Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ricardo Gonçalves, o deputado que acha 3700 Euros uma miséria

 

Já foi a semana passada, mas a mim tinha-me passado ao lado, há um deputado da assembleia da República que diz que os 3700 (três mil e setecentos) Euros que recebe por mês não são suficientes para sobreviver em Lisboa. Estive a investigar, o Salário médio em portugal  é de 894 Euros, significa isto que há muita gente, muitíssima gente, que sobrevive com menos de um quarto do que recebe o senhor deputado. Dizia o Sr. com alguma ironia que a cantina da assembleia da República deveria abrir à hora do jantar para que suas excelências pudessem jantar sem ter que ir gastar balúrdios num qualquer restaurante de moda.  Então e quem ganha o salário mínimo e para além de ter que se alimentar a si, tem que alimentar e vestir os seus filhos, não terá direito a ir lá jantar? Quantas destas cantinas serão necessárias para cobrir as necessidades de todos os que tem que sobreviver com menos de 894 Euros por mês?

 

Não vou discutir aqui se os 3700 Euros são ou não suficientes para que um deputado sobreviva, já alguém o fez e quanto a mim muito bem, foi no O meu infinito Particular, mas a mim quer-me parecer que em momentos como este, num momento em que todos nos preparamos para pagar mais IVA, ter menos isenções no IRS, quando uma grande parte da população vai ver o seu salário diminuído no fim do mês, declarações como esta por parte de um deputado da República, caem mal, muito mal. Até porque só é deputado quem quer, ao contrário da maioria da população, o senhor pode voltar para a sua província e para a sua vida descansada, quando quiser, ninguém o obrigou a vir para Lisboa. Quando ele se candidatou já sabia qual seria o seu salário e as condições...  está à espera de quê para dar o lugar a alguém que realmente queira servir o país? E como alguém dizia aqui.. a julgar pela fotografia, ele não tem mesmo ar de se tratar mal.

 

Jorge Soares

publicado às 22:20


4 comentários

Imagem de perfil

De DyDa/Flordeliz a 08.10.2010 às 23:20

Não foi feliz!
Mas como tu bem dizes: Vamos parar de bater no ceguinho.
Anda todo o mundo desorientado com cortes, impostos e taxas.
Já nos chamavam o país das bananas.
Não tarda estamos todos loucos.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 12.10.2010 às 21:25

Não, não foi nada feliz, mas eu neste ceguinho não tinha batido.. e além disso, ele põe-se mesmo a jeito!

beijinho
Jorge
Imagem de perfil

De aespumadosdias a 08.10.2010 às 23:34

Ele disse hoje à TSF que foi mal entendido. Não tem é muito jeito para falar em público. Eu cá não ia para a AR, como muitos outros pois a liberdade de dizer o que se pensa não é total. Os melhores não estão lá. E tu ias?
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 12.10.2010 às 21:26

Eu ia... não sei é se me aguentavam muito por lá.. é que eu de politico.. zero.

Jorge

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor


Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D