Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Preso por ter cão e por não ter

Imagem do Público

 

Preso por ter cão, preso por não ter.

 

Há um programa na Antena 1 que explica a origem de frases e ditados populares, por certo haverá uma explicação para a origem deste preso por ter e preso por não ter.

 

Não há como não ficar chocado quando vemos vídeos como o da agressão de que falei neste post, ou quando lemos que por um telemóvel uma jovem de 14 anos foi esfaqueada por outra, são casos que causam espanto e indignação e que nos deixam a pensar sobre a sociedade que estamos, todos nós, a construir.

 

Por estes dias ficámos a saber que uma das agressoras e o jovem que filmou e colocou o vídeo no facebook foram rapidamente identificados, presentes ao juiz e para meu grande espanto, ficaram em prisão preventiva.

 

Quando na sexta feira os jovens foram detidos e foi noticiado que seriam presentes ao juiz no Sábado, pensei para os meus botões que esse adiar de um dia teria sido a forma de os fazer passar umas horas atrás das grades, no dia a seguir o juiz ditaria uma daquelas medidas que servem para mandar os arguidos para casa e a vida continua. Quantas vezes já vimos isso acontecer em casos que a maioria de nós não duvidaria de qualificar como mais graves?

 

Não vou alinhar pelo mesmo diapasão de Marinho Pinto, que não duvida em qualificar tudo isto como justiça da idade média, mas confesso que estranhei tanto zelo, e não deixo de me perguntar até que ponto o facto de estarmos em plena campanha eleitoral e de este ser um caso que se tornou mediático, não terá pesado na forma como o caso foi avaliado. Será que noutra altura, sem tantas televisões e jornais em cima da notícia, a justiça teria tido uma mão tão pesada?.. tenho sérias dúvidas.

 

Não é fácil a vida dos juízes em Portugal, neste caso haveria sempre criticas, tivesse ele mão leve ou pesada,  ou seja, preso por ter cão e por não ter...

 

E eu acho que eles estão muito bem atrás das grades... o que não me impede de pensar no assunto.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:05


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D