Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




WikiLeaks e Portugal, o país das mentiras

por Jorge Soares, em 01.12.10

WikiLeaks

Imagem de aqui

 

Eu nunca gostei muito da Ana Gomes, sempre achei que era alguém que vivia fora de tempo,  ouvir a senhora falar era como voltar aos discursos do Prec, mas se há algo em que lhe bato palmas é na forma como contra tudo e contra todos, insistiu até à exaustão na investigação da passagem por cá dos famosos voos secretos da CIA,  que levavam prisioneiros para e de Guantânamo. Eu não sei o resto do mundo, mas para mim era mais que claro que os voos tinham passado por cá, as provas eram mais que evidentes, apesar de toda a areia que nos andaram a atirar para os olhos.

 

Hoje foram tornados públicos no site WikiLeaks 722 documentos com origem na embaixada dos Estados Unidos em Portugal, um desses documentos esclarece que os Estados Unidos fizeram um pedido ao nosso governo para a passagem dos voos e que o assunto terá sido discutido entre Luís Amado e Condoleezza Rice em Washington.

 

Tudo isto se passou exactamente na altura em que o governo apresentava ao parlamento e ao país o resultado de uma investigação que concluiu pela não existência de provas da passagem por cá desses voos.

 

Ora, não sei o que irão revelar os restantes documentos, mas para já, temos a prova de que há um monte de gente que andou a mentir ao parlamento e ao país... na altura Luís Amado prometeu demitir-se se alguém conseguisse provar a cumplicidade do governo... ainda vai a tempo, ele e quem andou a prestar declarações incompletas ou falsas às comissões que investigaram o assunto.

 

Eu não tenho uma opinião sobre este fenómeno da WikiLeaks, acho que é para todos evidente que há coisas que são e devem ser secretas, nem tudo na vida, na nossa privada ou na dos Estados,  pode ser público, o mundo é muito complexo como para ser completamente transparente... e imagino que haverá muitos segredos que se descobertos causarão muito mais dano que o que lhes deu origem...  por outro lado, o equilíbrio e a paz mundial não podem ser mantidos com base em mentiras e no encobrimento.

 

Acho que nesta altura está mais que claro que quem mais lucra com tudo isto são os meios de comunicação, sem eles não existiria o site nem ninguém teria ouvido falar de Julian Assange o seu fundador... vamos esperar para ver até onde vai chegar.

 

Para já, e como muito bem diz a Ana Gomes aqui, "Mais depressa se apanha um acariciado que um coxo".

 

Jorge Soares

publicado às 21:44


5 comentários

Sem imagem de perfil

De xana a 01.12.2010 às 23:34

Ou muito me engano, ou o fundador do Wikileaks, sem dar por isso, é acometido de um ataque de coração encomendado (até porque mesmo "escondido" não é o B. Laden e mais dia menos dia, eles saberão onde está) e ups, foi um acidente, morre de causas naturais e já não incomoda mais os EUA. Porque no meio de tudo isto nós somos raia miúda, e o mais que poderá acontecer, é rolar uma ou outra cabeça, o que eu duvido, mas lá que para os jornais portugueses vai dar matéria para vender, isso vai.
bjks
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 02.12.2010 às 22:37

Eu ouvi dizer que ele tem umas contas a ajustar com a justiça sueca .... e que a policia sabe perfeitamente onde está...

Mas não duvido que tenhas uma certa razão.. se não tem cuidado e se realmente vai começar a atacar empresas privadas... o melhor é começar a pensar para onde vai mesmo fugir.

Beijinho
Jorge
Sem imagem de perfil

De António Manuel Dias a 02.12.2010 às 01:19

"acho que é para todos evidente que há coisas que são e devem ser secretas, nem tudo na vida, na nossa privada ou na dos Estados, pode ser público, o mundo é muito complexo como para ser completamente transparente..."

Isto é algo com que não posso concordar. Se posso antever situações, na vida de um estado, em que, por um tempo muito limitado, algumas coisas devem ser mantidas em segredo, já não posso concordar que um estado democrático tenha qualquer tipo de segredos para o seu povo. Se os políticos são os nossos representantes, tudo que o que fazem oficialmente deve ser público, para que os possamos avaliar no decorrer do seu mandato. Penso que, isso sim, é evidente.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 02.12.2010 às 22:43

António.. eu disse que não tenho uma opinião formada sobre este assunto..e concordo com o que dizes.. mas não sei se isso continuará a ser válido no dia em que começarem a aparecer documentos sobre segredos de bancos e industrias privadas.... será que não há um limite para o que é aceitável ou não?

Eu trabalho numa empresa em que o segredo faz parte do negocio... e são coisas muito sérias...


O segredo faz parte do negocio de muitíssimas empresas, o que acontece quando um dia aparecerem segredos que coloquem a em causa a existência do negocio de empresas com centenas de milhares de trabalhadores?

Nem tudo é branco ou preto.. há muitos tons de cinzentos

Jorge
Sem imagem de perfil

De António Manuel Dias a 03.12.2010 às 16:28

"o que acontece quando um dia aparecerem segredos que coloquem a em causa a existência do negocio de empresas com centenas de milhares de trabalhadores?"

Duvido que isso aconteça, desde logo porque para esses segredos os compradores não serão de certeza blogs na Internet ;) No entanto, na minha opinião, os segredos de algumas grandes empresas, como as da banca e da indústria farmacêutica, seriam muito bem vindos à luz do dia. Talvez algumas centenas de trabalhadores dessas centenas de milhar fossem sentir o efeito nefasto dessa divulgação, mas de certeza que muitos milhões de pessoas iriam sentir o seu benefício...

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D