Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

Crise politica em Portugal

Imagem do Público

Programa de ajustamento terá de ser “ainda mais duro e mais abrangente” do que o PEC 4

 

Alguém me explica para que serviu a crise politica?

 

Jorge Soares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:03


6 comentários

Imagem de perfil

De espaço da raquel a 08.04.2011 às 20:44

Olá Jorge,
Essa foi a ordem do dia em termos de conveersa lá no trabalho e por acaso ainda há pouco estava a falar com uma amiga e falámos precisamente neste assunto e fizemos a mesma pergunta.
Mas de facto nenhuma de nós, foi capaz de responder, o que é preocupante.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 10.04.2011 às 23:23

Olá

Acredito, porque quando lemos que as negociações vão ter como ponto de partida o PEC que foi chumbado... há algo que não bate certo... amenos, que tudo isto não seja mais que o resultado da sede de poder de alguns

Jorge
Imagem de perfil

De espaço da raquel a 11.04.2011 às 10:39

ai é que está, é que disso, 8dessa sede de poder), não tenho eu qq dúvida.
Sem imagem de perfil

De Paulo a 08.04.2011 às 22:07

Imagina que já estava tudo combinado e só faltava montar o teatro trágico, pelos intervenientes supostamente opostos, para que quase todos acreditassem que era genuíno!

Imagina que já tínhamos sido todos vendidos no "mercado" de escravos económicos do admirável mundo novo do capitalismo selvagem!

Todos não, os piratas que se esforçaram arduamente para através de despesismo absolutista destruírem as estruturas económicas desde as empresas públicas ao próprio Estado nos últimos 10 ou 20 anos, serão premiados!

Como gosto de fazer ficção, aproveitei esta lacuna de explicações de como chegamos a este estado da nação, para imaginar se isto fosse mesmo de verdade!!

Abraço e desejo de óptimo fim de semana
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 10.04.2011 às 23:25

Olá Paulo

Sabes, não é nada difícil imaginar... porque a verdade é que se não fomos vendidos, fomos pelo menos dados como garantia.

Mas não há volta a dar, sem dinheiro não omeletes... e ninguém dá nada a ninguém, é pena é que a sede de poder de alguns seja mais forte que o bem do país.

Jorge
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.04.2011 às 22:57

“Encerrado”

Engenheiro ou doutor
Capitão ou marinheiro
Mondina ou salineiro
Timoneiro ou remador

Estudante ou professor
Soldador ou ferreiro
Vendedor ou sapateiro
Fazendeiro ou agricultor

Na horta ou no lameiro
No teatro ou no barreiro
No cinema ou no areeiro

Mostra a tua indignação
Assina derradeira petição
Para encerrar esta nação.

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D