Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Neste país é complicado ser votante!

por Jorge Soares, em 07.01.11

Cavaco Não, vote noutro qualquer

 

É por demais evidente que eu não gosto do Cavaco, não é de agora, acho que por trás de toda aquela arrogância e aqueles ares de superioridade moral, há um politico medíocre, um governante trapalhão e depois de toda esta trapalhada das acções compradas a preço da uva mijona e vendidas a preço de ouro, nem a suposta seriedade escapa. A forma como ele decide que está acima de todos nós e por isso não tem que dar cavaco a ninguém sobre as suas acções não é de alguém sério, é sim a fuga para a frente.... E acho incrível como apesar de tudo isto, da trapalhada das escutas a Belém, das explicações idiotas sobre a lei do casamento homossexual e de tudo o resto, as pessoas continuam a olhar para ele como se de uma vaca sagrada se tratasse.

 

O Fernando Nobre é um pára-quedista que acha que para se ser governante basta ter-se um passado de bom samaritano, se dúvidas havia sobre a sua capacidade politica e a sua suposta diferença, basta ver o que aconteceu comigo e com a minha fotografia, para se perceber que de diferente nada, pura arrogância, para a politica fazem falta pessoas com bagagem politica, pára-quedistas já basta os que vieram do futebol.

 

Sobre Francisco Lopes não tenho muito a dizer, não o conhecia e para ser sincero, o que se viu até agora foi muito pouco, de Defensor Moura, idem idem, aspas aspas.

 

Depois há aquele senhor da Madeira e uns quantos mais de que pouco se houve falar... e há Manuel Alegre, um homem de esquerda, um homem com um passado politico, mas será um homem de estado? Com todo o respeito pelo senhor e pelo seu passado de luta contra a ditadura, eu não acho, e também não gostei lá muito de como se desenvencilhou da história da publicidade do BPP. Para ser sincero, eu acredito que ele tenha sido enganado por quem lhe pediu o texto, mas a forma como primeiro disse que devolveu o cheque, que depois afinal foi recebido e depositado e devolvido com outro que não se sabe bem se foi levantado ou não... foi mau, muito mau.  Talvez de todos seja o menos mau... mas que raio de país é este em que para eleger um Presidente da República temos que votar no menos mau?

 

Faltam 15 dias para as eleições, até agora de campanha politica zero, só ataques e contra-ataques, de ideias para o país, de formas de tornar o país mais governável, de formas de ajudar o governo a sair desta crise, zero. Esperemos que até ao dia 23 as coisas melhorem porque como estão as coisas, votar no menos mau ou só para que como diz a imagem, votar para que vá para lá outro qualquer... é mau, muito mau.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:23


17 comentários

Sem imagem de perfil

De xana a 07.01.2011 às 23:16

Sempre votei em consciência. Desta vez, tenho consciência que estamos atolados até ao pescoço... em politicos da treta... nunca antes pensei que ao chegar a esta idade estivesse a viver num país como este. Porém agora tenho consciência que isto já vem de longa data. Do que sempre tive certeza é que os portugueses têm memória curta, e portanto ninguém olha para trás mais que meia dúzia de anos, logo o culpado de tudo isto é só o P. Mininstro, e os que lá estiveram antes nos últimos 36 anos foram todos Santos. Cavaco é o homem mais honesto do país e quem sabe do mundo, todos os outros, os que concorrem contra ele, e todos os outros, os trouxas que descontam para pagar impostos a um Estado de ladrões são desonestos e teriam que nascer duas vezes para serem como ele... pois, para ser como ele... eu preferia nascer tartaruga... a classe política portuguesa é uma vergonha... Um bom slogan para desafiar alguém a enveredar na cena política seria: "_Queres ser político? Queres ajudar este país? Tens de ser mesmo HONESTO, não fingir que és... Se tens o rabo preso, é melhor dedicares-te a outra coisa, porque o Wikyleaks vai-te apanhar..."
Acho que pela primeira vez votarei no candidato mais improvável que me aparecer no boletim de voto.
bjks
Sem imagem de perfil

De Sandra Cunha a 08.01.2011 às 00:18

É isso mesmo Xana!

Beijo
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 09.01.2011 às 21:46

Estou como tu.. é triste, e sabes uma coisa, eu já vi isto antes, noutro lado, num país com muito dinheiro e muitos recursos..e sabes no que deu, num senhor chamado Chavez....

Estou como tu, é lá ir e votar no candidato mais improvável.

Beijinho Xana
Jorge
Imagem de perfil

De DyDa/Flordeliz a 07.01.2011 às 23:42

E como de dores de cabeça estão os portugueses fartos...
Acaso a maioria antes de assinalar no boletim vai pensar ou analisar porque deveria votar neste e não noutro?!
Somos gente de rotina homem.
Na dúvida, vota-se no mesmo. Assunto arrumado e sem remorsos.
Sim! Somos pobres, mas não viramos as costas em quem votamos uma primeira vez (somos fiéis).
Basta olhar os resultados das eleições anteriores...
Escutar o que cada candidato tem para dizer ou que os obrigam a dizer: é nada ou algo que vai dar à mesma coisa.

Triste situação. Estamos falidos de dinheiro de ideias e de gente empreendedora.
Temos "os mesmos", mais "os outros" e os que “não são nada” coisíssima nenhuma.

E assim vamos nós a puxar o carro ou a reboque dele.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 09.01.2011 às 21:48

A ideia que aqui deixas é aterradora, mais cinco anos do "senhor faz de conta que estou acima de tudo e de todos" é mau de mais... e deixa-nos em muito maus lençóis.

Beijinho
Jorge
Sem imagem de perfil

De Sandra Cunha a 08.01.2011 às 00:17

Jorge, dou-te toda a razão no que respeita ao "'votar no menos mau...é mau, muito mau". Sem dúvida. No entanto, nestas eleições, é preciso ter consciência que estão todos a lutar contra Cavaco. E se considero os outros candidatos maus ou menos maus isso nem é relevante. É que o Cavaco é tão, tão mau que ofusca tudo o resto. Mais Cavaco não! Por favor! Presidente de Direita + Governo de Direita, mais vale fazermos já o funeral ao país!

Mas há uma hipótese, longínqua sim senhor, mas ainda assim uma hipótese de o tirar de lá. É votar em qualquer outro (qualquer um!) que não o Cavaco para obrigar a uma segunda volta. Depois a coisa pia mais fino e as pessoas terão mais tempo e oportunidades de se decidirem.

Mesmo que pensemos que os outros são maus, este, o Cavaco temos mesmo a certeza que é tremendamente mau. Pavoroso. Um perigo para o país. Não temos mais desculpas.

Em relação ao "Faltam 15 dias para as eleições, até agora de campanha politica zero, só ataques e contra-ataques, de ideias para o país, de formas de tornar o país mais governável, de formas de ajudar o governo a sair desta crise, zero" discordo completamente de ti. E de facto não és o único a dizê-lo. Mas ou não falamos a mesma língua, ou vocês andam muito distraídos, porque eu tenho visto debate, apresentação de ideias e 'programa'. Daí, conseguir fazer escolhas! Ou não percebem o que os candidatos dizem ou não sei o que se passa! Sinceramente não percebo.

Por um lado, as campanhas presidenciais são muito diferentes das campanhas autárquicas ou legislativas. Não se trata de apresentar programa para governar. As funções de um Presidente são importantes mas limitadas e muito bem definidas e balizadas. Não cabe a um Presidente propor formas de governar um país. Mas cabe por exemplo dizer se concorda ou não com determinadas políticas (daí poder usar o veto presidencial). Cabe-lhe defender os direitos dos cidadãos. Cabe-lhe mostrar aos cidadãos 'de que lado está' e como actuará em caso de ataque aos seus direitos. E sinceramente, eu tenho visto isso (e muito mais) amplamente divulgado pelos 3 ou 4 principais candidatos. Para além dos ataques e contra ataques (que sim senhor também têm existido, mas separemos o trigo do joio como Cavaco Silva tanta gosta de sugerir - há ataques que detêm uma relevância crucial e servem para perceber a ideologia e prática política (ou falta dela) dos candidatos e para definir as suas posições), tem havido debate de ideias, posições relativas ao liberalismo, aos direitos individuais e colectivos, à universalidade da saúde e da educação, às relações internacionais, à relação com a UE, etc, etc, etc.

Bem sei que a Televisão não ajuda muito, mas mesmo assim os debates e as entrevistas têm dado para perceber as coisas que referi acima. Mas parece que as pessoas só conseguem reter a parte dos ataques.. Mas eu oiço o resto. Oiçam também! Separem o trigo do joio!

Beijos
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 09.01.2011 às 21:55

Sandra.

Tens que ter em conta que nem todos olhamos para a politica da forma e com a atenção que tu o fazes, e eu nem sou dos que anda mais desatento, a verdade é que do que sinto é que não há mensagens a passar, a não ser as direccionadas aos votantes de sempre... para o português comum, o que tem saltado à vista é a baixa campanha.

Estou de acordo contigo na parte em que ter mais cinco anos de Cavaco seria mau de mais.... não sei se será assim tão liquido que o que aí vem é um governo de direita, ou se haverá um governo com maioria absoluta que permita a direita ter todo o poder, mas é um facto que dificilmente será a esquerda a governar. Mas isso não me impede de pensar que na segunda volta será de novo o muito mau contra o menos mau... porque isso não vai mudar, não é o facto de Manuel Alegre conseguir ir à segunda Volta e até ganhar as eleições que vai retirar a pobre imagem que neste momento tenho dele... não vai deixar de ser "talvez o menos mau"

De todos modos, estou de acordo, temos todos que lá ir e votar... no que seja, mas votar,.. é muito importante...

Jorge
Imagem de perfil

De aespumadosdias a 08.01.2011 às 12:53

Bela imagem a do início do post. Não concordo com o último parágrafo. O candidato em quem vou votar tem apresentado várias ideias para o país. Às vezes a comunicação social é que não quer saber dessas ideias.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 09.01.2011 às 21:59

Olá

Talvez tenhas razão.. mas a verdade é que para a maioria de nós as coisas não chegam.. para além das trapalhadas dos bancos e dos cheques.

Abraço
Imagem de perfil

De Existe um Olhar a 08.01.2011 às 22:04

Depois de ver os debates, depois de conhecer os novos nestas lides e os que são sobejamente conhecidos, continue sem saber em quem votar, uma coisa é certa, o meu voto terão, nem que seja em branco.
Até lá pode ser que mude de ideias.

Bjs
Manu
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 09.01.2011 às 22:00

Parece que estamos todos mais ou menos assim..., bom, quase todos, porque há quem tenha convicções.

Mas tens razão, é muito importante lá ir

Jorge
Sem imagem de perfil

De Maria João a 09.01.2011 às 03:13

Concordo que o cenário é mau!
Concordo que se estivermos com atenção consegue-se ir para lá dos ataques Há ideias, há tentativas de que as ideias passem. Há ideias e ideais que poderiam fazer deste país um outro país.
Sei em quem vou votar, acreditando que esse candidato prossegue os ideais mais justos para um país e um mundo mais justo e igualitário.

Por favor, votem! Muita gente foi torturada quando lutava pelo direito ao voto, pela liberdade deste país.

Maria João
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 09.01.2011 às 22:01

Olá Maria João

Se calhar sou eu que tenho que estar com mais atenção, mas é um facto que há algo de muito errado, porque se eu que sou alguém interessado estou assim, como estarão a maioria dos portugueses que pouco se interessa?

Jorge
Sem imagem de perfil

De rpm a 10.01.2011 às 10:49

Não podia estar mais de acordo contigo, Jorge. Posso referir (e linkar) o teu texto no Facebook?
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 10.01.2011 às 11:17

Podes, claro

obrigado

Jorge Soaresw
Sem imagem de perfil

De rpm a 10.01.2011 às 11:19

Obrigado! ;-))

Já agora, gosto muito de passar por aqui.
Sem imagem de perfil

De AN a 05.08.2012 às 03:40

http://tabusdecavaco.blogspot.pt/2011/01/ficha-que-cavaco-preencheu-na-pide.html

Nem é necessário dizer mais nada !

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D