Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fernando Nobre derrotado e sem nobreza

por Jorge Soares, em 20.06.11

Fernando Nobre derrotado nas duas voltas

 

Imagem do Público

 

Há coisas que são difíceis de entender, há muito que era mais que evidente que Fernando Nobre era uma pedra no caminho de Passos Coelho, isso foi evidente logo no inicio da campanha eleitoral que levou PSD ao poder e Passos Coelho a Primeiro ministro. O desaparecimento de Nobre da campanha  e da luz dos holofotes políticos, parecia indiciar que se teria feito luz algures e que haveria um arrepiar de caminho.

 

Passadas as eleições era de novo evidente que manter a candidatura à presidência da Assembleia da República contra tudo e contra todos, seria um enorme erro, percebo que Passos Coelho não tenha querido voltar com a sua palavra atrás, mas é difícil perceber como é que Fernando Nobre ao ver o seu nome questionado por todos os partidos, PSD incluído, e ao ver-se quase como um empecilho às negociações entre PSD e CDS para a formação do governo, não teve a decência de por iniciativa própria retirar a candidatura.

 

A derrota nas duas voltas de hoje é um péssimo começo para  um Pedro Passos Coelho que não conseguiu impor o seu candidato, mas é uma vitória para a assembleia da República. Avizinham-se tempos conturbados com negociações difíceis e que vão exigir do presidente da assembleia experiência politica, como dizia alguém, Nobre seria rapidamente feito em picadinho pelos lideres parlamentares.

 

Esperemos que de futuro Pedro Passos Coelho se mostre mais ponderado e avisado nas suas escolhas.

 

Jorge Soares

publicado às 18:45


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D