Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Quem ganhou estas eleições presidenciais?

por Jorge Soares, em 23.01.11

Democracia

Assim à primeira vista a primeira conclusão a retirar é que estas eleições eram mesmo dispensáveis, parece que a lógica prevaleceu, os presidentes da república ganham sempre as reeleições e por norma se contarmos os votos dos que não puseram lá os pés, quem ganhou foi a abstenção... quem perdeu?.... bom, quanto a mim, quem perdeu foi mesmo o país....

 

Não puseram lá os pés mais de 6 milhões de pessoas, há que ter em conta que os emigrantes também votam para as presidenciais, 6 milhões de pessoas que acham que podem deixar o destino do país, o seu destino, nas mãos dos outros... por muito que tente eu não consigo perceber qual é a lógica disto, se alguma dessas pessoas passar por aqui, faz favor de me deixar um comentário a explicar porque não votou.

 

Como não podia deixar de ser, estas eleições tiveram um caso, e foi por mero acaso que eu não fui apanhado por ele,  há muito que a P. perdeu o cartão de eleitor, como nas eleições anteriores fui ao site do MAI ver qual o seu número de eleitor. Por curiosidade decidi ver o que aparecia para mim... e descobri, que desde as ultimas eleições até hoje, mudei de número de eleitor e de local de votação. Entendo que com a actualização dos meus dados via cartão do cidadão, se actualizem os cadernos eleitorais, o que não entendo é porque motivo não avisam os eleitores quando isto acontece. Se não fosse a minha curiosidade, teria batido com o nariz na Urna..e duvido que alguém me tivesse conseguido explicar onde era o local certo.  Não havia necessidade.

 

Dos últimos dias da campanha, ficou-nos a certeza que o agora presidente eleito tem bastantes rabos de palha, passamos os últimos 5 anos a ouvir falar do canudo do Sócrates, dos valores da compra do apartamento da mãe do Sócrates, do caso Freeport...  veremos se a partir de amanhã continuamos a ouvir falar ou não das acções do BPN e da escritura da casinha de férias da Coelha, veremos se há neste país jornalistas com tomates para exigir ao senhor as explicações que ele disse que daria depois do dia 23, ou se todo o mundo passa uma esponja sobre o assunto.

 

Respondendo ao titulo do post, quem ganhou já sabemos, quem perdeu?.. É claro que Alegre perdeu, o Bloco de Esquerda perdeu, não sei se o PS as queria ganhar, foi por demais evidente a falta de empenho e  apoio na campanha... é estranho, mas assim de repente, quer-me parecer que o PS prefere um Cavaco conhecido que um Alegre por conhecer....mas uma coisa é certa, o país perdeu..e lá para Abril vamos perceber porquê.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:37


130 comentários

Sem imagem de perfil

De Carlos Pinto a 24.01.2011 às 14:54

É um facto que o registo na conservatória é obrigatório, ninguém o nega. Neste caso o lote integra um alvará de loteamento e era o titular desse alvará que tinha a obrigação de efectuar o registo na conservatória. Depois, o comprador também tem de proceder do mesmo modo e ainda de o inscrever nas finanças. Depois da casa concluída com a respectiva licença de utilização, tem de fazer o mesmo com a casa.
É verdade que, em princípio uma casa só deve ser ocupada/utilizada após a emissão da licença de utilização. Mas acha socialmente justo que se façam despejos administrativos por essa razão, quando a propriedade é do próprio? É que nesse caso convido-o a fazer o mesmo a dezenas de milhares de portugueses proprietários das suas casas que, ainda hoje em 2011 vivem as casas sem licença de utilização por todo o país em em todos os municípios!
O que me parece evidente, não conhecendo o processo em concreto, mas usando a minha experiência de mais de 12 anos no licenciamento urbanístico é que podem existir pequenas irregularidades no processo, comuns a milhares de outros por todo o pais e muitas centenas que já tive de apreciar, e que apenas refletem a eterna dificuldade dum qualquer cidadão em lidar com a burocracia, muitas vezes despropositada.
Parece-me um pouco claro que em algumas alturas a Câmara não respondeu a tempo e os atrasos públicos muitas vezes levam empresas do ramo à falencia, sabia? Garanto-lhe que conheço casos concretos.
Saudações democráticas. Sempre.

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D