Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Em Nova Iorque não há natal!

por Jorge Soares, em 02.01.11

A árvore de natal mais famosa do mundo

 

Imagem Minha do Momentos e Olhares

 

Daquele primeiro natal que passei depois de regressar a Portugal lembro-me da sensação de vazio, em Caracas o natal começa no inicio de Outubro, que é quando as montras começam a ser enfeitadas e na rádio se começam a ouvir gaitas e villancicos. Por cá nunca consegui sentir esse espírito de natal, por muito que as ruas das nossas cidades se enfeitem e se gastem rios de dinheiro em prendas, eu passados mais de 20 anos, continuo a sentir esse vazio...

 

Mas acreditem, há pior. A maioria das pessoas que conheço tem o sonho de alguma vez poder ir passar o natal em Nova Iorque, ou pelo menos passar por lá nesta época. De tanto ver filmes e séries americanas, todos fazem uma ideia de um natal bonito e quase mágico na grande maçã. Bom, eu estive 3 semanas nos Estados Unidos em Dezembro de 2007, estava relativamente próximo da Big Aple e deu para lá ir várias vezes e percorrer uma boa parte da cidade...  sabem uma coisa? Em Nova Iorque o natal é aquela árvore gigantesca da fotografia, no Rockfeller center com o ringue de patinagem por baixo, as montras do Maicys e pouco mais, muito pouco mesmo. Nada de ruas iluminadas, muito poucas montras com enfeites de natal, e muito pouco espírito natalício. O natal mágico de Nova Iorque é um logro, um cenário de filme, é claro que dizer que não há natal em Nova Iorque é um exagero, mas não anda muito longe da verdade.

 

Eu gostei muito da Cidade e é certo que quero lá voltar com a minha meia laranja, mas de certeza que não será nesta altura de neve, frio glaciar e de muito pouco natal. Isto não quer dizer que não exista um natal americano, eu estava na zona de Princeton, New Jersei, um local bem americano com as casas de madeira ao longo da estrada, sem muros nem portões, e era um encanto passear à noite pelas estradas secundárias e ver as casas e jardins iluminadas.. uma realidade bem mais próxima daquilo que vemos nos filmes.

 

Jorge Soares

publicado às 21:36


6 comentários

Sem imagem de perfil

De stiletto a 03.01.2011 às 00:05

A realidade é,mesmo, muito diferente do cinema. Estive em Londres em 2008 depois do Natal e tembém me desiludi, quase não havia iluminação.Já este ano estive em Bruxelas e em Amsterdão e, principalmente, em Amsterdão as ruas estavam lindíssimas e havia várias "feiras de Inverno" com carrosseis, ringues de patinagens, barracas de de bolos, de bebidas, espectacular... muito diferente aqui das nossas localidades já que as autarquias, este ano, decidiram poupar nos enfeites natalicios.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 03.01.2011 às 21:49

Olá

Mas olha que mesmo com as poupanças, havia muito mais natal que em Roma por exemplo.

Jorge
Imagem de perfil

De naterradosplatanos a 03.01.2011 às 01:07

Este ano o pinheiro do Rockfeller Center até me pareceu já meio murcho e com uma iluminação mt kitsch "!
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 03.01.2011 às 21:50

Quando eu lá estive também não estava muito melhor... era só as luzinhas e pouco mais.

Jorge
Imagem de perfil

De Existe um Olhar a 03.01.2011 às 18:26

Eu estive lá no Natal e Ano Novo do ano passado e penso exactamente como tu.
Acredito que fora de Nova Iorque seja bem diferente, mas penso que qualquer decoração natalícia ficaria anulada com a quantidade de luzes publicitárias que enchem os arranha céus.

Bjs
Manu
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 03.01.2011 às 21:51

Mas não era só a falta de iluminação, havia sobretudo falta de espírito.. pelo menos foi o que me pareceu

beijinho
Jorge

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D