Matemática do final do 3.o ciclo, em Julho, e façam ainda os exames a nível de escola em todas as disciplinas do 9.o ano.Em caso de aproveitamento, transitam directamente para o 10.o ano,...

 

Isto é um bocadinho diferente de poderem saltar do 8º para o 10 ano só por terem 15 anos, os restantes jornais alinhavam pela mesma bitola. Ainda há bem pouco tempo debatíamos no facebook uma notícia que falava das muitas crianças que não vão à escola, estudam em casa com os pais e em determinada altura propõe-se a exame, no caso de aprovarem transitam de ano. Eu sou dos que acham que é importante as crianças irem à escola, porque há coisas da vida que não se aprendem nos livros, mas não tenho nada contra os pais que não querem sujeitar os seus filhos às condições actuais do nosso ensino. Isto é algo há muito permitido pelo ministério da educação e perfeitamente normal. Nem sei se só é válido para o ensino primário ou para todos os níveis, mas para mim faz todo o sentido. Se os alunos vão aos exames e tem aproveitamento, o que tem de mal que não vão à escola?

 

Se alguém está no 8º ano e consegue aprovar os exames nacionais e os exames das disciplinas do 9º ano, porque é que não pode transitar para o 10º?..tenha o aluno a idade que tenha, passar nos exames não é sinal de conhecimento e aproveitamento? Eu acho que esta é uma medida positiva e que deveria ser permitida não só para os alunos de 15 anos e sim para todos.

 

Há pouco ouvi no telejornal alguém do sindicato dos professores a criticar esta medida... bom, ou o sindicato não leu a notícia toda e se ficou pelas gordas, ou os professores estão com medo de que alguém mexa no seu queijo. No  Público podemos também ler as criticas da federação de pais... devem ser outros que também só leram as gordas, porque como pai a mim esta parece-me uma medida positiva.

 

Mas não são só estes que ficam mal na fotografia, o ministério ao vender uma medida destas nestas condições, também fica, porque todos sabemos que é quase impossível que exista algum aluno com as características apresentadas que estando no 8º ano consiga aprovar todas as disciplinas do 9º.. ou seja, é uma medida para encher páginas de jornais. Como disse acima, seria de louvar que fosse uma medida válida para todos os alunos independentemente  da idade e do ano.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:28


12 comentários

Sem imagem de perfil

De António Manuel Dias a 04.06.2010 às 23:36

Jorge, estás completamente a leste da polémica. Não há qualquer problema em que alunos de mais de 15 anos que estejam no 8º ano passem para o 10º se passarem todos os exames das disciplinas do 9º, mais os exames nacionais, etc. Até porque isso NÃO VAI ACONTECER. Se um aluno já não consegue passar para o 9º depois de andar vários anos no 8º como é que vai passar para o 10º sem frequentar o 9º?

A polémica é que essa oportunidade só é dada aos maus alunos -- os bons, que conseguiram passar todos os anos, e que, se calhar, com algum estudo até conseguiriam fazer as tais provas de modo a ter aproveitamento, não o podem fazer. Onde está a justiça nisto?
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 06.06.2010 às 23:43

António, se calhar estou, mas a verdade é que quando ouvi a noticia na rádio, a mensagem que se passava era a do facilitismo, quem ler a blogosfera o que encontra é facilistismo por parte do governo que deixa os alunos passarem de ano sem sequer terem que ir às aulas... não sei não.

Jorge
Imagem de perfil

De aespumadosdias a 05.06.2010 às 08:28

Para mim essa notícia não era novidade. Já tinha informado os alunos da minha direcção de turma no final do 2º período. Na altura houve 2 ou 3 que se mostraram interessados mas parece-me que não vão aproveitar a oportunidade. Não tinham nada a perder.
Mas neste tipo de exames é muito raro alguém passar.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 06.06.2010 às 23:44

Pelos vistos só agora a comunicação social acordou para ela...
Sem imagem de perfil

De DH a 05.06.2010 às 09:31

Olá Jorge

Ainda bem que tu foste ler as letras pequeninas porque eu só ouvi alguém comentar e custou-me a acreditar que fosse verdade

O ensino em casa está contemplado na legislação portuguesa em todos os ciclos até entrares na Universidade. As crianças são obrigadas a realizar provas de avaliação de conhecimentos no final de cada ciclo e, penso eu mas não tenho a certeza por causa da introdução de tantas provas intercalares, outras provas que são obrigatórias no ensino oficial.

A psicóloga que está a acompanhar o S. sugeriu-me mesmo que o mantivesse em ensino doméstico até ao final do primeiro ciclo, eu é que não tenho essa possibilidade.O S. é(era) extremamente autónomo na aprendizagem e adora(va) aprender. O que está entre parêntesis é só para reforçar o que aconteceu desde que ele entrou no ensino básico. A escola está a matar estas características óptimas que ele tinha(tem).

Em relação à notícia, não poderia estar mais de acordo com o que dizes.

Bom fim-de-semana.
Beijinho
Dulce
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 06.06.2010 às 23:45

Olá Dulce

Se o ensino em casa está contemplado em todos os níveis, não vejo o que isto possa ter de novo e muito menos tanto escândalo... há muita gente por aí a falar só por dizer mal...
Imagem de perfil

De libel a 06.06.2010 às 00:12

Olá Jorge,

Quando ouvi a notícia também fiquei espantada com os facilitismos que são oferecidos a alunos que sequer mostram vontade ou fazem algum esforço para passarem de ano. Enquanto que outros, já não falando nos excelentes alunos, pelo menos são assíduos, cumpridores e esforçados.

Concordo com a tua frase: "seria de louvar que fosse uma medida válida para todos os alunos independentemente da idade e do ano"

Isso sim era justo para todos e não gerava esta polémica.

Beijokas

Imagem de perfil

De Jorge Soares a 06.06.2010 às 23:46

Olá Libel

Isto de facilitismo tem muito pouco.... mas há sempre alguém a querer dizer mal...
Imagem de perfil

De Existe um Olhar a 06.06.2010 às 21:00

Já li algumas vezes a notícia e tentei ver para além dela, sim porque a notícia em si não traz nada de novo a não ser a injustiça que poderá acontecer se alunos que se esforçam e frequentam a escola , não podem saltar etapas e outros que têm insucesso podem fazê-lo. Claro que isto é uma utopia porque nenhum aluno com insucesso será capaz de transitar do 8º para o 10º a não ser que seja um sobredotado como li nalguns comentários.
Penso que se lançam estas notícias sensacionalistas para causar uma certa confusão e para que os sindicatos se entretenham a contestar assuntos sem importância e possam esquecer de contestar outros que realmente valiam a pena fazê-lo.
Tudo vai cair no esquecimento e tudo fica como dantes...ou seja, o mesmo estado lamentável da educação em Portugal.

Bjs
Manu
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 06.06.2010 às 23:47

Olá Manu.. tu dizes tudo:

Penso que se lançam estas notícias sensacionalistas para causar uma certa confusão e para que os sindicatos se entretenham a contestar assuntos sem importância e possam esquecer de contestar outros que realmente valiam a pena fazê-lo.

Nem mais.

beijinho
Jorge
Sem imagem de perfil

De comic a 22.04.2012 às 22:15

Sou aluna do 10º ano e tenho a dizer que seria impossível conseguir passar de um 8º para o ensino secundário sem a preparação que nos dão no 9º. Acho que ainda não perceberam que um aluno com dificuldades que chumba e volta a chumbar não tem preparação suficiente para ingressar no ensino secundário. Iria ficar anos e anos no 10º visto que só se passa com duas negativas e no 11º ano teria de ter 12 nessas mesmas disciplinas para poder ingressar no 12º ano.
Apesar de ser uma "vítima" do ensino em Portugal gosto bastante dos seus posts e concordo com a maioria deles.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 22.04.2012 às 22:22

Olá

Bem vinda a este meu humilde cantinho e obrigado pelas tuas simpáticas palavras.

De mais está dizer que concordo completamente contigo no que respeita à tua opinião sobre este post.

Jorge

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D