Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Acho tão Natural que não se Pense!

por Jorge Soares, em 23.02.08

Tempestade!

 

     Acho tão natural que não se pense
     Que me ponho a rir às vezes, sozinho,
     Não sei bem de quê, mas é de qualquer cousa
     Que tem que ver com haver gente que pensa ...

     Que pensará o meu muro da minha sombra? 
     Pergunto-me às vezes isto até dar por mim 
     A perguntar-me cousas. . .
     E então desagrado-me, e incomodo-me
     Como se desse por mim com um pé dormente. . .

     Que pensará isto de aquilo?
     Nada pensa nada.
     Terá a terra consciência das pedras e plantas que tem?
     Se ela a tiver, que a tenha...
     Que me importa isso a mim?
     Se eu pensasse nessas cousas,
     Deixaria de ver as árvores e as plantas
     E deixava de ver a Terra,
     Para ver só os meus pensamentos ...
     Entristecia e ficava às escuras.
     E assim, sem pensar tenho a Terra e o Céu.

Fernando Pessoa

Jorge

PS:Esta imagem não é retirada da Internet... é mesmo minha.

publicado às 23:21


6 comentários

Imagem de perfil

De Miss Pepper a 24.02.2008 às 00:24

Belíssimo poema de Fernando Pessoa! A foto é muito linda e parece anunciar um temporal... será?

Xinhus!
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 24.02.2008 às 16:03

Olá

Temporal?... bom, pelo menos ficou-se pelas intenções... depois disto o vento acalmou..

Ontem tinha uma ou duas ideias para posts, só que distrai-me a passear pela blogosfera .... e no fim, fiquei a pensar no que são as pessoas, no que pretendem ser..... e no fim.... por acaso encontrei este poema... que batia direitinho com o que estava a sentir naquele momento... e tinha tirado esta fotografia durante a tarde!

Depois ainda há quem diga que não há coincidências!

Beijinho amiga
Jorge
Imagem de perfil

De Teia d´Aranha a 24.02.2008 às 00:37

Ricardo Reis, um dos muitos "rostos" de Pessoa, dizia também:

"Creio no mundo como num malmequer,
Porque o vejo. Mas não penso nele
Porque pensar é não compreender...
O mundo não se fez para pensarmos nele
(Pensar é estar doente dos olhos)
Mas para olharmos para ele e estarmos de acordo..."

Adorei o poema que escolheste e a foto a condizer!
"Invejo" o teu dom para a fotografia... Eu adoro fotografia, mas não domino nada... Fico-me pelo fascínio que me provoca!

Beijinho, amigo!

Imagem de perfil

De Jorge Soares a 24.02.2008 às 16:13

Olá

Já te disseram que és um amor?... acho que nunca na vida ninguém me tinha feito um elogío como este... não olhem agora.... mas acho que estou babado!

"Creio no mundo como num malmequer,
Porque o vejo. Mas não penso nele
Porque pensar é não compreender...

Era precisamente o que estava a sentir ontem na hora do post....

Ainda bem que gostaste.

Beijinho amiga
Jorge

Sem imagem de perfil

De xana a 24.02.2008 às 23:14

Eu conheço este local. Estarei enganada, ou é junto ao Jardim á beira-mar, onde ainda se apanham os barcos para a Tróia, aqueles mais antigos?
O poema faz pensar...
beijinho
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 25.02.2008 às 22:03

Olá

Conheces de certeza,... mas não é esse, é muito perto, a torre é a da docapesca... é a uns 200 metros do cais antigo dos barcos.... ao lado do pavilhão do clube naval.

Beijinhos amiga.
Jorge

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D