Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Brincos

 

Antes de mais um disclaimer, não gosto de piercings, para além de que acho a maioria muito inestéticos, tenho consciência de que a vários níveis são perigosos para a saúde de quem os utiliza.

 

Li a noticia ontem no Expresso e o titulo dizia o seguinte:

 

Professor proibido de usar piercings recorre ao Tribunal

 

"Um professor de educação física colocado no Centro Educativo dos Olivais, em Coimbra, foi impedido de usar "piercings" nas aulas pela direção deste estabelecimento da Direcção-Geral de Reinserção Social, uma decisão que vai contestar em tribunal.

...

O professor em causa, de 31 anos, usa diariamente numa orelha "uma pequena argola e mais dois adornos de tamanho reduzido", tendo sido intimado pela diretora do Centro Educativo, Ângela Portugal, para remover as peças durante as actividades escolares."

 

Primeira dúvida, qual a diferença entre um piercing na orelha e uns brincos?, será que se a argola e os pequenos adornos fossem numa orelha de uma senhora seria considerado um piercing?. De certeza que não impedem as senhoras  de entrar na escola com  brincos, até era capaz de apostar que a senhora directora os utiliza (utiliza mesmo, ver aqui)  Agora reparem lá na menina da fotografia no cimo do post, aquilo será um brinco ou um piercing?

 

Segunda dúvida, qual a influência de um pequeno brinco, vá lá piercing, na orelha no desempenho do professor? será ele mais capaz de ensinar ou de impor disciplina pelo facto de utilizar um piercing? Se não é bom professor com piercing, de certeza que não será melhor sem ele.

 

A desculpa de que se os alunos não podem utilizar ele também não, quanto a mim não se aplica, existe uma fronteira que distingue o aluno e o professor, essa fronteira define-se por algo que ou se tem ou não se tem, a capacidade de impor respeito. Se impedimos o professor de usar brinco porque os alunos também não podem utilizar, então temos que proibir que os professores fumem dentro da escola, que as professoras utilizem saias curtas, que tenham tatuagens, e um largo etc.

 

Até há bem pouco tempo havia um banco que não contratava mulheres para os balcões, banco que foi acusado e criticado por ter administradores machistas e que discriminavam, pensei que a nossa sociedade teria evoluído e que esse tipo de atitudes tinham ficado para trás.. engano meu, pelos vistos de evolução nada, só visões retrógradas do mundo ..e discriminação.

 

Jorge Soares

publicado às 21:37


22 comentários

Sem imagem de perfil

De António Manuel Dias a 20.09.2010 às 23:03

Concordo contigo nas ideias gerais do artigo, mas tens aí algumas imprecisões:

1. Se aos alunos é proibido o uso de piercings na escola, então também aos professores o deve ser: o exemplo tem de vir de cima. É claro que se é proibido o uso de piercings aos homens também o deve ser às mulheres, *brincos incluídos*.

2. Também não vejo qualquer problema num professor que se apresente aos seus alunos de piercings (apesar de, como tu, também não ser coisa que goste, seja de usar ou de ver). NO entanto, para um professor de educação física as coisas mudam de figura: durante as aulas práticas o seu uso deve ser proibido para ele e para todos os alunos, já que representam um perigo real. Aliás, alguns desportos proíbem a sua utilização durante as provas/jogos. O mesmo se aplica a outros adereços, como anéis, colares, etc.

3. Os professores não podem fumar dentro dos recintos escolares, não importa se nos edifícios ou ao ar livre. Nem os professores nem ninguém.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 21.09.2010 às 22:28

António, estamos de acordo, também acho que nas aulas de educação Física ele o deve tirar.. só que ele foi impedido de entrar na escola com o piercing, não era impedimento de dar aulas com ele.. era impedimento de entrar na escola.

Jorge
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.04.2017 às 17:44

Nos tempos de hj o educador é proibido usar pirceng
Sou alfabetizador em escola fundamental pra crianças ..
E tenho pirceng no queixo ..
Posso usar ou n

Pois é meio chato tirar todo dia e colocar
Imagem de perfil

De Miss Pepper a 20.09.2010 às 23:10

Eu também detesto piercings, estejam onde estiverem localizados. Mas não sou contra quem os usa, é coisa que não me afecta. Eu acho que a questão aqui está na conotação que está implícita no piercing. Apesar de estar a ser vulgarizado, quem costumas ver com piercings? Os "outsiders" digamos assim. É muito fácil dizer que o professor tem de saber impôr respeito. Tens toda a razão. O outro problema que aqui reside é o do desconhecimento do conceito de respeito que muitos alunos têm. Cada vez é mais complicado ser-se professor, mesmo sendo homem.
Eu até compreendo a ideia da tal Ângela Portugal. Só acho que o professor reagiu por uma coisa sem importância. Vale a pena ir entupir tribunais por causa de um "alfinete"? Parece-me que há coisas bem mais importantes... Mas isto sou só eu a pensar.

Beijokas
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 21.09.2010 às 22:31

Concordo contigo.. mas não acho que seja a forma de garantir o respeito..e não acho que impedir a entrada do professor na escola resolva o que quer que seja.
Sem imagem de perfil

De Sopa de Letras a 20.09.2010 às 23:52

Pois ...de facto não acho muita piada aos piercings, não vejo onde é que aquilo é estético , mas pronto gostos efectivamente não se discutem.
claro que os exemplos devem vir de cima , mas também já sabemos que isso tem muito que se lhe diga e dava pano para vários posts.
a única explicação que encontro que seria aceitável era dado que é prof. de educação fisica quererem com a proibição evitar acidentes nas aulas , porque de resto sejamos sinceros não se percebe bem, parece mais uma implicação.
é o sistema de ensino que se tem , o sistema de reinserção que temos ( também dava direito a muitos posts ) e pessoalmente acho que o sr. fez mto bem em ir chatear um juíz com isto.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 21.09.2010 às 22:33

Tudo isto dava para muitos posts.. sem dúvida...é para isso que cá estamos

Bem vinda de volta

Jorge
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.03.2016 às 23:18

Olá boa noite , Que bom que tenho com quem compartilhar a minha insatisfação com uma cobrança que estão fazendo de mim na sala de aula, sou professor do 4° Ano do fundamental , e estou sendo impedindo de trabalhar com BRINCO na orelha e bem pequeno. ......

Concordo com vocês e estou indignado com essa situação.
Sem imagem de perfil

De Sandra Cunha a 21.09.2010 às 00:26

Pois eu sou a primeira daqui que gosta de piercings/brincos. Por acaso agora não uso, mas já cheguei a usar vários brincos (ao mesmo tempo) nas orelhas.

Mas, de facto, para a prática de educação física e por uma questão de segurança, convinha retirá-los. Tenho cá a impressão é que não é essa a razão do descontentamento da directora e por isso compreendo a reacção do professor. Discriminação não muito obrigado. Ou papam todos ou não papa nenhum. Será que ela pediu o mesmo às professoras de educação física?

Eu se fosse a ele retirava-os à porta do ginásio, mas voltava logo a colocá-los e usava-os nos corredores, nas reuniões, na sala do professores.

Imagem de perfil

De Jorge Soares a 21.09.2010 às 00:29

Sandra, mas ele foi impedido de entrar na escola com o piercing.. não só nas aulas que não o pode utilizar.. é dentro da escola.

E não, de certeza que não impedem as professoras de educação física de utilizar brincos.

Jorge
Imagem de perfil

De Existe um Olhar a 21.09.2010 às 00:31

Tal como tu, não sou apreciadora de piercings e ainda me lembro de há uns bons anos atrás ir á Áustria e poucos eram os jovens que não os usavam e nos lugares mais invulgares, aqui ainda não se via nada disso.
Quanto ao caso que relatas , acho um absurdo perder-se tempo a discutir um piercing na orelha de um professor, até pode ser um educador medíocre e se calhar não dão importância a isso.
Já vi entrar em salas de aula professoras de mini saia, de calças transparentes e justas, de fio dental á mostra e nunca li em sítio nenhum que as tivessem impedido de dar aulas.
Penso que se houvesse uma regra nacional pela qual todas as escolas se regessem e não se andasse ao sabor dos gostos dos directores , não se assistiriam a cenas lamentáveis como esta.
Perde-se tanto tempo com banalidades e esquecem-se questões de fundo muito mais importantes que garantam o sucesso escolar.
Somos um povo tão "pequenino"!

Manu

Imagem de perfil

De Jorge Soares a 21.09.2010 às 22:37

Ora lá está, ninguém impõe regras para nada..e depois qualquer embirração serve para criar um caso.

Há tantas coisas importantes com que as que as escolas se deveriam preocupar.
Sem imagem de perfil

De Leamar a 21.09.2010 às 10:01

Palermices de gente retrógrada!!!
O meu marido tem o cabelo comprido. Foi trabalhar para uma escola como condutor de pesados de passageiros...EM FÁTIMA!! Quando o viram perguntaram-lhe se podiar "dar um jeitinho" ao cabelo. Um redondo NÃO...foi o que ouviram. E nem repararam no brinco que usa! Mas hoje em dia é estimado por ser um bom funcionário e os miúdos gostam dele, talvez porque o sintam como elemento aproximador. Já encaminhou vários alunos para o psicólogo...porque com ele conseguem desabafar, sentido-se mais à vontade e possivelmente acham-no "mais normal" do que muitos janotas que por lá passeiam. É incrível a quantidade de amizades que o meu marido travou com alunos que ainda hoje perduram...alunos que já sairam daquela escola e até já terminaram a faculdade. Até os pais dos mais pequenos (5º ano) que ele transporta o estimam...nunca houve uma única queixa. Se bem que há sempre aquele choque inicial...mas como ele é um simpático, logo passa e segue-se em frente! As mentalidades têm que mudar...quer se goste ou não!
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 21.09.2010 às 22:37

É isso, mentalidades retrógradas, sem dúvida
Imagem de perfil

De aespumadosdias a 21.09.2010 às 19:56

Não gosto também.
As professoras de EF também não andam de brincos nas aulas.
Não devia usar.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 21.09.2010 às 22:38

Eu também acho que não deveria utilizar nas aulas de educação Física, porque é perigoso, mas porque impedir o professor de entrar na escola com ele?
Sem imagem de perfil

De Sopa de Letras a 21.09.2010 às 23:48

ai está o exagero jorge....... é preconceito , é não saber lidar com o diferente ? é o que ? pura ignorância , que nao se goste é uma coisa , isto é violar a liberdade de expressão .
Sem imagem de perfil

De man a 06.12.2010 às 01:18

Para mim, o professor tendo piercings ou tatuagens não muda carater, se ele está na sala de aula é porque estudou, porque sabe, e tais adornos não mudaram sua capacidade de inteligência.
Sem imagem de perfil

De Cansei! a 14.07.2011 às 15:09

Acho que o importante é a competência não o fato deste usar ou não um piercing, ou qualquer coisa do tipo. Isso não passa de ignorância e falta de bom senso. Infelizmente no Brasil isso é muito comum.
Imagem de perfil

De Oriana Bats a 15.07.2015 às 20:01

Ok devo ser a segunda pessoa aqui que gosta de piercings. Não tenho nenhum mas gosto à mesma.
Não há qualquer necessidade de impedir um professor de entrar num estabelecimento de ensino com piercings. Faziam melhor se estivessem atentos ao que incutem aos alunos, isto se querem que a sociedade portuguesa seja inclusiva e tolerante. But then again, se calhar nem querem.
Ok, concordo, na aula de Educação Física é conveniente tirar, por motivos de segurança. But that's it. Essa é a única altura em que os piercings vão afectar o seu trabalho (uma bolada que acerte nos piercings pode causar bastantes danos). Mais de resto, não o restringem de fazer nada.
Portugal tem muuuuuito que avançar, realmente. É os casos de pessoas no Hospital de Cascais que foram mal-atendidas devido às suas tatuagens, é os casos que conheço de gente que foi agredida porque é "diferente", é gente com piercings e cabelo colorido (como eu) a serem consideradas doentes por pessoas que deviam saber mais sobre o que fala antes de sequer pensar em abrir a boca. Há tanta parvoíce que paro a enumeração por aqui antes que este comentário se torne no pergaminho do Crowley.
Mas enfim, é o que eu digo, deve ser preciso morrer alguém como em Inglaterra para muita gente tirar as palas.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 15.07.2015 às 22:57

Olá

Não temos que gostar para achar que o que aconteceu na escola é uma parvoíce e que há muita gente a precisar de tirar as palas...

Jorge
Imagem de perfil

De Oriana Bats a 15.07.2015 às 23:45

Se calhar expressei-me mal. Não é nesse sentido. O que quis dizer é que há coisas importantes que a escola devia se calhar dar atenção, como tentar que os professores não incutam os seus próprios preconceitos nos alunos, sejam eles de que natureza forem (tendo eu estagiado numa escola, posso afirmar que presenciei isso mais do que uma vez). Que os piercings em aulas de Educação Física são um perigo para a segurança, concordo. Mais do que isso, não afectam em nada a sua prestação como docente. O que disse no fim para conclusão é que, ao fim e ao cabo, atitudes destas não me conseguem surpreender por aí além devido a várias situações que presenciei/li ou até que me aconteceram a mim mesma. Algumas mais perigosas, outras nem tanto. Não deixo de achar que foi uma má atitude por parte da direcção e tudo mais, mas ao fim e ao cabo é algo que não me surpreende. Não disse que era preciso ou não gostar para achar que era uma parvoíce ;)

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D